Associados GBOEX possuem oportunidades especiais de crédito consignado 286

Fique bem informado com o #GirodoMercado desta sexta-feira, 15 de abril

Associados GBOEX possuem oportunidades especiais de crédito consignado

credito1
Stock Images

Através da parceria com a GGB Corretora de Seguros, correspondente bancário da Caixa Econômica Federal, os associados GBOEX possuem oportunidades de crédito consignado. A conveniência poderá ser usufruída por aqueles que possuírem condições preestabelecidas pela Caixa. As Unidades de Negócios de Porto Alegre/RS, Santa Maria/RS, Florianópolis (SC) e Rio de Janeiro (RJ) já estão aptas a oferecer a oportunidade, posteriormente a parceria será estendida para as demais. Rede de Convênios GBOEX sempre atenta às necessidades de seus associados.

A importância da participação do Brasil nos órgãos internacionais de supervisores de seguro

Gabriela Korossy/ Câmara dos Deputados
Gabriela Korossy/ Câmara dos Deputados

A realização da XXVII Assembleia Anual da Associação de Supervisores de Seguros da América Latina (ASSAL), a partir do próximo dia 18, no Rio de Janeiro, consolida a retomada da participação da Superintendência de Seguros Privados (Susep) nas organizações internacionais de supervisores de seguros iniciada em 2014. “Precisamos defender nossos interesses e nosso protagonismo nesses órgãos e essa participação é fundamental para esse objetivo”, afirmou o superintendente da Susep, Roberto Westenberger, em entrevista coletiva à imprensa .

De acordo com o superintendente, o primeiro passo nessa direção foi dado em 2015, quando a Susep passou a integrar a diretoria da ASSAL, além de tornar-se membro de dois comitês da Associação Internacional de Supervisores de Seguros (IAIS). “Nossa participação na ASSAL e na IAIS contou com apoio do governo e de todo o mercado”, afirma Westenberger. De acordo com Westenberger, a participação da Susep nas organizações internacionais vem sendo vista também como uma outra vertente nas discussões travadas nesses fóruns.

Comunicação Segura, Mídias Sociais e Gamificação foi tema de Café com Seguro em São Paulo

Divulgação
Divulgação

Debate foi intenso sobre a Comunicação Segura e segundo o palestrante Ricardo Viveiros: “Comunicação não é um processo unidirecional, como às vezes se imagina. É essencial conhecer, entender a cultura, anseios e expectativas dos diferentes públicos-alvo. A ANSP, como lhe é peculiar, dá mais um importante passo na direção de provocar o mercado no conhecimento, debate e busca de soluções para a ampliação do Seguro no Brasil”.

Também foi colocado em debate a Gamificação, que é a utilização de mecânicas de games em outros contextos, com o intuito de facilitar a solução de problemas que possam ser tidos como entediantes, trazendo engajamento e motivação as pessoas. “O evento foi extremamente importante para discutir as questões relacionadas a comunicação com o público e verificar as renovações nessa área. Com relação a Gamificação, foi possível avaliar seu conceito e a forma como poderia ser adotado dentro do sistema de Seguros e Previdência”, explica o Acadêmico Sérgio Rangel, Diretor Regional Sul da ANSP

A abertura do evento foi feita pelo presidente da ANSP, Mauro César Batista, e a coordenação dos trabalhos foram dos Acadêmicos Edmur de Almeida, Diretor da ANSP e coordenador da Cátedra de Riscos Financeiros e Ana Rita R. Petraroli, Diretora da ANSP e Coordenadora da Cátedra de Microsseguro.

Seguro DPEM entra em consulta pública

Arquivo JRS
Arquivo JRS

Foi publicado no Diário Oficial da União, o Edital de Consulta Pública nº 5, de 07 de abril de 2016, disponibilizando, para comentários e sugestões, a minuta de Resolução CNSP que aprova as regras para a operação do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados Por Embarcações ou por sua Carga – Seguro DPEM.

Até a próxima segunda-feira, dia 18 de abril de 2016, sugestões podem ser enviadas ao Sincor-RS para fazer o devido encaminhamento à SUSEP. As contribuições devem ser enviadas para o e-mail gerencia@sincorrs.com. Você pode conferir a minuta neste link.

