Giro: Capitalização distribui R$ 135 milhões em prêmios no primeiro bimestre 110

Confira as principais notícias no #GirodoMercado desta terça-feira, 26 de abril

Capitalização distribui R$ 135 milhões em prêmios no primeiro bimestre

cofreporco

As 17 empresas que integram a Federação Nacional de Capitalização (FenaCap) distribuíram juntas, até o mês de fevereiro, mais de R$ 135 milhões em prêmios para clientes de títulos de capitalização de todo o Brasil. O montante representa um crescimento de 47,2% em relação ao mesmo período de 2015 e equivale à entrega de R$ 5 milhões em prêmios por dia útil do período. A receita global do segmento registrou um crescimento de 3,4% em relação ao primeiro bimestre de 2015, alcançando R$ 3,072 bilhões. O volume das reservas técnicas – valores acumulados pelos clientes e que serão resgatados ao fim do prazo de vigência dos títulos – também cresceu, alcançando R$ 30,5 milhões, avanço de 1,7%. O montante de resgates no período foi de R$ 3,007 bilhões, valor 23,1% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Ao avaliar uma retomada do crescimento das receitas e das reservas, mesmo em meio ao período de instabilidade, o presidente da FenaCap, Marco Antonio Barros, diz que o fato reforça a tese de que as pessoas estão buscando formar reservas e manter as suas economias guardadas por mais tempo, para fazer frente a possíveis emergências financeiras. “Além de contribuir para a formação de uma reserva os títulos de capitalização ainda oferecem a chance de o cliente ser sorteado, o que é um atrativo adicional indiscutível, pois trata-se da possibilidade de multiplicar o valor economizado”, diz Marco Antonio Barros.

STJ concede decisão favorável à Odontoprev

martelojuridico

A Odontoprev recebeu decisão favorável do STJ em relação a uma pendência fiscal herdada da Bradesco Dental, que foi incorporada pela empresa em 1º de julho de 2010. A corte determinou que a Odontoprev não é obrigada a recolher a previdência social de prestadores de serviços da rede. Com isso, a empresa deixará de desembolsar R$ 41,2 milhões.

Sincor-GO lança nova edição do Banco de Talentos

Integrando a programação de atividades em comemoração aos seus 30 anos de fundação, o Sincor-GO realiza no dia 09 de maio o lançamento de mais uma edição do programa Banco de Talentos/Amigo do Seguro. O evento ocorrerá a partir das 7h30, na sede do sindicato, em Goiânia. Fruto de parceria com a Escola Nacional de Seguros (Funenseg) e o Sindseg MG/GO/MT/DF, o Banco de Talentos visa a capacitação de jovens para atuação no ramo de seguros por meio do curso de Assistente Técnico (AT). Este ano, após a realização de duas turmas do curso em Goiânia, o projeto foca no interior de Goiás e leva a capacitação às quatro Diretorias Territoriais do sindicato, localizadas em Anápolis, Catalão, Itumbiara e Rio Verde. O início das aulas está previsto para setembro de 2016. As inscrições serão disponibilizadas no site do Sincor-GO a partir de 15 julho, com encerramento previsto para 15 de agosto. Ao todo, serão 28 horas-aula de capacitação. Poderão participar do curso jovens de 16 a 22 anos, com vistas a conquista do primeiro emprego. Na programação, os alunos terão acesso aos conceitos básicos sobre o mercado de seguros, legislação do segmento, Código de Defesa do Consumidor, cálculos de seguros, atendimento ao público e noções de informática e ética.

Juliana Pereira é homenageada pela CNseg durante assembleia da Assal

juliana_assal_gd

A secretária da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), Juliana Pereira, após sua participação em painel na 27ª Assembleia Anual da Associação de Supervisores de Seguros da América Latina (Assal), dia 20, no Rio, foi homenageada pela CNseg, representada por seu presidente, Marcio Coriolano, e sua vice-presidente, Solange Beatriz Palheiro Mendes. Juliana, que está encerrando seu ciclo à frente da Senacon, recebeu uma placa comemorativa “pelo sólido legado que sua gestão construiu à frente da Senacon” e por sua “seriedade de propósitos, responsabilidade nas ações, coragem nas decisões e capacidade de diálogo transparente que emolduram sua brilhante carreira”. A secretária da Senacon já participou de diversos eventos da CNseg, que tem a aproximação com os órgãos de defesa dos consumidores como uma de suas políticas.

