Presidente da FenSeg destaca seguro popular de automóveis e apresenta dados 161

Vinte milhões de veículos devem aderir à nova modalidade

No dia 1º de abril foram aprovadas as regras para comercialização do seguro auto popular. O produto abre mão de peças originais usadas e permite que genéricas sejam utilizadas. Isso faz com que o preço do seguro possa ficar até 30% mais barato, conforme apura a Superintendência de Seguros Privados. O foco deste tipo de apólice são veículos que possuam entre cinco e vinte anos de circulação. “Não podemos afetar as garantias dos veículos com o uso de peças genéricas. Muitas montadoras aumentaram a assistência para este prazo. Sempre buscamos as melhores alternativas ao consumidor”, conta João Francisco Borges da Costa, presidente da Federação Nacional de Seguros Gerais ao participar do tradicional almoço mensal do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul, no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre (RS). O encontro, realizado na última quinta-feira, reuniu mais de 120 profissionais da categoria.

A crise econômica que atinge o Brasil exige a prospecção de novos mercados, bem como adequação das coberturas oferecidas pelo ramo de seguros. A perspectiva é de que 20 milhões de veículos adquiram proteção com a nova modalidade. “Isso pode reequilibrar o mercado a curto e médio prazo”, disse o palestrante.

A capacidade automotiva também foi abordada por João Francisco, que trouxe um levantamento sobre a capacidade produtiva das montadoras de veículos em nível mundial. O número chega a 126 milhões de unidades, porém a indústria deve produzir 91,5 milhões, o que gera um déficit de 35 milhões de carros no mundo. Isso representa 73% do total da possibilidade de produção. O Brasil é líder no segmento automotivo na América do Sul, produz 70% do total de veículos com 50% de ociosidade em seu parque industrial. São ao todo 5,2 milhões de veículos. Os números embasam a afirmação de que a frota brasileira está envelhecendo após a profunda e constante renovação dos últimos vinte anos. “Algumas cidades, como São Paulo, possuem padrão europeu na relação média de veículos por habitante”, revelou o também presidente da HDI Seguros no Brasil.

Departamento de Trânsito é fundamental para implantação

Ildo
Ildo Mário Szinvelski, diretor geral do Detran-RS.

Representantes da Segurança Pública e do Departamento Estadual de Trânsito participaram do almoço, o primeiro sob o comando de Guacir de Llano Bueno na presidência do SindSeg-RS. Ildo Mário Szinvelski, diretor geral do Detran-RS, ressaltou a queda de taxa de acidentes no trânsito gaúcho graças às ações integradas que foram colocadas em prática nos últimos anos. “Além de uma melhor formação de condutores, temos a Balada Segura e fiscalização efetiva para barrar o excesso de velocidade”. Szinvelski também reitera a importância da atuação conjunta para barrar o mercado ilegal de desmonte de veículos. “Precisamos oportunizar maior segurança à todos. É isso que a população quer”, afirma.

Um dos questionamentos existentes sobre a implantação do seguro popular é referente a origem e controle das peças utilizadas, por isso, se faz fundamental a atuação conjunta do mercado segurador com o departamento. Com maior controle sobre segurança e procedência é possível acompanhar as informações inclusive pela internet, o que deve diminuir o roubo e furto de veículos. A base conta com mais de um milhão de itens cadastrados, além dos chamados CDVs (Centros de Desmanche de Veículos), devidamente autorizados para comercialização de peças inclusive com emissão de nota fiscal. Para conferir basta acessar este site.

Performance de outros nichos

Dados de janeiro a março de 2016, apresentados pelo executivo, mostram um crescimento real de 1,9% de volume de prêmios arrecadados pelo mercado, basicamente por causa de ramos que não são os tradicionais como o segmento de seguros de automóveis, considerado parte significativa da arrecadação, representando 42,6% do mercado. Porém, João Francisco apontou que a modalidade não está contribuindo de maneira positiva, com uma performance negativa de 3,4%. Já o segmento de seguro Patrimonial teve 2,4% positivos. “Isso foi bastante puxado pelos seguros não ligados a atividades de varejo. O seguro de garantia estendida e os riscos de engenharia tiveram performances negativas”, pontuou o presidente da Federação.