Clube da Bolinha do Rio de Janeiro prepara jantar de Dia das Mães

Reprodução
Reprodução

Em mais um jantar de confraternização do Clube da Bolinha, realizado nesta segunda-feira, 12 de abril, os confrades se reuniram no restaurante do hotel Windsor Florida, no Flamengo. Na ocasião, os três aniversariantes presentes participaram do sorteio de um presente especial da confraria, e quem ganhou foi Helio Portocarrero, que comemora mais um ano de vida no próximo dia 19. O encontro também marcou o início dos preparativos para o jantar de Dia das Mães do Clube, um dos mais esperados do ano. A data e o local serão divulgados em breve.

*Com informações de Susep, Oficina do Texto, Sincor-RS, VTN Comunicação.

AIG conclui a aquisição da Validus 957

Aquisição

Transação foi anunciada em janeiro

A AIG anunciou na quarta-feira a finalização do processo de aquisição da Validus Holdings Ltd. (“Validus”), após aprovações regulatórias e dos acionistas da Validus. A transação foi anunciada pela primeira vez em 22 de janeiro de 2018.

Como parte da AIG, a Validus acrescenta franquias atraentes e diversificadas ao portfólio da companhia, incluindo a Validus Re, plataforma líder de resseguro; AlphaCat, gestor de ativos de títulos ligados a seguros; Talbot, consórcio do banco Lloyd; Western World, especialista nos Estados Unidos em riscos comerciais para pequenas e médias empresas; e Serviços de Riscos Agrícolas, que fornecem acesso ao mercado norte-americano de seguros agrícolas.

“Estamos muito felizes em receber a Validus. A experiente equipe e seus negócios complementares nos ajudarão a gerar um crescimento sustentável e lucrativo, à medida que continuamos a gerar valor aos nossos acionistas”, disse Brian Duperreault, CEO e Presidente da AIG.

De acordo com Peter Zaffino, CEO da área de Seguros Gerais da AIG, “o trabalho com o time da Validus deve expandir as capacidades e valores entregues aos clientes e corretores parceiros. Os negócios da Validus serão imediatamente acrescentados à atuação de Seguros Gerais da AIG, já que eles já fazem parte da AIG oficialmente.”

Sincor-RS recebe SulAmérica em Porto Alegre 1033

André Lauzana é vice-presidente Comercial e de Capitalização da SulAmérica

Entidade e seguradora montaram agenda de trabalho e comentaram oportunidades de negócios para a região

O presidente do Sincor-RS, Ricardo Pansera e sua Diretoria receberam o vice-presidente Comercial, André Lauzana, e o diretor regional Sul da SulAmérica, Gilson Bochernitsan, no último dia 12 de julho, em Porto Alegre. No encontro, os executivos montaram uma agenda de trabalho para tratar temas atuais que estão na agenda do Sincor-RS, bem como comentaram sobre o crescimento econômico do Rio Grande do Sul para os próximos anos e as oportunidades de negócios para a região.

Nestes primeiros meses à frente da área Comercial da SulAmérica, Lauzana está intensificando as ações de relacionamento com os sindicatos regionais, iniciando com o Sincor-RS. O executivo ressaltou os dados de produção do Rio Grande do Sul, que se consolida como o terceiro estado em maior volume de vendas de seguros no Brasil* e a importância do sindicato neste resultado. Ele ainda reforçou que “temos um grande desafio para o mercado de seguros dentro deste mundo digital cada vez mais dinâmico, e o papel do corretor é fundamental para explorarmos as oportunidades de negócios”.

O diretor da regional Sul ainda enalteceu a importância da parceria entre o Sincor e a SulAmérica, e reafirmou o compromisso de estar ainda mais presente no dia a dia dos corretores gaúchos. “Sempre tivemos um relacionamento de credibilidade e transparência com o Sincor e seus mais de cinco mil corretores, e estreitaremos cada vez mais esta parceria”, afirma Gilson.