Instituto Techmail participa de almoço do CCS-SP

Getty Images

No último dia 12 de abril o Instituto Techmail, que há quatro anos vem trabalhando na capacitação e formação de jovens aprendizes para o mercado segurador, foi convidado pelo Adevaldo Callegari, mentor do Clube dos Corretores de São Paulo CCS-SP a participar do almoço realizado pelo Clube. “O propósito do Instituto Techmail é qualificar jovens de escolas públicas para o mercado de seguros. O curso tem cerca de 180 horas/aula dividas em nove disciplinas, ao final do curso os alunos apresentam um TCC (Trabalho de Conclusão e Curso) que poderá abordar Seguro Residencial, Previdência, Seguro Automóvel, entre outros e por fim temos a formatura. Vale a pena ressaltar que os jovens formados pelo Instituto têm um diferencial que sempre é destacado pelos contratantes”, explica Ivan Macedo, Comercial do Instituto. O intuito do almoço foi apresentar o trabalho do Instituto Techmail aos corretores e executivos presentes, como representantes do Instituto estiveram presentes Luiz Fernando Pinto de Carvalho, que assumiu em janeiro deste ano o cargo de Gestor e Ivan Macedo, Comercial. Alguns membros do Clube foram padrinhos de algumas turmas já formadas, entre eles Osmar Bertacini, Renato Gonçalves e Josafá Ferreira Primo que é o padrinho do Instituto. “Gostaria de agradecer em nome do Instituto Techmail o convite feito pelo Clube dos Corretores de São Paulo, foi uma honra apresentar a todos esse projeto que auxilia o os jovens no aprendizado sobre mercado de seguros e na iniciação ao mercado de trabalho”, afirma Luiz Carvalho, gestor do Instituto Techmail.

*Informações de Link, O Financista, CNseg e Sincor-GO.

União Seguradora contempla segurado 2650

Capitalização Vida Flex promove sorteios pela Loteria Federal

A União Seguradora contemplou o segurado Cláudio Renato Teixeira, após sorteio realizado com extração da Loteria Federal. A empresa do Grupo Aspecir, além do seguro de vida, oferece um Plano de Capitalização Vida Flex.

União Seguradora
Divulgação

A premiação foi entregue por Milton Machado, diretor-presidente da seguradora, e João Lock, diretor comercial, no último dia 22 de março. A sede do Grupo Aspecir também recebeu o corretor Maurício Junqueira, da Benefício Sul Corretora de Seguros.

Icatu Seguros realiza o melhor ano de sua história 13168

Companhia reinvestiu R$ 423 milhões nos últimos cinco anos

Líder entre as seguradoras independentes no mercado brasileiro de Seguros de Vida, Previdência Privada e Capitalização, a Icatu Seguros apresenta seu balanço com a certeza de que este foi o melhor dos seus 26 anos de história. Preparada para o cenário de queda de juros, a Icatu cresceu em todas as linhas de negócios e apresentou resultados operacionais consistentes, acima da média do mercado. Em meio ao cenário desafiador da economia, a Icatu alcançou um faturamento de R$ 4,6 bilhões e lucro líquido de R$ 278,7 milhões no ano passado, o que consolida seu crescimento nos últimos cinco anos. Neste período, a companhia reinvestiu R$ 423 milhões em seu crescimento.

Com uma sólida posição financeira, a seguradora encerrou o ano com R$ 590,3 milhões em volume de ativos livres. O patrimônio líquido da empresa ultrapassou R$ 1,2 bilhão, após a distribuição de R$ 175 milhões em dividendos. O resultado consolidado da companhia garante um ROE (retorno sobre o patrimônio, da sigla em inglês para Return On Equity) consistentemente acima de 25%. A Icatu atualmente administra recursos que ultrapassam a soma de R$ 29,6 bilhões. Presente em todo o país, ano passado a companhia indenizou cerca de 45 mil pessoas, em centenas de municípios.

Para tornar seu portfolio mais qualificado e completo, e oferecer as melhores soluções de proteção e planejamento financeiro aos seus 5,5 milhões de clientes, a empresa vem desenvolvendo importantes parcerias para a comercialização de seus produtos. Atualmente, são mais de 170 parceiros comerciais, 4 mil corretores e cerca de 50 mil empresas clientes. Em 2017, por exemplo, a Icatu adquiriu a Cardif Capitalização e passou a ser a provedora exclusiva de produtos de Capitalização para o Grupo Cardif por 10 anos.

“Queremos contribuir de forma cada vez mais relevante para a sociedade e promover um ano ainda melhor para nossos parceiros, corretores e clientes. Aumentamos nossa captação e market share em todos os segmentos e, com isso, conseguimos traçar novas possibilidades de investimentos”, explica o presidente da Icatu Seguros, Luciano Snel.

