Bradesco Seguros promove workshop no Paraná 193

Encontro difundiu motivação, dicas e estratégias

Superintendentes de sucursais e gerentes comerciais da Bradesco Seguros participaram na última quarta, dia 11 de maio, de um workshop que abordou diversos temas importantes para o alinhamento de posicionamento no mercado de seguros. O encontro, realizado no Hotel Ramada, em Curitiba (PR), reuniu aproximadamente 80 pessoas.

Anderson Fabiano Mundim Martins foi quem realizou a apresentação da Superintendência Executiva. “Essa reunião de planejamento com superintendentes e gerentes dos três estados da Região Sul serviu principalmente para buscar um melhor atendimento junto aos corretores de seguros”, disse Mundim. O superintendente executivo ainda alerta que o corretor de seguros dará preferência para quem oferece o melhor atendimento, relacionamento e fundamentalmente bons produtos.

Uma palestra motivacional com Juliana Tecchio abriu os trabalhos no horário da tarde. Na sequência, Claudio Franco apresentou dicas e sugestões de algumas praças no ramo de consórcios. O dia foi complementado por José Luiz, com dicas estratégicas sobre benefícios de vida. Saúde e dental teve a apresentação de Patrícia Campos.

Os painéis ainda demonstraram sintonia e regras para os corretores exclusivos do Bradesco Empresas, previdência corporativa e fundos fechados. O Auto/RE também foi destaque, além de dicas operacionais apresentadas por Tania Rossi e Marcia Thom. Leonardo Freitas encerrou destacando a SUPEX. O workshop terminou com confraternização na Pizzaria Paulista, também em Curitiba.

Confira as imagens cedidas pela Bradesco Seguros:

Bradesco Seguros promove workshop no Paraná

Startup conecta o mercado de seguros e fatura R$ 1,8 milhão 733

Destaque no PEGN, Segfy quer ser o Airbnb desse mercado

Leonardo Mack é CEO da Segfy
Leonardo Mack é CEO da Segfy

“Assim como a Airbnb é a maior rede hoteleira sem ter nenhum hotel, nós queremos ser a maior empresa de agenciamento de seguros sem ter nenhum corretor contratado por nós”, afirma o CEO, Leonardo Mack, ao Pequenas Empresas, Grandes Negócios. Desde que assumiu os negócios antes liderados pelo seu pai, em 2014, Mack vem promovendo grandes transformações.

Mudou o nome (que antes era Villa IT) e ampliou os serviços oferecidos pela plataforma, que passou de um gerenciador para corretores de seguros a um pacote mais completo de gestão. O faturamento começou a crescer 40% ao ano e faturou R$ 1,8 milhão em 2017.

São mais de 700 corretores de seguros, pagando um tíquete médio de R$ 252 para usar as ferramentas da plataforma, e 455 mil usuários impactados.

Agora a Segfy se prepara para dar um passo ainda mais ambicioso. “Estamos concluindo a fusão com as empresas de tecnologia Cotak e Leosoft Multicálculo com o objetivo de construir o maior ecossistema de empresas de tech no setor”, anuncia Mack.

Com a estratégia, o faturamento deve alcançar os R$ 8 milhões, com mais de 5 mil assinantes. “O corretor de seguro é uma figura muito importante, mas é solitário. Nós costumamos dizer que esse mercado é um exército enorme sem comandante. Nós entramos para assumir o comando”, afirma Mack.

Digite “seguro para automóvel” no Google e é bem possível que você seja direcionado para uma das páginas da Segfy, startup de Curitiba (PR) que oferece automação e inteligência para conectar corretores de seguro, seguradoras e segurados.

Ainda não é o fim do corretor de seguros 731

Corretor de Seguros

Como o principal canal de distribuição de seguros vai sobreviver aos avanços tecnológicos?

Essa é uma pergunta que vem tirando o sono dos corretores de seguros que observam a chegada das insurtechs com desconfiança.

Desde a criação da primeira empresa seguradora no Brasil em 1808, o mercado segurador brasileiro, passou por diversas transformações e a figura do corretor sempre foi fundamental no entendimento das necessidades dos clientes, proporcionando ao segurado as melhores opções do mercado de acordo com o seu perfil, ajudando as seguradoras no combate às fraudes e trazendo informações relevantes para lançamento de novos produtos pelas companhias.

Com a evolução da tecnologia, vieram os grandes desafios do setor como a mudança nos hábitos digitais dos consumidores, Big Data e machine learning, realizando tarefas automáticas como cálculos de prêmio e cotações, avaliação sofisticada da base de dados de referência e perfil dos segurados, dispensando tecnicamente em muitos casos a figura do corretor.