*(segundo apuração da SUSEP até maio 2018, prêmios emitidos todos os ramos exceto VGBL e DPVAT).

Seguradoras participam em peso do Brasesul 1149

Encor

Congresso acontece nesta quinta e sexta, em Florianópolis (SC)

Começa nesta quinta-feira o Congresso Sul Brasileiro de Corretores de Seguros. Além da cobertura completa nos veículos de JRS, as companhias seguradoras dão atenção total aos momentos de relacionamento e aprendizado proporcionado pelo Sindicato dos Corretores de Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além de contar com apoio direto da Escola Nacional de Seguros. O evento é realizado em Florianópolis (SC) e deve contar com mais de 2 mil participantes.

Saiba tudo sobre o Brasesul e confira a programação completa

O presidente do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre nas áreas de Auto, Seguros Gerais e Affinities, Luis Gutiérrez, marca presença no painel “O que esperamos para o futuro – caminhos, alternativas e soluções”. Além de analisar e projetar o futuro do mercado segurador, o executivo também abordará o desempenho da companhia na região sul.

O mediador desta e de outras palestras será Robert Bittar, presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e de Resseguros (Fenacor).

“A região Sul tem grande potencial e traz ao Grupo muitas oportunidades. Temos atualmente 21 sucursais atuando na região para atendimento exclusivo aos parceiros e 70 unidades comerciais nos estados que compõe o sul. Essa estrutura nos permite oferecer um atendimento ágil e assertivo para as demandas locais. A oportunidade desse encontro é importante para evoluirmos com mais ações nestes estados”, afirma Gutiérrez.

Rogério Spezia é Diretor Comercial Varejo Sul
Rogério Spezia é Diretor Comercial Varejo Sul da Tokio Marine

A Tokio Marine também é uma das patrocinadoras do evento. Para o Diretor Comercial Varejo Sul, Rogério Spezia, a participação marca um momento especial da seguradora no Sul do País. “Nestes primeiros seis meses, registramos um crescimento de 7,7% em prêmios emitidos em comparação ao mesmo período do ano passado. Além disso, atingimos um lucro recorde superior à R$ 40 milhões na Diretoria. Isso só foi possível graças ao forte relacionamento que mantemos com nossos 3,5 mil Corretores na Região Sul e será uma grande alegria dividir essas conquistas no Brasesul”, celebra o executivo. No período, os destaques foram a comercialização dos produtos Vida Individual, cujas metas foram superadas em 40%, e a carteira de Transportes, com resultados 27,2% acima do previsto.

A participação da Tokio Marine no Brasesul 2018 também marcará o anúncio do maior projeto da seguradora para o ano, a internalização da Assistência 24 horas. Na Região Sul, a implementação da Tokio Marine Serviços começa em agosto pela carteira de Automóvel, com a oferta de serviços como guincho, auxílio em pane seca, troca de pneus e carga de bateria, entre outros. Iniciado em abril em outras localidades do Brasil, o projeto TMS foi dividido em fases, por regiões e carteiras, e deve ser concluído ainda no segundo semestre de 2018.

O presidente da Tokio Marine, José Adalberto Ferrara, participará do painel “O que esperamos do futuro – Caminhos, alternativas e soluções”, no dia 20 de julho, às 9h30min, juntamente com lideranças do setor. Além de Ferrara, marcam presença o Diretor Executivo Comercial, Valmir Rodrigues, o Diretor Comercial Regional I, João Luiz de Lima e o Superintendente Comercial Nacional Vida, Marcos Kobayashi, além das equipes comerciais das Sucursais e Escritórios instalados na região. “Vamos agradecer aos Corretores do Sul pela parceria e firmar o compromisso de continuar trabalhando fortemente para garantir a melhoria da qualidade na entrega de produtos e serviços. O objetivo da Tokio Marie é sempre crescer de forma sustentável junto com seus Parceiros de Negócios”, conclui Spezia.

Veja também: Congresso Sul Brasileiro reserva espaço para debates

A Porto Seguro irá disponibilizar um estande no evento, onde o público poderá conhecer detalhes de seus produtos. O presidente da companhia, Roberto Santos, irá participar de um painel com dirigentes de seguradoras e Corretores de seguros no dia 20, às 9h30min.

