Gestão de ativos e passivos é fundamental para carteiras de previdência 184

Escola Nacional de Seguros promoveu Workshop na Unidade Porto Alegre

O termo pode ser desconhecido, mas as aplicações em Asset Liability Management são fundamentais para a gestão de carteiras com foco nos desencontros existentes entre ativos e passivos. Com este pressuposto, a Unidade Porto Alegre da Escola Nacional de Seguros reuniu um público seleto em seu auditório para o workshop que analisou a aplicação do ALM em planos de previdência complementar.

Um time especializado participou do evento que foi apresentado por Claudio Contador, diretor do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES). Cesar da Rocha Neves, responsável pelo departamento de Ciências Atuariais da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) também participou do evento onde fez colocações pontuais sobre o tema.

Em entrevista ao Seguros Sem Mistério, o professor da PUC-Rio Davi Valladão, ressaltou a importância da discussão deste tema e que tratar sua complexidade de forma detalhada.

“É garantir o benefício de todos para agora e para o futuro”, detalhou ao destacar a importância de palestras mais técnicas aos novos profissionais do mercado.

Já o analista técnico da Superintendência de Seguros Privados Thiago Barata Duarte classificou como fundamental a gestão de ativos e passivos para melhor gestão de carteiras. Um dos destaques foi a presença do atuário Sérgio Rangel, que acompanhou atentamente os trabalhos.

Escola Nacional de Seguros - 16.05.2016

Antônio Prado (RS) recebe visitantes de braços abertos na Noite Italiana 2333

GilsonBochernitsaneJúlia

38ª edição do evento acontece nos dias 18 e 25 de agosto

Desde 1980, a Noite Italiana de Antônio Prado (RS) é um dos eventos mais aguardados pelos amantes da cultura italiana no Brasil. A cidade possui cenários encantadores e recebe milhares de visitantes nos dias 18 e 25 de agosto, no Centro de Eventos do município, localizado na Serra Gaúcha.

Na última edição, mais de 4 mil participantes apreciaram o melhor da culinária e do vinho da Itália. Quem marcou presença na última edição foi a Generali, representada por Nery Silva, head da companhia na América Latina; Rafael Alquati, diretor da Região Sul; e Fabrício Porto, gerente da filial Porto Alegre. Os profissionais foram recepcionados pelo CEO da Solaris Corretora de Seguros, Laureano Fortuna, e sua equipe.

Mercado segurador em peso na cidade de Antônio Prado

O mercado segurador prestigiou em peso a última edição da Noite Italiana. Gilson Bochernitsan, diretor regional da SulAmérica; Waldecyr Schilling, diretor Região Sul da Zurich Seguros; e o casal Clovis e Joyce Della Flora, do Grupo Autosul, também prestigiaram a ação.

Belfaactus Seguros brinda 25 anos de sucesso 3563

Uma das maiores corretoras do RS reuniu mercado segurador em noite especial

Na última sexta-feira, uma das maiores corretoras de seguros do Rio Grande do Sul, a Belfaactus Seguros, comemorou o sucesso de 25 anos de existência. Os diretores Paulo Fürst e Lauro Brum receberam mais de cem convidados, entre eles, homenagens dos executivos da Previsul, HDI, Chubb, Mapfre, Bradesco, Sura, Generali, Sancor, Mitsui, Sompo, Liberty e Allianz.

A empresa, da cidade de Santa Cruz do Sul, administra 14 mil itens em Ramos Elementares e 180 mil segurados no segmento Vida. “Nesses 25 anos, todas as decisões tomadas dentro da corretora foram assertivas. Nessa caminha longa nós formamos uma grande família, composta pelos funcionários, parceiros, seguradoras e pelos clientes”, destacou Lauro Brum.

No início, a corretora começou com uma seguradora e, hoje, conta com mais 35 companhias parceiras, lembra Paulo Fürst. “Hoje reunimos uma série de profissionais e mostramos que todos juntos somos mais fortes”, afirmou. “Nosso segredo é muito trabalho e dedicação, é uma família que mostra a sua união em prol dos clientes todos os dias”, acrescentou.

