Circuito Cultural Bradesco Seguros apresenta atrações diversas em maio 120

Espetáculos teatrais e musicais estão em cartaz na BA, DF, PR, RJ, RS, SC e SP

O Circuito Cultural Bradesco Seguros apresenta programação especial em maio, com calendário repleto de cultura e entretenimento. Neste mês, 10 atrações, entre peças teatrais e espetáculos musicais, estão em cartaz na Bahia, Distrito Federal, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, com patrocínio do Grupo Bradesco Seguros.

#BRONCA DE QUÊ?

Uma comédia bem humorada que fala de respeito e amizade e coloca em cena um personagem com síndrome de Down. Durante o espetáculo, o público é convidado a mergulhar em profundas histórias sobre preconceitos e diferenças. Dirigida por Ernesto Piccolo, com texto de Rogério Blat e elenco formado por Karina Ramil, Lorena Comparato, Pedro Baião, Renato Goes e Theo Nogueira, a peça conta a história de Guilherme, um jovem com síndrome de Down e Clara, Guilherme, Nick, Jorge, Lupi. Todos se conhecem durante uma passeata pela “Liberdade Down”, desse encontro nasce uma grande amizade entre os jovens, pautada pelo respeito e amor ao próximo. A peça chegará a Campinas nos dias 14 e 15 de maio.

Campinas

Teatro Brasil Kirin – Shopping Center Iguatemi Campinas – Av. Iguatemi, 777 – Vila Brandina, Campinas – SP.

Apresentações: 14 de maio (sábado), às 18h e às 20h; e 15 de maio (domingo), às 17h.

BEATLES NUM CÉU DE DIAMANTES

Oito anos após a estreia, “Beatles num Céu de Diamantes” está em turnê pelo Brasil, em sua 13ª temporada. Nos dias 14 e 15 de maio, o musical será apresentado em Curitiba (PR).

No palco, 11 atores-cantores, acompanhados por piano, violoncelo, violão, ukulele e percussão, apresentam uma emocionante visão sobre a obra dos Beatles. O espetáculo, dirigido pela dupla Charles Möeller e Claudio Botelho, é, por definição de gênero, uma revista musical. Apesar de não haver exatamente um enredo único, “Beatles num Céu de Diamantes” aponta diversas pequenas histórias e situações com canções rearranjadas para a linguagem do teatro musical.

Curitiba

Teatro Guaíra – Rua XV de Novembro, 971, Curitiba – PR.

Apresentações: 14 de maio (sábado), às 18h e às 21h; e 15 de maio (domingo), às 19h.

CINDERELLA

Que menina nunca sonhou com um príncipe encantado? Esse é um desejo universal que deu origem a uma série de contos de fadas que se perpetuam de geração em geração. Nenhum deles, contudo, é mais famoso do que Cinderella, a gata borralheira que se transforma em princesa por um dia e encontra seu grande amor graças ao sapatinho de cristal perdido. E assim são felizes para sempre. Essa célebre história de amor ganhou uma versão musical para a TV, em 1957, com canções de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein, e em 2013 chegou à Broadway.

O Brasil, finalmente, terá sua própria ‘Cinderella’. Dirigido pela dupla Charles Möeller e Claudio Botelho, o musical traz Bianca Tadini no papel de Cinderella e Totia Meirelles como a madrasta.

São Paulo

Teatro Alfa – Rua Bento Branco de Andrade Filho 722, Santo Amaro.

Apresentações: quinta às 21h. Sexta às 21h30. Sábado, às 16h e 20h. Domingo às 17h.

Temporada: até 5 de junho de 2016

GALINHA PINTADINHA EM OVO DE NOVO

Imagine um picadeiro de circo. Agora, acrescente luzes, cores e música. É nesse cenário de magia e diversão que Carlos Henrique, um garoto muito esperto de oito anos, convida a Galinha Pintadinha e sua turma de animais animados para contar ao público a divertida história de sua família. Por meio de 15 canções que compõem o espetáculo, o público saberá como os pais do garoto se conheceram; como era sua vida quando bebê e como tudo mudou com o nascimento da irmã. Paralelamente, a história da Galinha Pintadinha e família será contada em uma peça que mistura recursos circenses, teatro, dança, música e animações. O musical, de 55 minutos, criado para o público da p rimeira infância (até cinco anos), é garantia de diversão para toda a família.

São Paulo

Theatro NET – Shopping Vila Olímpia – Rua Olimpíadas, 360, Vila Olímpia.

Apresentações: sábados, às 15h e às 17h; e domingo, às 11h e 15h.