A empresa também é patrocinadora da palestra internacional de Joe Jordan no Brasesul, especialista em finanças comportamentais e autor do livro “Vivendo uma Vida de Importância”. A apresentação irá acontecer no dia 20, às 14h.

Com uma estratégia de crescimento para 2018 mais próxima e alinhada às necessidades dos corretores do Sul do Brasil, a Capemisa Seguradora contratou quatro executivos de contas para atuar no Paraná, em Cascavel e Londrina, além de Santa Catarina, nas cidades de Chapecó e Blumenau. A seguradora ainda conta com os escritórios que já funcionam em Porto Alegre, Florianópolis e Curitiba. A ideia é reforçar o time comercial com o objetivo de fortalecer o relacionamento e estar mais próximo aos corretores dessa região.

“Mercados de extrema relevância”, segundo o Diretor Comercial Fabio Lessa. Os estados do Sul têm movimentado bastante os segmentos de Vida e Previdência, duas das linhas de negócio da Capemisa. Somente no mês de junho deste ano, a empresa registrou faturamento de quase R$ 3,3 milhões apenas nessa região.

“Trabalhamos mais de 30 produtos na região Sul e muitos deles são customizados, seguindo tendências de mercado e atendendo às demandas dos clientes. Percebemos que é um mercado em expansão e por isso estamos concentrando esforços e dedicando atenção especial àqueles estados”, afirma Lessa.

A Sompo Seguros marca presença com o presidente da companhia, Francisco Caiuby Vidigal Filho, que também participa do painel “O que esperamos do futuro – Caminhos, alternativas e soluções”. Filho analisa o panorama do mercado e aborda as estratégias da Sompo Seguros para alcançar as metas estabelecidas para o próximo ano frente aos recentes investimentos em novos recursos tecnológicos, desenvolvimento de produtos e capital humano.

Francisco Caiuby Vidigal Filho é presidente da Sompo Seguros no Brasil
Francisco Caiuby Vidigal Filho é presidente da Sompo Seguros no Brasil

“Como somos uma seguradora voltada às pessoas, nossos objetivos contemplam maximizar o resultado operacional, por meio do investimento em capital humano e tecnologia. Dessa forma, buscamos viabilizar ferramentas que contribuam com o trabalho do corretor e propiciem melhor experiência para o segurado”, destaca o executivo.

Além disso, a equipe da Sompo também estará com estande na Feira de Negócios que acontece simultaneamente ao Brasesul. Com isso, os players do segmento vão poder conversar com os executivos da companhia presentes no evento e conhecer as mais recentes novidades da Sompo. “A Sompo já tem um trabalho consolidado na Região Sul e, em diversas regiões dos três estados, detém a liderança em diferentes linhas de produto. Pretendemos seguir com nossas estratégias de crescimento ao levar novas tendências e produtos que estejam alinhadas às necessidades do consumidor e que possam ser boas oportunidades de negócios para os parceiros corretores de seguros”, considera Alberto Müller, Diretor Comercial da Sompo Seguros para a Região Sul.

A Generali Brasil Seguros também participa do Congresso. A companhia marca presença no stand 23. “É muito importante para a Generali Brasil estar presente em eventos como o Brasesul. É uma oportunidade única de estarmos perto dos nossos parceiros, os corretores de seguros, conversando, aprendendo e mostrando diferenciais de qualidade dos nossos produtos”, afirma Rafael Alquati, Diretor Comercial da Generali Brasil.

A Allianz estará presente com estande, que servirá de ponto de encontro entre a equipe comercial das 11 filiais da região Sul e os corretores de seguros, principal canal de vendas da companhia. Eduardo Grillo, diretor executivo Comercial, ainda recebe os parceiros de negócios em almoço promovido pela seguradora, no dia 20.