Outros dados apresentados apontaram um crescimento de 10,5% no seguro habitacional. Em seguro de riscos financeiros, fiança locatícia teve performance negativa, e garantia, 17,8% positivos. O que se constata é que grande parte da fiança bancária concedida pelas instituições financeiras (bancos) migrou para a atividade de seguros, tendo em vista a redução dos limites dos clientes. “De certa maneira os bancos preferiram endereçar essas garantias para o segmento de seguro e isso está criando essa performance positiva”, complementou João Francisco. Nos demais ramos, o seguro rural se destaca, com 34% de evolução positiva. No geral, ele atribui esses resultados às mudanças de calendário. “O fato é que algumas renovações migraram de dezembro para janeiro e impulsionaram os números, de certa maneira”, finalizou.

Confira todas as imagens do almoço

Presidente da FenSeg destaca seguro popular de automóveis e apresenta dados

*Com informações complementares de Luciana Ayres, analista de comunicação da CNseg.

Seguro de risco cibernético garante contra roubo de dados e ataques digitais 2944

Travelers Seguros lança um novo produto 

A Travelers Seguros lança um seguro de risco cibernético, que conta com proteção cibernética em casos de roubo de dados e ataques em ambiente digital. O produto abrange dados de terceiros tanto em documentos físicos e informações digitais no caso de um ataque cibernético.

Este seguro é mais uma proteção para empresas que guardam dados de terceiros e conta com reembolso em situações de um imprevisto de violação de dados. O reembolso inclui gastos de defesa e indenizações, despesas para reestruturação dos dados, assessoria de imprensa para focar na reputação, custos com ransomware e perda de lucros. O produto também inclui a cobertura contra fraude cibernética e de fraude em transações financeiras.

“O volume e a sofisticação dos ataques cibernéticos cresceram exponencialmente nos últimos anos”, explica o diretor-presidente da Travelers Brasil, Leonardo Semenovitch. “Os executivos tendem a acreditar que ciberataques nunca ocorrerão em seu ambiente ou, caso ocorram, se passarão em um futuro distante. Como as empresas têm uma enorme responsabilidade pela segurança e privacidade dos dados de seus clientes, desenvolvemos este produto para ajudá-los a mitigar os riscos associados”, acrescenta.

 

Termômetro do mercado brasileiro de seguros 3810

Prêmio Segurador Brasil reconheceu principais executivos, empresas e prestadores de serviços do ano

A Revista Segurador Brasil promoveu, no último dia 5 de abril, a 15ª edição do Prêmio Segurador Brasil. A iniciativa serve como termômetro para os principais executivos, empresas e prestadores de serviços no ano de 2018. O evento foi realizado em São Paulo (SP) com 350 convidados.

Um dos destaques foi a Previsul Seguradora, que recebeu os prêmios Melhor Desempenho e Liderança em crédito interno. A companhia também foi premiada como Destaque comercial, Destaque de Seguros, pela atuação da diretora de Negócios, Andreia Araújo e, pelo terceiro ano consecutivo, levou o prêmio Marketing 10, desta vez com o case da campanha de marketing 2017.

PrevisulSeguradora
As premiações da Previsul Seguradora / Reprodução

“Estamos aprimorando uma série de processos e produtos, principalmente nos aspectos de tecnologia, inovação e excelência em atendimento, tendo por foco os corretores de seguro e segurados, com o objetivo de posicionar a Previsul entre as maiores seguradoras do mercado e a seguradora digital do corretor. Também trabalhamos muito para proporcionar um ambiente de trabalho leve para os nossos colaboradores, que estimule o aprendizado e trabalho em equipe para que, juntos, possamos conquistar mais prêmios como estes”, afirma Andreia, que recebeu o prêmio de destaque de seguros.

“Ao longo destes 18 anos na Previsul, tenho trabalhado sempre focada na busca da excelência no atendimento ao corretor de seguros, contando com uma equipe extremamente engajada e comprometida, o que nos assegura os excelentes resultados, sobretudo nos últimos dois anos”, diz.

A Bradesco Seguros também conquistou cinco troféus, nas categorias Melhor Desempenho em Auxílio Funeral – Grupo Bradesco Seguros; Melhor Desempenho Global (faturamento acima de R$ 2,5 bilhões) – Bradesco Capitalização; Melhor Desempenho no Ramo Habitacional – Bradesco Seguros; Melhor Evolução Global – Market share – Bradesco Capitalização; e Melhor Desempenho no Ramo Lucros Cessantes – Bradesco Seguros.

O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação
O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação / Divulgação

Outro destaque foi para a Seguros SURA, reconhecida com o Melhor Desempenho no segmento de Transportes Nacionais. A premiação nesta categoria contempla conglomerados de até R$ 2,5 bilhões e os critérios de avaliação foram definidos pela Silcon Estudos Econômicos, empresa especializada em economia corporativa.