Temporada: de 21 de abril a 31 de julho.

O AMOR PERDOA TUDO

Baseada em seu livro “Ai Meu Deus, Ai Meu Jesus – Crônicas de Amor e Sexo”, Fabrício Carpinejar, em parceira com a roteirista Cláudia Tarjes, a peça conta a história do casamento e desvenda os mistérios e clichês que envolvem essa “sagrada união”. O espetáculo conta com os atores Alexandra Richter,Marcelo Aquino e Mouhamed Harfouch para dar vida aos personagens e levar a plateia a refletir sobre as questões matrimoniais.

Rio de Janeiro

Theatro Leblon – Rua Conde de Bernadotte, 26 – Leblon, Rio de Janeiro – RJ.

Apresentações: de quinta-feira a sábado, às 21h e domingo, às 20h.

Temporada: de 6 de maio a 31 de julho.

QUATUOR ÉBÈNE

O conjunto de talentosos artistas circula desde a música de concerto mais tradicional a novas e vibrantes linguagens musicais. Suas apresentações são de intensa paixão e não se prendem a regras, criando um espetáculo particular. O conjunto acaba de lançar um álbum dedicado à música brasileira e está entusiasmado em apresentar-se pela primeira vez no país, na cidade do Rio de Janeiro. Estarão presentes no repertório do grupo grandes nomes da música mundial como Beethoven, Debussy e Haydn.

Rio de Janeiro

Theatro Municipal do Rio de Janeiro – Praça Floriano, S/N – Centro, Rio de Janeiro – RJ.

Apresentação: 16 de mai0 (segunda-feira), às 20h.

SIMONE – É MELHOR SER

A cantora Simone segue com a sua turnê pelo Brasil com o espetáculo “É Melhor Ser”. De volta à estrada com novidades no roteiro, mas seguindo com sua jornada feminina em homenagem às compositoras brasileiras, nascida do disco que originou o espetáculo, Simone passeia pela obra de autoras como Rita Lee, Joyce, Dona Ivone Lara, Zélia Duncan, Marina Lima e Adriana Calcanhotto, entre outras gravadas no disco homônimo.

O roteiro amplia o leque e traz também canções de Dolores Duran (“A Noite do Meu Bem”), Isolda (“Outra Vez”) e inéditas na voz da intérprete, como “O Tom do Amor” (Moska/Zélia Duncan), “Canteiros” (poema de Cecília Meireles musicado por Fagner) e “Candeeiro” (Teresa Cristina). Nesta nova fase, Simone acrescentou alguns clássicos de sua carreira, como “Começar de Novo”, “Iolanda” e “Sob Medida”.

Além de surpresas no repertório, a maior novidade desta nova etapa comemorativa são as apresentações a apenas R$ 1, reafirmando a máxima de que o artista tem de ir onde o povo está, um sonho antigo da cantora. O show tem direção de Christiane Torloni e cenário de Hélio Eichbauer.

Campinas

Teatro José de Castro Mendes – Rua Conselheiro Gomide, 62 – Vila Industrial, Campinas – SP.

Apresentação: 13 de maio (sexta-feira), às 21h

São José do Rio Preto

Teatro Paulo Moura – Avenida Duque de Caxias, s/n – Jardim Seixas, São José do Rio Preto – SP.

Apresentação: 21 de maio (sábado), às 21h

TRÊS DIAS DE CHUVA

Sob a direção e tradução de Jô Soares, a comédia romântica de Richard Greenberg, conta a história de Walker, sua irmã Anna e o amigo Pip, que são filhos de dois arquitetos já falecidos, Ned e Theo. Eles estão envolvidos com uma herança, e é do passado que vem a explicação. Em 1960, os jovens Ned (Otávio) e Theo (Petrônio) sonham com o sucesso profissional. Ned, porém, se apaixona por Lina (Carolina Ferraz), namorada de Theo. A história, que se passa em dois tempos, em 1995 e 1960, de duas gerações de uma família, aborda o tema em que os filhos não conseguem entender as atitudes dos pais no passado e os julgam por isso.

Salvador

Teatro Castro Alves – Praça Dr. Mario Macedo Costa, s/n – Campo Grande, Salvador – BA.

Apresentações: 28 de maio (sábado), às 18h e 21h e 29 de maio (d0mingo), às 19h.