Leandro Poli é Diretor Técnico da Essor
Leandro Poli é Diretor Técnico da Essor

Os produtos voltados para o setor agrícola estão entre os mais requisitados pelos profissionais da região. No Brasil, o prêmio emitido anualmente no segmento Seguro Penhor Rural – Equipamentos é de aproximadamente R$ 600 milhões. Somente a região Sul do país é responsável por 40% deste montante, emitindo um valor em torno de R$ 240 milhões ao ano.

Neste segmento, a seguradora francesa Essor, que completou seis anos de atuação no país, vai apresentar um produto que traz mais benefícios e vantagens para o mercado agrícola. Segundo o Diretor Técnico da companhia, Leandro Poli, o objetivo é trazer mais tranquilidade para os produtores rurais desempenharem suas atividades.

“O Seguro Penhor Rural–Equipamentos oferecido pela nossa empresa tem características específicas como prazo alongado de cobertura, que pode ser de até cinco anos, condições especiais para frotas e coberturas de roubo e furto qualificados já inclusas na cobertura básica, além de ser de fácil contratação”, explica o executivo. Para que as melhores opções de cobertura cheguem ao consumidor final, Poli defende que o papel do corretor de seguros é estratégico. Por isso, a Essor oferece, além de material de apoio com todos os aspectos técnicos, a opção de treinamento presencial ou remoto, dependendo da necessidade.

“O seguro de equipamentos é de fácil compreensão. A maioria das dúvidas dos corretores é a avaliação sobre onde enquadrar o produto, se na carteira de Penhor Rural, que é quando o equipamento é financiado por programas de incentivo de crédito rural, ou em Benfeitorias, quando não há financiamento ou se o financiamento é feito de forma diferente. Um bom corretor de seguros conhece detalhadamente o que o mercado tem a oferecer e consegue identificar mais rapidamente as necessidades do consumidor final”, afirma.

Durante o evento, a Essor também vai mostrar o seguro de Responsabilidade Civil Ônibus e o seguro Agrícola, além do Qualidade Estrutural. “O seguro de qualidade estrutural é um produto largamente comercializado em países da Europa, onde o grupo da Essor tem forte presença, e que atende às necessidades de excelência e segurança da construção civil no Brasil, evitando rachaduras, quedas e desabamentos das obras de infra-estrutura e até mesmo residenciais”, finaliza o executivo.

E ainda: Brasesul traz palestras mundialmente reconhecidas para Corretores de Seguros.

A TEx Tecnologia, insurtech líder em softwares para corretoras de seguros, participa e patrocina o Brasesul 2018. Na ocasião, a TEx demonstrará o Teleport, plataforma de Gestão Multicálculo e Gestão Online do mercado, desenhada para atender as necessidades das corretoras de todos os portes, centralizando todos os processos dos seus negócios. E, também, sua moderna e intuitiva ferramenta, Nimble, projetada para cotação e contratação de seguros, que pode ser implantada no site das corretoras para vendas 100% online de seguro automotivo.

“Estamos muito entusiasmados com o evento, pois acreditamos no crescimento do mercado de seguros e estamos, cada vez mais, investindo em novas tecnologias e desenvolvimento de produtos mais eficientes para corretoras de seguros”, diz afirma Omar Ajame, CEO da TEx.

Berkley é a seguradora oficial do Brasesul

A Berkley Brasil é a seguradora do Congresso Sul Brasileiro. De acordo com o superintendente da Regional Sul, Glaucio Costa, por quatro anos consecutivos a Berkley tem sido a seguradora dos eventos do Sincor-PR e neste ano mantém a parceria para este novo formato de congresso, onde os sindicatos dos três estados da região Sul se uniram para realização de um único encontro.

“Atendendo ao pedido dos organizadores, emitimos uma apólice com um amplo leque de coberturas, dando a proteção necessária aos participantes deste importante evento do setor”, ressalta Glaucio Costa. Para o Brasesul, a Berkley disponibiliza coberturas de Responsabilidade Civil, equipamentos diversos e objetos cenográficos constantes no local do evento.

O superintendente cita que o produto da Berkley é o mais completo em coberturas no mercado, com facilidade de contratação na ponta. “O corretor pode cotar e emitir apólices na própria corretora, atendendo a necessidade do segurado que sempre precisa da apólice para iniciar o evento”, explica.