“Nos orgulhamos deste importante reconhecimento no segmento de transportes, um dos mais importantes para nossa Companhia. O prêmio reforça nosso comprometimento em desenvolver soluções completas e customizadas, com custo competitivo e serviços diferenciados”, afirma Amilcar Spencer, Superintendente de Transportes da Seguros SURA.

Na semana em que comemorou o 79º aniversário, o IRB Brasil também foi reconhecido na categoria especial Empreendedor Brasil, que reconhece ações pioneiras, liderança e empreendedorismo. Para representar a empresa, estiveram presentes Lucia Valle, vice-presidente de Riscos e Compliance; André Guidetti, gerente de Riscos de Engenharia; e Lucas Mello, gerente de Gestão de Clientes .

Segundo a organização do Prêmio Segurador Brasil, a companhia exerceu papel relevante para o crescimento do país e se tornou uma das 10 maiores resseguradoras do mundo em quase 80 anos de atividades.

“2017 ficou marcado em nossa história e esta ocasião só vem coroar para o mercado o momento positivo vivido pelo IRB, mesmo diante de um cenário político e econômico desafiador. No ano passado, realizamos um IPO de sucesso com uma estratégia assertiva de negócios e nos tornamos uma das dez maiores resseguradoras do mundo”, aponta Lucia Valle.

Entre Entidades Abertas de Previdência Privada Sem Fins Lucrativos (EAPPs), o grande destaque foi o GBOEX. A empresa é Destaque de Mercado e comemora no próximo mês 105 anos de atividades.

Recentemente, o GBOEX também foi novamente reconhecido com o Troféu Top Life Brasil. A homenagem, concedida pelo Grupo Life Brasil, corretora de seguros de vida parceira da empresa, aconteceu em jantar de gala no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis (SC).

Destaque do Mercado em Previdência Privada, a Brasilprev também foi reconhecida pela categoria especial Empreendedor Brasil. Líder do setor, a empresa obteve lucro líquido ajustado de R$ 1,09 bilhão e faz a gestão de mais de R$ 236 bilhões em ativos no ano passado.

Já a Ikê Assistência Brasil foi destaque na categoria Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas. Recentemente a companhia entrou para o clube do Top+América, prêmio organizado pela revista El Economista, do México, que reconhece o esforço das empresas que trabalham para criar e manter uma cultura organizacional em toda América Latina. Além disso, a empresa também recebeu o selo Great Place to Work (GPTW).

Divulgação Ikê Assistência
Divulgação

“Estes prêmios mostram que a Ikê está no caminho certo para criar um ambiente de trabalho saudável que se reflete no atendimento que oferecemos a nossos clientes”, diz Marusia Gomez, CEO da Ikê no Brasil.

Outro destaque relevante foi a homenagem a Mauro César Batista, homenageado como destaque e dirigente do seguro. Batista tem uma longa trajetória profissional. Presidente do Sindicato das Seguradoras de São Paulo (Sindseg-SP), atualmente é membro de um dos Conselhos do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre; membro do Conselho de Administração da Escola Nacional de Seguros, do Conselho de Representantes da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenaseg) e do Conselho Superior da Confederação Nacional de Seguros (CNseg).

Confira as empresas classificadas e as respectivas categorias do Prêmio Segurador Brasil:

Equatorial Microsseguros: Pioneirismo e Empreendedorismo e Melhores Desempenhos (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Seguradora;
ALM Seguradora: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Seguradora;
Previsul Seguradora: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Liderança – Crédito Interno;
Bradesco Seguros: Melhor Desempenho Global (acima de R$ 2,5 bilhões) e Melhor Evolução Global (market share) – Capitalização; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Auxílio Funeral, Habitacional, Lucros Cessantes; Liderança (evolução do market share 2016/2017) – Habitacional;
Tokio Marine: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Automóvel, RC-D&O, RC-Geral, Transportes Internacionais, Vida Individual; Liderança – Automóveis, RC-Geral e Transportes Internacionais; Maior Crescimento de Vendas – Riscos de Petróleo;
Seguros SURA: Melhor Desempenho (abaixo R$ 2,5 bilhões) – Transportes Nacionais;
SulAmérica: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – Condomínio;
Pottencial: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Garantia;
Porto Seguro: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Empresarial, Perda de Renda, RC/RCF Ônibus; Liderança – Empresarial; Maior Crescimento de Vendas – RC/RCF Ônibus;
Liberty Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Educacional; Melhor Desempenho (acima de 2,5 bilhões) e Liderança – Marítimos; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – RC Ambiental e Riscos Rurais;
Icatu Seguros: Maior Crescimento de Vendas – Doenças Graves e Terminais;
Fairfax: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Riscos Aeronáuticos;
BNP Paribas Cardif do Brasil: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Perda de Renda; Liderança – Fiança Locatícia, Garantia Estendida, Perda de Renda; Maior Crescimento de Vendas – Fiança Locatícia, Perda de Renda;
Berkley Brasil: Liderança – RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – RC-D&O;
Argo Seguros: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – RC – Ambiental;
Munich RE: Melhor Desempenho (patrimônio líquido maior de R$ 500 milhões) – Resseguros;
Allianz Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Acidentes Pessoais, Aeronáuticos, RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – Aeronáuticos;
American Life: Maior Crescimento de Vendas – Auxílio Funeral;
Grupo Banco do Brasil e Mapfre: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Eventos Aleatórios; Liderança – Vida Individual e Eventos Aleatórios;
Sompo Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Riscos Nomeados e Operacionais, Transportes Nacionais; Liderança – Transportes Nacionais;

Demais premiados (avaliados pelo Comitê de Organização do Prêmio Segurador Brasil 2018):

Brasilprev: Empreendedor Brasil – Destaque do Mercado em Previdência Privada;
IRB Brasil RE: Empreendedor Brasil;
Alfa Seguradora: Destaque em Seguros Patrimoniais;
XL Seguros Brasil: Excelência em Soluções de Seguros;
GBOEX: Destaque do Mercado, 105 Anos – Segmento EAPPS;
Previsul Seguradora: Destaque Comercial e Marketing 10 (Campanha de Marketing 2017);
Tokio Marine: Grande Destaque do Mercado de Seguros;
MetLife: Mérito na Prestação de Serviços – Portal Corretor;
Sancor Seguros: Empreendedor Brasil – Seguros Empresariais, Pessoais e Agropecuários;
Grupo Negrini: Mérito na Prestação de Serviços de Controle e Gestão para o Mercado Segurador;
Paso Treinamento: Mérito em Treinamentos Corporativos;
Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos: Excelência na Prestação de Serviços Hospitalares;
Engeval: Mérito na Prestação de Serviços – Engenharia de Avaliações;
I4PRO: Empreendedor Brasil – Líder na Automação de Processos de Seguros;
Ikê Assistência: Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas;
SAS: Líder em Análise Avançada de Dados

Profissionais e Dirigentes (pessoas do mercado pela trajetória profissional):

Mauro César Batista: Destaque do Mercado/Dirigente de Seguros;
Alexandre Camillo: Profissional Corretor;
Andreia Araújo: Destaque de Seguros

*Com informações de Brasil Notícias, Diferencial Editoração, Literal Link, Oficina do Texto e IRB Brasil RE.

Seguro residencial pode custar menos que uma pizza no mês 3380

Coberturas vão muito além da proteção à casa

De acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) de 2016, menos de 20% dos lares brasileiros estão cobertos com apólices do seguro residencial. O técnico em informática Norton Steffrens possui o seu, com coberturas tradicionais, para preservar o seu apartamento em Canoas (RS) há alguns anos. O que ele não sabia é que este tipo de apólice pode possuir benefícios que vão muito além da proteção a sua casa, como o Mapfre Residencial Multiflex.

A dona de casa Viviane Modzeiski não tinha conhecimento que esta proteção pode custar o preço de uma pizza no mês, partindo de R$ 30 mensais. Já o zelador Benhur Castro complementa que teria contratado se o tivessem oferecido por considerar o custo-benefício muito interessante. “As pessoas ainda assimilam muito que fazer seguro é caro porque elas fazem uma comparação com seguro do veículo, que pode variar de dois a três mil reais para um automóvel que parte de 40 mil reais. Mas para uma residência de meio milhão, o seguro pode partir de 30 a 40 reais mensais até valores mais elevados dependendo das características da residência”, argumenta o gerente territorial de seguros gerais da Mapfre, Ivan Marcos dos Santos

O executivo conta que o Mapfre Residencial Multiflex consegue adaptar-se a várias necessidades, oferecendo, além das proteções habituais, outras complementares. Quebra de vidros extensivo para muros, pequenos danos ao entrar e sair da garagem e proteção especial para pessoas com mais de 60 anos ou portadores de necessidades especiais são algumas delas. “Nós nos preocupamos muito em oferecer coberturas diferenciadas para amparar nossos clientes”, afirma.

