Sompo Seguros promove ação especial para produto Vida 2487

Companhia reuniu parceiros de negócios na manhã desta quinta-feira, em Porto Alegre (RS)

A Sompo Seguros realizou na manhã desta quinta-feira (09), uma ação especial junto aos Corretores de Seguros parceiros da companhia, no Paris 6 de Porto Alegre (RS). Na oportunidade, foram apresentadas as novidades, vantagens e inovações do produto Vida da companhia.

O “Meu Evento Seguro” contou com a presenta de Renato Comarin, gerente comercial Rio Grande do Sul, da assessora comercial, Estela Formiga, e demais componentes da equipe local da seguradora.

Meu Evento Seguro – Todas as imagens

Venda do balcão de seguros da Caixa fica para depois 1449

Pesam, sobretudo, questões de compliance

Segundo a coluna Broadcast, do jornal O Estado de São Paulo, a venda do balcão de seguros da Caixa Econômica Federal deve demorar mais para ser concluída. A expectativa do banco público era terminar o negócio até o começo deste ano, para que o contrato com as novas sócias vigorasse a partir deste mês até dezembro de 2040. Até agora, porém, ainda não foi possível chegar nem perto disso. O próprio presidente da Caixa, Gilberto Occhi, admite que a data mais correta para a conclusão da operação é o primeiro semestre deste ano. Para dar prosseguimento às negociações é preciso, primeiramente, assinar o contrato com a francesa CNP Assurances para uma nova joint venture nas áreas de seguro de vida, prestamista (que garante o pagamento de prestações em financiamentos) e previdência. Estes segmentos não fazem parte da negociação envolvendo o balcão de seguros.

Após postergação anunciada no final do ano passado, uma nova rodada de negociações entre a Caixa Seguridade, holding que concentrará os negócios de seguros do banco, e a CNP estava prevista para essa semana. A expectativa, até aqui, era de que o novo contrato entre banco e francesa fosse assinado nesta, mas isso pode não acontecer.

Na prática, a venda do balcão de seguros da Caixa nunca foi vista como trivial. Depois de atrair 20 interessados para os outros ramos que não estão dentro do escopo de negociação com a CNP, as seguradoras, especialmente multinacionais, tentam obter aval de suas matrizes para seguir adiante no processo. Pesam, sobretudo, questões de compliance. Além de o negócio compreender cifras elevadas, joga contra ser sócio da Caixa em uma nova empresa em meio a investigações de casos de corrupção envolvendo o próprio banco e alguns de seus dirigentes. Procurada, a seguradora da Caixa não comentou.

Dada a largada no #VerãoSuperSeguro do JRS 3031

QG na praia de Rainha do Mar, em Xangri-lá (RS), recebeu ícones do mercado gaúcho de seguros

O último sábado foi de conhecimento puro no QG do JRS, na praia de Rainha do Mar, em Xangri-lá (RS). Guacir de Llano Bueno e Alberto Müller, respectivamente, presidente e vice-presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg-RS), marcaram presença junto as esposas Simone Nunes e Lívia Ferrari.

“A presença de figuras tão representativas para o mercado gaúcho de seguros efetiva, mais uma vez, o QG do JRS como destino certo dos seguradores e operadores do setor em mais uma temporada de veraneio”, comentou Jota Carvalho, diretor executivo do JRS.

“É sempre uma satisfação muito grande participar deste momento. O mercado de seguros vive de credibilidade, conte conosco no suporte das milhares operações em seguros que são realizadas diariamente”, comentou Bueno.

“As lideranças do mercado estão muito empolgadas com este novo ano, com os últimos resultados econômicos”, comentou Müller. O programa Seguro Sem Mistério é apresentado sempre aos domingos, nos canais 520 e 526 (em widescreen) da NET Rio Grande do Sul.

No próximo sábado (20), a equipe do JRS grava mais edições especiais da atração com os convidados da Previsul Seguradora.

Confira mais imagens – Sindseg/RS no QG do JRS no Litoral 2018

Pagamento de contribuição sindical é opcional com a reforma trabalhista 5085

Desconto só pode acontecer com permissão do trabalhador

Com as mudanças da reforma trabalhista, em vigor desde novembro do ano passado, o pagamento da contribuição sindical tornou-se opcional. Trabalhadores, profissionais liberais e autônomos não são mais obrigados a descontar um dia de trabalho por ano para o sindicato que representa sua categoria.

O débito tradicionalmente era realizado em abril, referente aos dias trabalhados em março. Agora, é preciso informar ao empregador de forma expressa para autorizar a cobrança na folha de pagamento.

Para empresas, o imposto sindical também era obrigatório, mas com uma forma de cálculo diferente. Ele era cobrado sempre em janeiro, com base no valor da empresa no ano anterior. É calculado um percentual sobre o valor da empresa para determinar a quantia a ser paga como imposto sindical. Esse percentual diminui conforme aumenta o valor da empresa – ou seja, proporcionalmente, quanto menor a empresa, mais imposto era pago.

“Com a aprovação da reforma trabalhista, pelo Senado, o imposto sindical obrigatório acabou”, disse o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, logo após a aprovação do texto. As mudanças tiveram a sanção do presidente Michel Temer, em julho de 2017.

Diretoria do Sincor-RS é empossada, em Porto Alegre 8022

Cerimônia aconteceu na noite desta quinta-feira (11)

O presidente reeleito do Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul (Sincor-RS), Ricardo Pansera, foi empossado juntamente a nova diretoria e delegados da entidade, na noite desta quinta-feira (11), em Porto Alegre (RS). A nova gestão segue até o dia 31 de dezembro de 2021.

O momento contou com a presença de figuras importantes do mercado gaúcho de seguros, o que demonstra a harmoniosa relação existente entre as diversas entidades representativas que atuam no Estado.

Diversas foram as vezes em que as memórias de Sérgio Petzhold, ícone do setor, foram homenageadas durante a cerimônia. “Com Corretor de Seguros é muito mais seguro!”, lembraram os presentes.

Destaque para as presenças de Armando Vergílio, presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros (Fenacor), e Gumercindo Rocha Filho, presidente do Ibracor.

Confira todas as imagens – Posse da diretoria do Sincor-RS

Icatu adquire Cardif Capitalização 3154

Operação ainda depende de aprovação pelos órgãos reguladores

A Icatu Seguros, líder entre as seguradoras independentes de Vida, Previdência e Capitalização e o BNP Paribas Cardif, número 1 no mundo em seguro de crédito, assinaram no dia 22 de dezembro, um contrato no qual a Icatu vai adquirir a totalidade dos ativos e as operações de Cardif Capitalização no Brasil.

A partir da aprovação da operação pelos órgãos reguladores, a Icatu assumirá as carteiras e a comercialização de capitalização da Cardif e passa a ser provedora exclusiva desses produtos para o BNP Paribas Cardif Brasil. A efetivação da operação ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e da Superintendência de Seguros Privado (SUSEP).

No segmento de Capitalização, a Cardif atua principalmente na modalidade de Incentivos e tem faturamento anual de R$ 85 milhões (2016). O acordo preserva as condições contratados pelos atuais parceiros e clientes, que continuarão a contar com os serviços.

Segundo Luciano Snel, presidente da Icatu Seguros, “nas áreas de atuação da Icatu, temos grandes planos de expansão. A Cardif Capitalizaçao é um ativo importante neste contexto. Houve grande sinergia e empatia entre as equipes, o que pode gerar ainda mais oportunidades para ambas empresas no futuro”.