Setor de seguros deve voltar a crescer na casa dos dois dígitos 3197

Estimativa é do presidente da Escola Nacional de Seguros

Robert Bittar, presidente da Escola Nacional de Seguros, acredita em rumos positivos para o setor de seguros com os fatos positivos no campo da economia brasileira. “Setor deve voltar a atingir o patamar de dois dígitos de crescimento com a retomada da economia”, salientou.

“O avanço do setor se dá pelo esforço de seus próprios atores e indicadores macroeconômicas. Independente deste cenário estar mais favorável ainda buscamos uma penetração maior entre a população. É preciso ainda produtos adequados à todas as faixas de renda”, destacou em entrevista ao programa Seguro Sem Mistério gravado durante o 20º Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros, realizado em outubro deste ano na cidade de Goiânia (GO).

Todo domingo, a partir das 11h30min, tem Seguro Sem Mistério nos canais 20 e 26 da NET Rio Grande do Sul.

Recife homenageou novos corretores e Amigas do Seguro 29

Evento reconheceu formandos do Curso para Habilitação de Corretores de Seguros e Curso de Iniciação ao Trabalho

A Escola Nacional de Seguros teve presença marcante na Festa do Mercado de Seguros de Pernambuco, realizada em Recife (PE), no final do ano passado. No tradicional evento, 48 alunos do Curso para Habilitação de Corretores de Seguros receberam seus certificados. Agora, eles estão aptos a exercer a profissão.

Na ocasião, também ocorreu a entrega da certificação anual das Amigas do Seguro, empresas que apoiam o programa de responsabilidade social Amigo do Seguro. A iniciativa capacita profissionalmente jovens de 16 a 20 anos, estudantes de escolas públicas.

As Amigas do Seguro contribuem na promoção do Curso de Iniciação ao Trabalho ou oferecendo oportunidade de estágio aos alunos. Ao final de cada ano, as empresas que mais adotam alunos ou absorvem estagiários recebem o selo da Certificação Anual. Em Recife, foram certificadas 28 empresas.

Durante a solenidade, que contou com a presença de cerca de 500 pessoas, entre corretores de seguros, executivos de seguradoras, alunos e familiares, e convidados, aconteceu, ainda, a posse do novo presidente do Sincor-PE, Carlos Alberto Valle. A ex-presidente, Claudia Cândido Diniz, foi homenageada pelos oito anos à frente do sindicato.

Curso para formação de corretores terá material didático 100% digitalizado 766

Estão abertas as inscrições para o Curso para Habilitação de Corretores de Capitalização, em 68 localidades

Acompanhando as tendências tecnológicas e sempre buscando formas de facilitar a rotina dos alunos, a Escola Nacional de Seguros está lançando novidades para o Curso para Habilitação de Corretores em 2018.

Uma delas é que todo o material didático passará a ser disponibilizado em ambiente digital, podendo ser acessado em plataformas variadas, como notebooks, celulares, tablets, entre outras. A mudança garantirá aos alunos mais flexibilidade e conveniência aos estudos, que poderão ser realizados em qualquer horário e local, de forma prática e ágil.

“Por meio de avaliações e pesquisas entre alunos e professores, procuramos entender as necessidades dos estudantes e adaptamos o curso de forma a torná-lo mais funcional, num esforço contínuo. Acreditamos que essas inovações irão contribuir para que os alunos absorvam o conteúdo de forma ainda mais eficiente”, afirma a diretora de Ensino Técnico da Escola, Maria Helena Monteiro.

Inscrições abertas

No momento, estão abertas as inscrições para o Curso para Habilitação de Corretores de Capitalização, em 68 localidades de todo o País. As aulas terão início a partir de fevereiro.

A Escola é a única Instituição credenciada a ministrar o Curso para Habilitação de Corretores de Seguros. Os aprovados recebem certificado e podem solicitar registro profissional junto à Superintendência de Seguros Privados (Susep).