Confira todas as imagens – 25 anos da Belfaactus Seguros:

Questões estratégicas em debate no 7º Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro 3888

7º Encontro Resseguro do Rio de Janeiro

Painéis contemplaram aspectos políticos, técnicos e regulatórios do setor

A sétima edição do Encontro de Resseguro do Rio de Janeiro expôs ao mercado brasileiro questões técnicas, políticas e econômicas de alto nível. Considerado o melhor congresso internacional do Brasil, o evento apresentou uma visão crítica sobre o cenário jurídico e institucional do País em palestra com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso. Outro painel sobre renovação política complementou a participação de Barroso.

Marcelo Barreto Leal
Marcelo Barreto Leal é presidente da Comissão Especial de Seguros e Previdência Complementar da OAB/RS.

“O grande desafio é que a indústria de seguro se fortaleça através das operações de resseguro. Isso é muito positivo para o País e para o mercado, pois torna a economia sólida. O seguro é um fomentador e organizador da economia e a ascensão das resseguradoras, que estão em constante crescimento, garante a solvência e sobretudo a credibilidade que dá a vivência ao setor como um todo”, analisou Marcelo Barreto Leal, presidente da Comissão Especial de Seguros e Previdência Complementar da OAB/RS.

Inovação e tendências de mercado nortearam os painéis, realizados entre os dias 10 e 11 de abril. Além disso, os aspectos das coberturas, riscos e regulação de sinistros cyber foram amplamente abordados, bem como o ambiente para desenvolvimento das insurtechs.

“É importante abordar este grande nicho do resseguro. Nossa presença no evento vem de encontro às necessidades contantes de agregar conhecimento, com enfoque em tecnologia para a promoção de soluções e prestação de serviços para as companhias do mercado”, disse Eduardo Della Giustina, CEO da Expermed.

Realizado pela Federação Nacional das Empresas de Resseguros (Fenaber), com apoio institucional da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) e da Escola Nacional de Seguros, o congresso ainda apresentou os impactos das recentes alterações regulatórias, além das mudanças climáticas e do seguro agrícola. Os ramos de saúde suplementar e D&O também ganharam visibilidade neste grande debate de temas estratégicos para o desenvolvimento do setor como um todo. Foram, ao todo, mais de 700 operadores atentos às discussões.

Com mais de uma década de atuação no mercado de resseguros, Isabel Solano, diretora de subscrição internacional do IRB Brasil RE, contou que se sentiu prestigiada ao ser convidada para participar do evento. Isabel foi palestrante na mesa-redonda com o tema “Internacionalização e Competitividade do Resseguro Brasileiro na América Latina”.

“Temos uma história de aprendizado para contar em termos de desenvolvimento de produtos e de subscrição, mas que ainda está se construindo. O maior ressegurador brasileiro está com mais foco em sua trajetória na América Latina e esses momentos de troca de experiência são fundamentais para trilharmos um caminho de sucesso”, acredita Isabel.

O IRB patrocinou o Encontro de Resseguros do Rio de Janeiro pelo 4º ano consecutivo e também participou dos painéis técnicos “Mudanças Climáticas e o Seguro Agrícola”, com o executivo Miguel Almeida, gerente de riscos rurais, e “Transações Estruturadas em Resseguro”, com Daniel Veiga, diretor de subscrição specialties.

Corretores de resseguros apostam na recuperação da economia

Segundo a Associação Brasileira das Empresas de Corretagem de Resseguros (ABECOR-SE), está em alta a confiança dos corretores de resseguros quanto a economia brasileira. 73% dos participantes de uma pesquisa com as principais empresas que atuam neste mercado acreditam que a economia deve melhorar no próximo semestre. No entanto, a maioria dos consultados (64%), pensa que o faturamento do setor deve permanecer a mesmo.

A incerteza sobe quando o assunto é a rentabilidade. Apenas 27% acredita que os índices devem melhorar. O mesmo percentual é dos operadores que estimam uma piora neste cenário. O restante (45%), projeta que os números serão iguais.

“Pelos resultados obtidos, nos próximos seis meses, o negócio com maior possibilidade de desenvolvimento é o segmento de transportes, segundo a opinião das próprias corretoras de resseguro”, informa o estudo assinado pelo consultor econômico Francisco Galiza.