Em 2017, a companhia apresentou crescimento de lucro, apesar da queda do resultado financeiro que atingiu todo o mercado. “Estamos bem preparados para 2018. Vamos aprimorar cada vez mais os nossos serviços para continuar superando as expectativas do mercado. Também continuamos interessados em avaliar qualquer oportunidade de expansão nos seguros de Vida, Previdência (aberta e fechada), Capitalização e Investimentos. Essa é uma realidade”, afirma Snel.

Investimentos

Atenta às tendências do mercado em inovação, a Icatu está investindo R$ 84 milhões em tecnologia, montante superior aos R$ 55 milhões do ano anterior. Há, por exemplo, 37 projetos em andamento, envolvendo parcerias, novos produtos, serviços digitais, eficiência operacional e experiência do cliente. Em 2017, a Icatu também fortaleceu a presença da marca em todas as regiões do pais.

Durante o último ano, a empresa – especializada em pessoas – teve um olhar bastante cuidadoso para a sua gente: desenvolveu, promoveu e contratou, e mais uma vez foi eleita como uma das melhores empresas para trabalhar no Brasil e no Estado do Rio de Janeiro pelo Great Place to Work (GPTW).

Desempenho dos segmentos

No segmento de Seguros de Vida, o faturamento da companhia atingiu R$ 1,7 bilhão em 2017, crescimento de 13,4% em relação ao ano passado. “Percebemos que as pessoas começam a dar a importância devida à proteção, levando em conta seu ciclo de vida. A melhora na economia cria um ambiente mais favorável para o planejamento de médio e longo prazo. A Icatu manteve seu foco em ter coberturas diversas e criar um pacote de proteção financeira para famílias e negócios de portes diversos”, avalia Snel.

Em Previdência Privada, a captação líquida (entradas – saídas) alcançou R$ 4,1 bilhões, um aumento de 279% em relação ao ano de 2016, ultrapassando R$ 17 bilhões em reservas, distribuída entre uma carteira de mais de 200 fundos de previdência.

Já no segmento de Capitalização, a empresa apresentou lucro líquido de R$ 69,4 milhões em 2017 e distribuiu R$ 63,2 milhões em sorteios. Neste ano, o patrimônio líquido atingiu R$ 240,7 milhões, aumento de 39,7% em relação ao ano anterior. Assumindo a carteira da Cardif, a companhia passa a ocupar a quinta posição no ranking geral de provisões no mercado.

A Icatu Fundos de Pensão, que inclusive atua com cobertura de risco terceirizada, possui um importante papel no fomento do segmento. O patrimônio administrado chegou a R$ 3,1 bilhões em 2017, distribuídos entre os 40 planos do fundo Icatu Multipatrocinado e cinco planos Instituídos (fundos setoriais).

Rio Grande Seguros e Previdência

O faturamento da controlada Rio Grande Seguros e Previdência foi de R$ 493,7 milhões, um aumento de 34% em relação ao ano anterior. Em outubro do ano passado, a companhia concluiu o processo de transferência da carteira de Previdência complementar da Icatu Seguros para a Rio Grande Seguros e Previdência, fruto de uma joint venture entre a Icatu e o Banrisul. A Rio Grande está entre os 10 maiores grupos financeiros do Sul do Brasil e é a maior seguradora com matriz no Estado do Rio Grande do Sul.

Rio Grande Capitalização

Em 21 de dezembro de 2017, a Icatu Seguros e o Banrisul também firmaram parceria estratégica criando a Rio Grande Capitalização, para comercializar produtos de capitalização nos canais do banco gaúcho. A nova companhia terá exclusividade de distribuição por 20 anos.

Icatu Vanguarda

A Icatu Vanguarda, gestora de recursos do grupo, fechou 2017 com a expressiva marca de R$ 17,4 bilhões em ativos sob gestão, sendo a 25ª maior gestora de recursos do país. A gestora figura nos principais rankings de investimento e recebeu a atribuição máxima de Rating de Qualidade e Gestão da agência Moody’s, o MQ1. Destaque na gestão de fundos multimercados, de inflação, crédito e dividendos, a Icatu Vanguarda captou R$ 1,026 bilhão em 2017, segundo o ranking da Anbima.

Título de Capitalização de Garantia Locatícia 3604

Produto pode ser utilizado para aluguel de imóveis residenciais e corporativos

Quem já precisou alugar um imóvel sabe da dificuldade que é conseguir um amigo ou até mesmo um parente que esteja disposto a assumir o papel de fiador e atenda aos requisitos exigidos. Existem imobiliárias que só aceitam fiador que tenha dois imóveis, por exemplo.