WICKED – A HISTÓRIA NÃO CONTADA DAS BRUXAS DE OZ

Muita coisa ocorreu antes de Dorothy conhecer o mundo do mágico de Oz. Lá, duas garotas acidentalmente cruzaram seus caminhos: uma era bonita e popular e a outra, esperta e… verde. A história de como essas duas improváveis amigas se transformaram em Glinda, a fada boa, e em Elphaba, a Bruxa Má do Oeste, é a trama principal de “Wicked”, que estreia em 4 de março no Teatro Reanult.

Inspirado no best-seller do escritor Gregory Maguire, o musical é uma superprodução de tirar o fôlego, com figurinos e cenários deslumbrantes, além de contar com músicas em português. Por meio de números e performances surpreendentes, “Wicked” mostra que toda história tem diversos pontos de vista e que ser diferente é algo único e extraordinário.

Desde a estreia em Nova York, em 2003, o musical foi assistido por mais de 48 milhões de pessoas na Alemanha, Austrália, Canadá, Coréia do Sul, Estados Unidos, Filipinas, Holanda, Inglaterra, Irlanda, Japão, México, Nova Zelândia e Singapura.

São Paulo

Teatro Renault – Rua Brigadeiro Luis Antônio 411, Bela Vista.

Apresentações: quinta e sexta às 21h. Sábado, às 16h e 21h. Domingo, às 15h e 20h.

Temporada: de 4 de março a dezembro de 2016

DESCONTOS PARA CLIENTES BRADESCO SEGUROS *

Clientes Bradesco Seguros — Auto, Capitalização, Previdência, Saúde, Vida e seguros em geral — e titulares dos cartões de crédito Bradesco Seguros (bandeiras Visa e Amex) têm descontos de até 50% na compra de até dois ingressos inteiros nos espetáculos do Circuito Cultural Bradesco Seguros, mediante apresentação de carteira vigente e de documento de identificação com foto.

*Informações de Diferencial Marketing.

Congresso Sul Brasileiro reserva espaço para debates 1117

Arquivo JRS

Brasesul fortifica relacionamento entre profissionais do setor

A proximidade entre corretores de seguros e seguradores é um dos principais atrativos do Congresso Sul Brasileiro de Corretores de Seguros (Brasesul), que acontece a partir desta quinta, em Florianópolis (SC).

Saiba mais: Seguradoras participam em peso do Brasesul.

Para enfatizar esse relacionamento, os Sincor-SC, Sincor-PR e Sincor-RS, entidades idealizadoras do congresso, prepararam um painel especial para o segundo dia do evento. Intitulado “Painel das Seguradoras e Corretores de Seguros”, terá como mediador convidado o presidente em exercício da Fenacor, Robert Bittar, e contará com as apresentações dos dirigentes de grandes companhias, falando sobre os planos de suas empresas para aprimorar a parceria com os profissionais da corretagem nos próximos anos.

Confira a programação completa do Congresso Sul Brasileiro

Sob o tema “O que podemos esperar do futuro – caminhos, alternativas e soluções”, as apresentações serão focadas em como a relação com o corretor, peça-chave para o desenvolvimento do mercado, é vista pelas principais seguradoras. O painel terá espaço para perguntas do público, que serão feitas via WhatsApp.

Seguro auto e assistência 24 horas: entenda cada serviço 1131

Assistência carro

Saiba como proceder e a quem acionar

É comum que, com a correria do dia-a-dia, a manutenção periódica do veículo fique em segundo plano. E vamos combinar que a má qualidade dos asfaltos da cidade somada ao tempo gasto nos engarrafamentos desgastam cada vez mais os veículos, fazendo com que o risco de contratempos no trânsito seja maior.

Caso esses imprevistos ocorram, é necessário saber como proceder e a quem acionar. “Existem duas opções distintas: a proteção integral do veículo, garantida pelo seguro auto ou apenas a assistência 24h, para eventualidades. As duas possuem vantagens, mas é preciso estar ciente dessas diferenças para utilizar cada uma no momento apropriado”, afirma Fábio Lucato, diretor comercial da Allianz Partners Brasil. No segmento de assistência, a empresa atua no país com as marcas Mondial Assistance e Allianz Global Assistance.

Umas das principais diferenças está na forma de contratação do serviço: a apólice de seguro é contratada por meio de um corretor e, além dos serviços de socorro emergencial/assistência 24 horas, traz coberturas securitárias e indenização em caso de sinistro, enquanto os serviços de assistência 24h podem ser contratados sob demanda, pela internet, com contratação anual, ou apenas para o momento da ocorrência, sempre utilizando a rede de prestadores de serviços da empresa de assistência 24 horas.