A tecnologia segundo muitos especialistas, também será responsável pela queda substancial do volume de prêmios em alguns segmentos como o seguro tradicional de automóveis que de acordo com o relatório AON de 2017, deve registrar queda em mais de 40% no volume de prêmios entre 2015 e 2050, quando veículos autônomos deverão estar totalmente desenvolvidos nos principais mercados.

Diante desta ruptura na maneira de se relacionar com o consumidor, precificar o risco e distribuir o seguro, o corretor deverá buscar cada vez mais capacitação e se reinventar como consultor especializado, agregando cada vez mais valor ao processo, decifrando como Cloud Computing, Big Data, realidade aumentada, inteligência artificial, aplicativos e internet das coisas, podem ser grandes aliados no seu papel de comercializar seguros com mais eficiência, qualidade no relacionamento e transparência junto ao segurado.

Sobreviverão aqueles que entenderem que a tecnologia não é inimiga e que a revolução digital que já começou a impactar o setor, deverá ser compreendida e adaptada no cotidiano do novo corretor de seguros que continuará a ser peça estratégica na nova engrenagem da indústria de seguros.

*Rodrigo Afonso Ferreira é sócio-diretor da corretora Infinity Finanças e membro MDRT.

JRS acompanha 20º Transposul, em Bento Gonçalves (RS) 9196

Mercado de seguros marca presença na feira

No final de junho, foi realizada a 20ª edição da Transposul. O programa Seguro Sem Mistério, apresentado de forma inédita aos domingos, a partir das 11h30min, no Canal BahTV, acompanhou tudo de perto e traz todos os detalhes ao público.

Test Drive de caminhões, Feirão de Seminovos, Visitas Orientadas pelos stands, espaço Pit Stop Logístico e outras atrações rechearam a programação do encontro. O público-alvo são os profissionais de transportes de carga.

Representando o setor de seguros, o Grupo MBM, juntamente com a Promaster Corretora de Seguros, participam do evento. Entre os seguros expostos na feira, o destaque é o AP Caminhoneiro, que oferece ao motorista (e seu ajudante, se contratado) tranquilidade durante as viagens seguradas pelas apólices de RCTR-C, RCTA-C e Transporte Nacional. Fácil de ser contratado e altamente flexível.

Foi a primeira vez que o MBM participou do evento. Para o superintendente comercial do Grupo, Alexsander Kaufmann, a participação do MBM gerará maior visibilidade para a seguradora.

“Decidimos participar porque a feira é direcionada não somente para compradores de caminhões, mas para seus usuários/motoristas, corretores e públicos voltado ao segmento de transporte”, comenta. “A Transposul conta com stands de grandes corretoras e é muito bom fazer parte deste grande evento. Pretendemos voltar no próximo ano”, completa.

20º Transposul – Cobertura do JRS:

Brasesul conta com cobertura especial do JRS 2748

Confira a programação do maior evento de corretores no Sul do Brasil

Os Sindicatos dos Corretores de Seguros de Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná promovem, nos próximos dias 19 e 20 de julho, em Florianópolis (SC), a volta do Brasesul. O objetivo do evento é propiciar integração, troca de informações, conhecimento, atualização profissional e ainda fortalecer o relacionamento com as seguradoras.

Todos os momentos contam com cobertura especial do JRS, maior empresa de comunicação voltada ao mercado de seguros na região. A repercussão completa acontece no programa Seguro Sem Mistério, apresentado no Bah!TV do Rio Grande do Sul, na Revista JRS e nos demais veículos do grupo.

A organização do Brasesul acaba de divulgar a programação completa do encontro. Confira abaixo:

Quinta-feira / 19 de julho:

09:00 Abertura da secretaria – credenciamento
15:00 Abertura da Feira do Mercado Segurador
16:00 Tarde das Mulheres – Café/Palestra com Maria Helena Monteiro
18:30 Solenidade de Abertura
19:00 Palestra – “99,9% não é 100% Você Pode Mais”, com Marcos Scaldelai
20:30 Jantar e show com a Banda Dazaranha – Patrocínio HDI Seguros

Feira do mercado segurador
15:00 Inicio Feira do Mercado Segurador
22:00 Encerramento Feira do Mercado Segurador

Sexta-feira / 20 de julho:

08:30 Abertura da secretaria
09:00 Palestra Realidade e Perspectiva do Setor de Seguros no Brasil, com Armando Vergílio dos Santos
09:30 Painel – Dirigentes de Seguradoras e Corretores de Seguros
11:30 Palestra sobre Sucessão nas Empresas com o consultor Gustavo Sette
12:30 Almoço – Patrocínio Allianz Seguros
14:00 Palestra Internacional com Joe Jordan – Patrocínio Porto Seguro, com “Tradução Simultânea”
15:30 Palestra – Inovação e Criatividade na Era Digital, com Martha Gabriel
17:00 Educação Continuada Funenseg com Robert Bittar, Mario Pinto e Maria Helena Monteiro
17:45 Palestra – Tempo de Oportunidades – “Criando defensores de sua marca e do seu negócio” com conferencista Gilclér Regina
19:00 Atividades no Espaço do Mercado Segurador
21:30 Jantar de encerramento com mini Oktoberfest – Patrocínio Bradesco Seguros Bandas: Velhos Camaradas e Tropical Band
Sorteio dos 3 carros (participarão do sorteio final dos carros, os contemplados com as chaves sorteadas durante as palestras e painéis)

Feira do mercado segurador
10:00 Inicio Feira do Mercado Segurador
22:00 Encerramento Feira do Mercado Segurador

Chubb inova na distribuição de seguros com uso de ferramentas digitais 2817

Touch

Companhia aposta na parceria com corretores, startups e insurtechs

Depois de investir em uma área voltada exclusivamente para ferramentas digitais, a Chubb, uma das maiores seguradoras do mundo, passou a realizar no Brasil lançamentos de seguros por afinidade que se destacam pelo alto nível da tecnologia utilizada.

“As iniciativas estão sendo feitas em parceria com corretores de seguros, startups, insurtechs e organizações de diferentes setores”, diz Laercio Cerboncini, responsável pela área digital da Chubb no Brasil.

Laercio conta que a área digital da Chubb, de alcance global, tem sido fundamental para viabilizar esses novos lançamentos. “Além de conhecimentos aprofundados na distribuição pelos canais digitais, a seguradora hoje conta com uma equipe especializada em ferramentas de alta performance. Assim, entre outras ações, a companhia está interagindo de forma proativa com os especialistas das insurtechs, startups e outras organizações com as quais consolidamos parcerias no setor de afinidades, a fim de implantar uma série de inovações”, ressalta.

Um dos lançamentos mais recentes foi feito em conjunto com a Zul Digital, startup do segmento de mobilidade urbana e líder entre os aplicativos de Zona Azul Digital na cidade de São Paulo. A iniciativa permite que o consumidor realize a contratação de cada produto da Chubb com agilidade diferenciada a partir de um aplicativo inédito desenvolvido pela Zul. “O sistema admite qualquer forma de pagamento, entre cartões de crédito, débito, transferência bancária, boleto e ainda o novo sistema Apple Pay, para a plataforma iOS”, conta Laercio.

De acordo com o executivo, dois seguros foram disponibilizados com base no novo recurso e podem ser facilmente acessados por celulares, computadores desktop e tablets. O primeiro deles cobre roubo ou furto qualificado de bolsas, mochilas e pastas, bem como seu conteúdo, enquanto o segundo seguro cobre roubo ou furto qualificado de bens deixados no interior do veículo.

Outro lançamento recente foi feito em conjunto com a ToGarantido, insurtech brasileira especializada na oferta de seguros inclusivos. “O sistema de distribuição desses produtos, também diferenciado, torna possível uma rápida contratação de forma online e por celular, com auxílio de chatbot para interação – que é uma novidade no mercado”, salienta Cerboncini. Nessa iniciativa, a Chubb disponibilizou proteções que oferecem apoio financeiro nos casos de internação hospitalar, diagnóstico de doenças graves e outras situações de perda de saúde, enquanto a TôGarantido disponibilizou acesso a serviços médicos e laboratoriais a preços populares e outros benefícios.

Laercio diz que a Chubb está trabalhando em parceria com corretores de seguros para entregar outros programas com ferramentas digitais inovadoras. Nessas iniciativas, ele conta que, em geral, o corretor primeiramente identifica uma ou mais organizações que apresentam perfil para distribuir proteções no setor de afinidades como sponsor, em conjunto com um parceiro de seguro. “Na sequência, ele participa do desenvolvimento, implantação e administração do programa em conjunto com a seguradora”, explica. Segundo ele, muitas vezes, a companhia fica responsável pela subscrição, conformidade legal, atendimento ao cliente, gerenciamento de reclamações, técnicas de cross-sell e upsell, gerenciamento de dados, análise e várias outras tarefas. “Por ser capaz de se responsabilizar por todas as etapas do programa, a Chubb tem firmado parceria com corretores de seguros dos mais variados portes”, finaliza.