A situação difícil e quase sempre constrangedora pode ser substituída por uma transação simples e nada burocrática: o título de capitalização para garantia locatícia. O produto pode ser utilizado para aluguel de imóveis residenciais e corporativos e a negociação pode ser feita nas imobiliárias credenciadas junto às empresas de capitalização ou diretamente com o proprietário do imóvel.

O valor do título de capitalização que garantirá a obrigação contratual do aluguel também pode ser negociado entre as partes interessadas e normalmente corresponde a múltiplos do valor do aluguel.

Assim como nas demais modalidades de títulos de capitalização, o inquilino concorre a todos os sorteios programados ao longo da vigência do contrato e, ao fim do prazo, resgata todo o valor pago pelo título, corrigido pela TR, caso o montante não tenha que ser utilizado para promover algum reparo ou cobrir pagamentos em atraso.

Amigo do Seguro ainda tem vagas no Rio e em Ribeirão Preto 1869

Amigo do Seguro

Aprovados no curso serão cadastrados em um banco de talentos e podem ser recrutados por empresas

O programa Amigo do Seguro é uma iniciativa de responsabilidade social da Escola Nacional de Seguros que capacita profissionalmente estudantes do ensino médio de escolas públicas, entre 16 e 20 anos.

Eles participam do Curso de Iniciação ao Trabalho e, ao final das aulas, os aprovados são cadastrados em um banco de talentos e podem ser recrutados por empresas, especialmente as do mercado de seguros.

No momento, estão abertas as inscrições para formação de duas novas turmas, uma em Ribeirão Preto (SP) e outra no Rio de Janeiro (RJ). As aulas começarão nos dias 9 e 24 de abril, respectivamente.

Na cidade do interior de São Paulo, as inscrições podem ser realizadas até 16 de março. O curso tem 20 vagas e será promovido em parceria com os Institutos Porto Seguro e Martec, e apoio do Sincor-SP.

Já a turma na capital fluminense aceita inscrições até 28 de março, para preenchimento de 30 vagas. Instituto Porto Seguro e CIEE-RJ são os parceiros.

As aulas englobam oito disciplinas: Conceitos Básicos de Seguros, Atendimento ao Cliente, Língua Portuguesa, Técnicas de Vendas, Matemática Financeira Básica, Noções de Informática, Rotinas Administrativas e Orientação Profissional. Os alunos recebem lanche e vale-transporte.

Os interessados devem se inscrever pelo e-mail amigodoseguro@funenseg.org.br.

OdontoPrev divulga resultados de 2017 3106

Receita cresce 5,6%, com adição líquida de 34 mil vidas no segmento corporativo

OdontoPrev: Principais indicadores
OdontoPrev: Principais indicadores / Divulgação

Crescimento
A receita líquida consolidada cresceu 5,6% no 4T17 e 5,3% em 2017. Destaque para o PME, cuja receita acelerou 17,6% no 4T17 e 17,1% em 2017. O tíquete médio consolidado de R$20,30 foi 4,6% superior ao 4T16. O número de beneficiários superou 6,3 milhões, com adição líquida de 33 mil vidas no trimestre, dos quais 34 mil novos beneficiários no segmento corporativo.

INSS OdontoPrev
Em complemento às reversões de INSS OdontoPrev (2T17 e 3T17), relativas ao período de 2010-2017, e Bradesco Dental (2T17), relativas ao período anterior a 2010, a OdontoPrev realizou no 4T17 constituição de créditos referentes ao INSS pago nos cinco anos anteriores a 2010 de R$87,2 milhões, resultando impacto positivo de R$39 milhões no EBITDA 4T17 (menor custo de serviços de R$42 milhões e maior despesa administrativa de R$3 milhões), e acréscimo de R$52 milhões no lucro 4T17 (efeitos EBITDA, maior resultado financeiro de R$41 milhões e R$27 milhões em impostos).

Eficiência e geração de valor
No 4T17, excluindo-se os efeitos INSS, o custo de serviços cedeu 6,3%, resultando em sinistralidade de 44,1%, inferior a de 49,7% no 4T16. A provisão para perdas sobre créditos foi de 4,2%, menor em relação aos 5,0% no 4T16. O EBITDA ajustado atingiu R$94 milhões, maior 30,9% em relação ao 4T16, com expansão de margem EBITDA ajustado em 4,9 p.p. para 25,3%. No ano, houve crescimento de 17,3% no EBITDA Ajustado, alcançando R$352 milhões, e margem de 24,5%, superior aos 22,0% em 2016.

Resultado e remuneração a acionistas
O lucro líquido foi de R$64 milhões, 8,3% superior ao observado no 4T16, e de R$245 milhões em 2017. A OdontoPrev registrou em 31 de dezembro caixa líquido de R$508 milhões, sem dívida.

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+