Região Sul concentra o segundo maior contingente de corretores de seguros do Brasil

Fonte: Fenacor
Fonte: Fenacor

Segundo a Fenacor, a Região Sul apresenta o segundo maior contingente de corretores de seguros do Brasil. São ao todo 15 mil profissionais cadastrados. Em primeiro lugar aparece a Região Sudeste, com pouco mais de 59 mil corretores. Na terceira posição, o Nordeste conta com quase 9 mil profissionais da corretagem, ante pouco mais de 6 mil no Centro Oeste e 2 mil na região Norte.

*Com informações das agências parceiras: CDN, RP1, Virta, Edelman Significa, RMA, Danthi, Spin, VTN, Medialink e DPI.

Brasesul conta com cobertura especial do JRS 3358

Confira a programação do maior evento de corretores no Sul do Brasil

Os Sindicatos dos Corretores de Seguros de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná promovem, nos próximos dias 19 e 20 de julho, em Florianópolis (SC), a volta do Brasesul. O objetivo do evento é propiciar integração, troca de informações, conhecimento, atualização profissional e ainda fortalecer o relacionamento com as seguradoras.

Saiba mais: Seguradoras participam em peso do Brasesul.

Todos os momentos contam com cobertura especial do JRS, maior empresa de comunicação voltada ao mercado de seguros na região. A repercussão completa acontece no programa Seguro Sem Mistério, apresentado no Bah!TV do Rio Grande do Sul, na Revista JRS e nos demais veículos do grupo.

Veja também: Congresso Sul Brasileiro reserva espaço para debates

A organização do Brasesul acaba de divulgar a programação completa do encontro. Confira abaixo:

Quinta-feira / 19 de julho:

09:00 Abertura da secretaria – credenciamento
15:00 Abertura da Feira do Mercado Segurador
16:00 Tarde das Mulheres – Café/Palestra com Maria Helena Monteiro
18:30 Solenidade de Abertura
19:00 Palestra – “99,9% não é 100% Você Pode Mais”, com Marcos Scaldelai
20:30 Jantar e show com a Banda Dazaranha – Patrocínio HDI Seguros

Feira do mercado segurador
15:00 Inicio Feira do Mercado Segurador
22:00 Encerramento Feira do Mercado Segurador

Sexta-feira / 20 de julho:

08:30 Abertura da secretaria
09:00 Palestra Realidade e Perspectiva do Setor de Seguros no Brasil, com Armando Vergílio dos Santos
09:30 Painel – Dirigentes de Seguradoras e Corretores de Seguros
11:30 Palestra sobre Sucessão nas Empresas com o consultor Gustavo Sette
12:30 Almoço – Patrocínio Allianz Seguros
14:00 Palestra Internacional com Joe Jordan – Patrocínio Porto Seguro, com “Tradução Simultânea”
15:30 Palestra – Inovação e Criatividade na Era Digital, com Martha Gabriel
17:00 Educação Continuada Funenseg com Robert Bittar, Mario Pinto e Maria Helena Monteiro
17:45 Palestra – Tempo de Oportunidades – “Criando defensores de sua marca e do seu negócio” com conferencista Gilclér Regina
19:00 Atividades no Espaço do Mercado Segurador
21:30 Jantar de encerramento com mini Oktoberfest – Patrocínio Bradesco Seguros Bandas: Velhos Camaradas e Tropical Band
Sorteio dos 3 carros (participarão do sorteio final dos carros, os contemplados com as chaves sorteadas durante as palestras e painéis)

Feira do mercado segurador
10:00 Inicio Feira do Mercado Segurador
22:00 Encerramento Feira do Mercado Segurador

Crescente risco judicial eleva contratação de seguro garantia 991

Justiça

É uma alternativa para alienação ou congelamento de bens, caução em dinheiro ou fiança bancária

O mercado de seguro garantia judicial no Brasil cresceu 46,67% e movimentou R$ 2,2 bilhões em 2017, resultado superior a R$ 1,5 bilhão registrado em 2016, segundo levantamento da consultoria de risco e corretora Marsh que analisou dados das seguradoras reportados para a Superintendência de Seguros Privados (Susep) nos dois períodos. Em 2017, a modalidade judicial representou cerca de 85% do total do mercado de Seguro Garantia.