Embora haja distinções entre seguro automóvel com assistência 24 horas e os serviços de assistência 24 horas pontuais, o executivo assegura que, na Allianz Partners Brasil, a assistência 24 horas visa prestar o serviço com “Agilidade nas análises e tratativas, além da empatia no atendimento e proteção para todos que estejam no local da emergência”, enfatiza. “Independentemente da ocorrência, a prioridade é garantir o bem-estar do cliente, além de serviços de alto nível e excelência”, finaliza Fábio.

O seguro auto na prática

O seguro auto é uma apólice contratada com diversas coberturas, além dos serviços emergenciais da assistência 24 horas, que também são cobertos. Lucato explica que “o seguro se responsabiliza também por grande variedade de riscos a que o auto está sujeito, o que pode incluir a substituição do bem em casos de roubo ou furto, incêndio, perda total ou reparos quando houver sinistro, quando contratados”. Além disso, existem ainda outros seguros disponíveis, como, por exemplo, o seguro de terceiros, que cobre lesões a outras pessoas envolvidas em um acidente.

Já os serviços de assistência 24 horas se faz presente quando o cliente solicita o guincho, mecânico para realizar serviços paliativos no local, táxi, chaveiro, troca de pneu, retrovisor, entre outros, de acordo com a rede de prestadores de serviços disponibilizada pela empresa prestadora de serviços, sem possibilidade de reembolso em caso de escolha de outro prestador não cadastrado. A assistência 24 horas oferece comodidade e segurança com atendimentos em uma série de ocasiões repentinas. “É uma opção para não deixar o carro e a si próprio desprotegidos em situações emergenciais para quem prefere não optar pelo seguro, porém, sem coberturas indenitárias, que exige um investimento maior”, conclui o executivo.

Chubb Brasil nomeia novo Vice Presidente de P&C 1169

Chubb

Companhia foca em serviços superiores aos clientes

Leandro Martinez é o novo vice-presidente de Subscrição de P&C da Chubb Brasil
Leandro Martinez é o novo vice-presidente de Subscrição de P&C da Chubb Brasil

A partir de julho, Leandro Martinez assume a Vice-Presidência de Subscrição de P&C da Chubb Brasil, reportando-se diretamente ao Presidente Executivo da Chubb Brasil, Antonio Trindade e funcionalmente a Pablo Korze, Vice Presidente Sênior de P&C Commercial.

Leandro será responsável pelo P&L de Global, Middle Market/SME e Resseguros. O executivo está na companhia desde janeiro de 2011, e em agosto de 2014, passou a desempenhar o papel de Vice Presidente Regional de Linhas Financeiras, onde contribuiu com desenvolvimento das carteiras de D&O, PI, FI e Cyber na América Latina.

Leandro é advogado, pós-graduado em Direito Civil e de Empresas, com MBA pela FGV e extensões em mercado de capitais pela Escola Superior de Advocacia da OAB de São Paulo.

Toda mudança realizada na Chubb tem como objetivo garantir uma subscrição e execução superiores, bem como a entrega de um serviço superior para os seus clientes.

Dicas para investir e ir às Olimpíadas no Japão, em 2020 1806

Tokyo

Quem não foi à Rússia, pode aportar em fundos cambiais para realizar sonho de fazer parte da torcida brasileira

Quem gosta de grandes eventos esportivos, mas não conseguiu ir para a Rússia, pode se preparar para as Olimpíadas do Japão, em 2020. De acordo com a Mapfre Investimentos, existem boas alternativas para fazer o dinheiro render e fazer parte da torcida brasileira do outro lado do mundo.

Antes de realizar uma aplicação, é necessário definir o montante necessário para o passeio, considerando o valor em moeda estrangeria – já que a viagem é para o exterior– e o tempo disponível até o embarque, neste caso, dois anos. “O fundo deve ter pouco risco para não comprometer o volume de dinheiro essencial para viajar. A recomendação é seguir o planejamento de investir parte em fundo cambial e parte em fundos de renda fixa”, explica Carlos Eduardo Eichhorn, diretor de gestão de recursos da Mapfre Investimentos.

“Os fundos cambiais são uma opção segura e rentável, porque garantem o poder de compra em dólares e liquidez para a data estimada da viagem. Além disso, também não há a cobrança do spread exigido pelas casas de câmbio”, completa.

Já os fundos de renda fixa são os mais populares entre os brasileiros. São veículos de investimento com menos risco e que podem ser compostos por títulos públicos e de crédito, com o objetivo de rentabilidade associado ao Certificado de Depósito Interbancário (CDI).