Termômetro do mercado brasileiro de seguros 3810

Prêmio Segurador Brasil reconheceu principais executivos, empresas e prestadores de serviços do ano

A Revista Segurador Brasil promoveu, no último dia 5 de abril, a 15ª edição do Prêmio Segurador Brasil. A iniciativa serve como termômetro para os principais executivos, empresas e prestadores de serviços no ano de 2018. O evento foi realizado em São Paulo (SP) com 350 convidados.

Um dos destaques foi a Previsul Seguradora, que recebeu os prêmios Melhor Desempenho e Liderança em crédito interno. A companhia também foi premiada como Destaque comercial, Destaque de Seguros, pela atuação da diretora de Negócios, Andreia Araújo e, pelo terceiro ano consecutivo, levou o prêmio Marketing 10, desta vez com o case da campanha de marketing 2017.

PrevisulSeguradora
As premiações da Previsul Seguradora / Reprodução

“Estamos aprimorando uma série de processos e produtos, principalmente nos aspectos de tecnologia, inovação e excelência em atendimento, tendo por foco os corretores de seguro e segurados, com o objetivo de posicionar a Previsul entre as maiores seguradoras do mercado e a seguradora digital do corretor. Também trabalhamos muito para proporcionar um ambiente de trabalho leve para os nossos colaboradores, que estimule o aprendizado e trabalho em equipe para que, juntos, possamos conquistar mais prêmios como estes”, afirma Andreia, que recebeu o prêmio de destaque de seguros.

“Ao longo destes 18 anos na Previsul, tenho trabalhado sempre focada na busca da excelência no atendimento ao corretor de seguros, contando com uma equipe extremamente engajada e comprometida, o que nos assegura os excelentes resultados, sobretudo nos últimos dois anos”, diz.

A Bradesco Seguros também conquistou cinco troféus, nas categorias Melhor Desempenho em Auxílio Funeral – Grupo Bradesco Seguros; Melhor Desempenho Global (faturamento acima de R$ 2,5 bilhões) – Bradesco Capitalização; Melhor Desempenho no Ramo Habitacional – Bradesco Seguros; Melhor Evolução Global – Market share – Bradesco Capitalização; e Melhor Desempenho no Ramo Lucros Cessantes – Bradesco Seguros.

O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação
O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação / Divulgação

Outro destaque foi para a Seguros SURA, reconhecida com o Melhor Desempenho no segmento de Transportes Nacionais. A premiação nesta categoria contempla conglomerados de até R$ 2,5 bilhões e os critérios de avaliação foram definidos pela Silcon Estudos Econômicos, empresa especializada em economia corporativa.

“Nos orgulhamos deste importante reconhecimento no segmento de transportes, um dos mais importantes para nossa Companhia. O prêmio reforça nosso comprometimento em desenvolver soluções completas e customizadas, com custo competitivo e serviços diferenciados”, afirma Amilcar Spencer, Superintendente de Transportes da Seguros SURA.

Na semana em que comemorou o 79º aniversário, o IRB Brasil também foi reconhecido na categoria especial Empreendedor Brasil, que reconhece ações pioneiras, liderança e empreendedorismo. Para representar a empresa, estiveram presentes Lucia Valle, vice-presidente de Riscos e Compliance; André Guidetti, gerente de Riscos de Engenharia; e Lucas Mello, gerente de Gestão de Clientes .

Segundo a organização do Prêmio Segurador Brasil, a companhia exerceu papel relevante para o crescimento do país e se tornou uma das 10 maiores resseguradoras do mundo em quase 80 anos de atividades.

“2017 ficou marcado em nossa história e esta ocasião só vem coroar para o mercado o momento positivo vivido pelo IRB, mesmo diante de um cenário político e econômico desafiador. No ano passado, realizamos um IPO de sucesso com uma estratégia assertiva de negócios e nos tornamos uma das dez maiores resseguradoras do mundo”, aponta Lucia Valle.

Entre Entidades Abertas de Previdência Privada Sem Fins Lucrativos (EAPPs), o grande destaque foi o GBOEX. A empresa é Destaque de Mercado e comemora no próximo mês 105 anos de atividades.