Luis Guilherme Menezes é diretor de garantia e crédito da Marsh Brasil
Luis Guilherme Menezes é diretor de garantia e crédito da Marsh Brasil

Essa tendência refletiu na carteira da Marsh. Em 2017, as garantias judiciais tiveram uma expansão de 50% em relação a 2016. Para 2018, a corretora projeta novo crescimento na ordem de 30%. “É grande o número de empresas brasileiras que enfrentam processos tributários, trabalhistas, cíveis e recuperações judiciais no âmbito federal, estadual e municipal. O uso desse seguro foi a alternativa encontrada por elas para não terem que alienar ou congelar bens, apresentar caução em dinheiro ou fiança bancária para garantir o pagamento de dívida. Nosso diferencial perante o mercado, é apoiar nossos clientes para encontrarem a melhor solução de alocação de capital e desenvolver soluções diferenciadas de aprovação de crédito”, afirma Luis Guilherme Menezes, diretor de garantia e crédito da Marsh Brasil. “Contamos com uma estrutura global e capilaridade importantíssima trazendo resultado para o cliente final”, diz Menezes.

“Inclusive, em muitas ações já em tramitação, outras modalidades de garantias caucionadas foram substituídas por apólices de seguros que são menos onerosas. Isso fez com que a garantia judicial concentrasse a maior parte da produção do mercado de seguro garantia”, complementa. Segundo o executivo, o grande ponto é que as empresas têm acesso a créditos com preços muito mais competitivos do que fiança bancária, por exemplo, que podem atingir 50% a 60% de redução de custos. “Dentro do contexto nacional, onde as empresas buscam incessantemente a diminuição da sua matriz de custos, esta ferramenta faz total sentido”, diz.

Evolução da legislação relacionada ao seguro Garantia Judicial

• 2009: Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) publica Portaria nº 1.153, estabelecendo regras e requisitos gerais para a aceitação do seguro garantia judicial como forma de caução dos débitos fiscais da União.
• 2014: Lei nº 13.043 altera a Lei de Execuções Fiscais para incluir, expressamente, o seguro garantia como forma de garantia judicial nas execuções fiscais.
• 2014: Edita-se a nova Portaria PGFN nº164/2014, adequando-a a Nova Lei de Execuções Fiscais. Tal portaria inspira normas mais correlatas por parte das procuradorias dos diversos estados.
• 2015: A recente Lei nº 13.105/2015, que instituiu o Novo Código de Processo Civil, equiparou o seguro garantia judicial a dinheiro para efeito de penhora.

Reforma trabalhista abriu novo mercado

A reforma trabalhista, que entrou em vigor em Novembro de 2017 (Lei nº 13.467, de 13 de julho de 2017), modificando a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), incluiu o seguro nos artigos 882 e 899, pacificando a aceitação da modalidade na esfera judicial.

“Com isso, a apólice de seguro é oferecida ao tribunal como garantia de que o valor do depósito recursal será integralizado na condenação. Desta forma, o seguro garantia está desonerando os depósitos recursais que têm que ser oferecidos pelas empresas. Anteriormente, as empresas precisavam fazer depósitos em dinheiro para garantir a admissibilidade do pedido perante os tribunais”, explica Luis Guilherme Menezes, diretor de garantia e crédito da Marsh Brasil.

Os custos desses depósitos são tabelados pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), fixados em R$ 9.189 para a interposição de recurso ordinário, e em R$ 18.378 para recursos direcionados aos tribunais superiores. “Ainda que o valor individual possa parecer pequeno, nos casos de grandes indústrias, com diversos funcionários, pode-se chegar a quantias bem expressivas. Desenvolvemos inclusive parcerias com as principais seguradoras deste segmento para agilizar a emissão das apólices onde o próprio cliente poderá fazê-la através de um sistema altamente customizado e automatizado. Isto faz com que a apólice possa ser emitida em minutos”, afirma.