Miguel Junqueira Pereira: a lenda do seguro 3979

Líder do mercado segurador gaúcho completa 91 anos nesta terça-feira

Miguel Junqueira Pereira ao receber o título de “Amigo do Seguro”

Oficial da reserva do Exército Brasileiro, acadêmico da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP), administrador e por mais de três décadas membro do Conselho de Administração da Previdência do Sul (hoje a Previsul Seguradora). Miguel Junqueira Pereira sempre está no coração dos operadores do mercado gaúcho de seguros e completa 91 anos de vida nesta terça-feira (10).

Junqueira revelou que decidiu migrar para o ramo através do GBOEX, nos anos 1970. Entre 1986 e 2010, ocupou o posto de presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), onde até os dias de hoje é lembrado como “presidente de honra”.

Junqueira e Júlio
Júlio Cesar Rosa e Miguel Junqueira Pereira na inauguração da nova sede do Sindseg/RS

Os quase 50 anos de carreira acumularam diversos cargos, inclusive, em âmbito internacional. Junqueira coordenou o Comitê Brasileiro do Mercoseguros, foi presidente do Conselho de Representantes do Convênio de Seguro DPVAT, membro nato da Diretoria e Conselho Consultivo da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenaSeg) e vice-presidente da Escola Nacional de Seguros. Uma trajetória honrosa, que inspira todos Brasil afora.

Relembrar é viver. E, muitas vezes, a redação de JRS consulta a fala de Miguel Junqueira Pereira. Independente do tempo em que seus artigos, colunas ou entrevistas tenham sido publicados, a fala desta verdadeira lenda do mercado de seguros sempre é atual.

“Nosso sistema de representação política, por uma necessidade de sustentação, alimenta o pecado fundamental desenhado pelo fato do discurso exaltar só qualidades e virtudes da sociedade brasileira”, disse Junqueira em editorial da revista do Sindseg/RS em 2007.

“Nossas vaidades impedem que aceitemos nossos defeitos; (…) nós que somos os responsáveis por tudo que acontece ou deixa de acontecer. Somos simultaneamente autores e vítimas”, segue a fala do líder sindical. “É preciso abandonar o hábito de lançar a culpa em terceiros. O diagnóstico atual não revela toda a verdade, mas a culpa é nossa”, explicou.

Carinho do mercado com Junqueira
O carinho dos operadores do mercado com Junqueira

Miguel Junqueira Pereira intitula uma das categorias do Troféu JRS, realizado anualmente, no mês de outubro. Confira a fala realizada na 13ª edição, em 2015.

Clube da Pedrinha (RS) elege nova diretoria 3479

Entidade promoveu eleições na noite desta segunda (09)

Os membros do Clube da Pedrinha em Seguros do Rio Grande do Sul escolheram Ana Maria Pinto, Assessora de Marketing e Comunicação do GBOEX, como a nova presidente da entidade. A decisão foi anunciada por aclamação nesta segunda-feira (09), no encontro mensal da confraria, realizado no Restaurante Casa do Marquês, em Porto Alegre (RS).

“Para o Clube existir, temos alguns compromissos. Estou comprometida com todos os processos e pronta para assumir esta nova etapa, agradecendo a tudo que o presidente Coelho fez até então”, destacou a presidente Ana Maria Pinto.

O tradicional encontro contou com a presença de figuras ilustres, como Jane Manssur, coordenadora da Escola Nacional de Seguros no Rio Grande do Sul. Segundo Jane, o momento é de união para fomentar um novo momento no mercado gaúcho de seguros.

“O Clube da Pedrinha reúne diversos executivos com um objetivo em comum: conciliar, encantar e trazer nossas experiências e vivências para melhorar nosso mercado”, disse a vice-presidente Yara Bolina.

Conheça os novos diretores do Clube da Pedrinha: 

Presidente: Ana Maria Pinto
Vice-Presidente e Responsável Social – Yara Bolina
Secretária: Andreia Alves
Diretora Jurídica: Suelen Farias e diretor-adjunto Luis Felipe.
Diretora Financeira: Luciane Rodrigues
Diretora Social: Ana Paula Netto
Diretora de Marketing: Eliane Freitas e diretora-adjunta Nivea Lopes
Diretores de Relações com o Mercado: Giovani Menger e diretor-adjunto Fernando Menezes.
Diretores Extensão Interior: Jari Rohde e diretora-adjunta Estela Formiga​

Confira todas as imagens:

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+