Recentemente, o GBOEX também foi novamente reconhecido com o Troféu Top Life Brasil. A homenagem, concedida pelo Grupo Life Brasil, corretora de seguros de vida parceira da empresa, aconteceu em jantar de gala no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis (SC).

Destaque do Mercado em Previdência Privada, a Brasilprev também foi reconhecida pela categoria especial Empreendedor Brasil. Líder do setor, a empresa obteve lucro líquido ajustado de R$ 1,09 bilhão e faz a gestão de mais de R$ 236 bilhões em ativos no ano passado.

Já a Ikê Assistência Brasil foi destaque na categoria Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas. Recentemente a companhia entrou para o clube do Top+América, prêmio organizado pela revista El Economista, do México, que reconhece o esforço das empresas que trabalham para criar e manter uma cultura organizacional em toda América Latina. Além disso, a empresa também recebeu o selo Great Place to Work (GPTW).

Divulgação Ikê Assistência
Divulgação

“Estes prêmios mostram que a Ikê está no caminho certo para criar um ambiente de trabalho saudável que se reflete no atendimento que oferecemos a nossos clientes”, diz Marusia Gomez, CEO da Ikê no Brasil.

Outro destaque relevante foi a homenagem a Mauro César Batista, homenageado como destaque e dirigente do seguro. Batista tem uma longa trajetória profissional. Presidente do Sindicato das Seguradoras de São Paulo (Sindseg-SP), atualmente é membro de um dos Conselhos do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre; membro do Conselho de Administração da Escola Nacional de Seguros, do Conselho de Representantes da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenaseg) e do Conselho Superior da Confederação Nacional de Seguros (CNseg).

Confira as empresas classificadas e as respectivas categorias do Prêmio Segurador Brasil:

Equatorial Microsseguros: Pioneirismo e Empreendedorismo e Melhores Desempenhos (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Seguradora;
ALM Seguradora: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Seguradora;
Previsul Seguradora: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Liderança – Crédito Interno;
Bradesco Seguros: Melhor Desempenho Global (acima de R$ 2,5 bilhões) e Melhor Evolução Global (market share) – Capitalização; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Auxílio Funeral, Habitacional, Lucros Cessantes; Liderança (evolução do market share 2016/2017) – Habitacional;
Tokio Marine: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Automóvel, RC-D&O, RC-Geral, Transportes Internacionais, Vida Individual; Liderança – Automóveis, RC-Geral e Transportes Internacionais; Maior Crescimento de Vendas – Riscos de Petróleo;
Seguros SURA: Melhor Desempenho (abaixo R$ 2,5 bilhões) – Transportes Nacionais;
SulAmérica: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – Condomínio;
Pottencial: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Garantia;
Porto Seguro: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Empresarial, Perda de Renda, RC/RCF Ônibus; Liderança – Empresarial; Maior Crescimento de Vendas – RC/RCF Ônibus;
Liberty Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Educacional; Melhor Desempenho (acima de 2,5 bilhões) e Liderança – Marítimos; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – RC Ambiental e Riscos Rurais;
Icatu Seguros: Maior Crescimento de Vendas – Doenças Graves e Terminais;
Fairfax: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Riscos Aeronáuticos;
BNP Paribas Cardif do Brasil: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Perda de Renda; Liderança – Fiança Locatícia, Garantia Estendida, Perda de Renda; Maior Crescimento de Vendas – Fiança Locatícia, Perda de Renda;
Berkley Brasil: Liderança – RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – RC-D&O;
Argo Seguros: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – RC – Ambiental;
Munich RE: Melhor Desempenho (patrimônio líquido maior de R$ 500 milhões) – Resseguros;
Allianz Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Acidentes Pessoais, Aeronáuticos, RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – Aeronáuticos;
American Life: Maior Crescimento de Vendas – Auxílio Funeral;
Grupo Banco do Brasil e Mapfre: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Eventos Aleatórios; Liderança – Vida Individual e Eventos Aleatórios;
Sompo Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Riscos Nomeados e Operacionais, Transportes Nacionais; Liderança – Transportes Nacionais;

Demais premiados (avaliados pelo Comitê de Organização do Prêmio Segurador Brasil 2018):

Brasilprev: Empreendedor Brasil – Destaque do Mercado em Previdência Privada;
IRB Brasil RE: Empreendedor Brasil;
Alfa Seguradora: Destaque em Seguros Patrimoniais;
XL Seguros Brasil: Excelência em Soluções de Seguros;
GBOEX: Destaque do Mercado, 105 Anos – Segmento EAPPS;
Previsul Seguradora: Destaque Comercial e Marketing 10 (Campanha de Marketing 2017);
Tokio Marine: Grande Destaque do Mercado de Seguros;
MetLife: Mérito na Prestação de Serviços – Portal Corretor;
Sancor Seguros: Empreendedor Brasil – Seguros Empresariais, Pessoais e Agropecuários;
Grupo Negrini: Mérito na Prestação de Serviços de Controle e Gestão para o Mercado Segurador;
Paso Treinamento: Mérito em Treinamentos Corporativos;
Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos: Excelência na Prestação de Serviços Hospitalares;
Engeval: Mérito na Prestação de Serviços – Engenharia de Avaliações;
I4PRO: Empreendedor Brasil – Líder na Automação de Processos de Seguros;
Ikê Assistência: Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas;
SAS: Líder em Análise Avançada de Dados

Profissionais e Dirigentes (pessoas do mercado pela trajetória profissional):

Mauro César Batista: Destaque do Mercado/Dirigente de Seguros;
Alexandre Camillo: Profissional Corretor;
Andreia Araújo: Destaque de Seguros

*Com informações de Brasil Notícias, Diferencial Editoração, Literal Link, Oficina do Texto e IRB Brasil RE.

Miguel Junqueira Pereira: a lenda do seguro 3978

Líder do mercado segurador gaúcho completa 91 anos nesta terça-feira

Miguel Junqueira Pereira ao receber o título de “Amigo do Seguro”

Oficial da reserva do Exército Brasileiro, acadêmico da Academia Nacional de Seguros e Previdência (ANSP), administrador e por mais de três décadas membro do Conselho de Administração da Previdência do Sul (hoje a Previsul Seguradora). Miguel Junqueira Pereira sempre está no coração dos operadores do mercado gaúcho de seguros e completa 91 anos de vida nesta terça-feira (10).

Junqueira revelou que decidiu migrar para o ramo através do GBOEX, nos anos 1970. Entre 1986 e 2010, ocupou o posto de presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), onde até os dias de hoje é lembrado como “presidente de honra”.

Junqueira e Júlio
Júlio Cesar Rosa e Miguel Junqueira Pereira na inauguração da nova sede do Sindseg/RS

Os quase 50 anos de carreira acumularam diversos cargos, inclusive, em âmbito internacional. Junqueira coordenou o Comitê Brasileiro do Mercoseguros, foi presidente do Conselho de Representantes do Convênio de Seguro DPVAT, membro nato da Diretoria e Conselho Consultivo da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenaSeg) e vice-presidente da Escola Nacional de Seguros. Uma trajetória honrosa, que inspira todos Brasil afora.

Relembrar é viver. E, muitas vezes, a redação de JRS consulta a fala de Miguel Junqueira Pereira. Independente do tempo em que seus artigos, colunas ou entrevistas tenham sido publicados, a fala desta verdadeira lenda do mercado de seguros sempre é atual.

“Nosso sistema de representação política, por uma necessidade de sustentação, alimenta o pecado fundamental desenhado pelo fato do discurso exaltar só qualidades e virtudes da sociedade brasileira”, disse Junqueira em editorial da revista do Sindseg/RS em 2007.

“Nossas vaidades impedem que aceitemos nossos defeitos; (…) nós que somos os responsáveis por tudo que acontece ou deixa de acontecer. Somos simultaneamente autores e vítimas”, segue a fala do líder sindical. “É preciso abandonar o hábito de lançar a culpa em terceiros. O diagnóstico atual não revela toda a verdade, mas a culpa é nossa”, explicou.

Carinho do mercado com Junqueira
O carinho dos operadores do mercado com Junqueira

Miguel Junqueira Pereira intitula uma das categorias do Troféu JRS, realizado anualmente, no mês de outubro. Confira a fala realizada na 13ª edição, em 2015.

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+