O Curso de Capitalização é o primeiro do programa completo, que tem outros dois: Vida e Previdência, e Demais Ramos. Os requisitos para participar são ensino médio e maioridade.

Inscrições e mais informações, como investimento e conteúdo programático, estão disponíveis neste hotsite.

Enxugamento de subsídio ao seguro rural muda estratégia do setor 745

Mudança impulsiona oferta de outras linhas

As seguradoras que oferecem cobertura a agricultores têm alterado suas estratégias para compensar a redução de subsídios do governo. O valor originalmente destinado subvenção ao prêmio do seguro rural em 2018 caiu de R$ 550 milhões para R$ 395 milhões.

Essa mudança leva a uma maior oferta de linhas que não dependem do orçamento federal, como a que segura as receitas do agricultor, diz Wady Cury, presidente da comissão do segmento na FenSeg (Federação Nacional de Seguros).

“Para quem planta café, milho e soja, principalmente, o ideal que seguremos mais o faturamento do que o risco climático. algo que dever ganhar fora em 2018”, diz Fernando Barbosa, presidente da área no Grupo Segurador BB e Mapfre.

Cerca de 25% dos prêmios emitidos pelo grupo no ramo agrícola são desse tipo.

“Como nunca há certeza do orçamento do programa de subvenção, fizemos um modelo de negócio que anda sozinho”, afirma Barbosa. “A maior preocupação a Selic (taxa básica de juros). Estamos estudando como a queda afeta a contratação”, completa.

A redução dos juros pode levar a uma alta de preços para compensar a perda de receita das seguradoras, já que parte significativa de seus ganhos financeiros são atrelados a títulos públicos.

A Swiss Re Corporate Solutions diz no acreditar em um corte drástico dos subsídios, mas afirma que também tem trabalhado modalidades que independem do governo.

Resseguro cedido por seguradoras brasileiras cresce 15% em 2017 671

73% deste total foi colocado em resseguradoras locais, aponta relatório da Terra Brasis

Relatório da Resseguradora Terra Brasis aponta que, no período de janeiro a setembro de 2017, o volume de resseguro cedido pelas seguradoras brasileiras (bruto de comissão) foi de R$ 8,46 bilhões, 15% superior ao do mesmo período de 2016.

Perto de 73% deste total (R$ 6,19 bilhões) foi colocado em resseguradoras locais, um crescimento de 16%. Adicionalmente, no mesmo período, as resseguradoras locais aceitaram do exterior um volume de resseguros (bruto de comissão) estimado em R$ 1,70 bilhão, um crescimento de 55% em relação ao mesmo período de
2016.

No conjunto, o resseguro emitido pelas resseguradoras locais no período de janeiro a setembro de 2017 (bruto de comissão) foi de R$ 7,89 bilhões, um crescimento de 23% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Durante este período, a sinistralidade bruta das resseguradoras locais ficou em 63% contra 76% do mesmo período do ano anterior. O Combined Ratio ficou em 95%, uma melhora em comparação aos 101% apresentados no mesmo período de 2016.

No ano de 2017, até setembro, as resseguradoras locais apresentaram, ainda, um lucro de R$ 918 milhões (IRB com R$ 676 milhões e demais locais com R$ 242 milhões), superior em 38% aos R$ 663 milhões apresentados no mesmo período do ano anterior.

Affinity visa capacitar 500 novos corretores no Rio em 2018 667

Treinamentos gratuitos começam na Região Serrana

Erick Lorga é gestor de Corretoras da Affinity

Em um mercado de trabalho cada vez mais concorrido, estar capacitado é fundamental. E em tempos de crise econômica, nada melhor do que se qualificar de forma gratuita. O ano de 2018 começou a todo vapor na Affinity. Até o final de 2018 a empresa quer capacitar cerca de 500 novos corretores de seguro no Estado do Rio de Janeiro, além de promover uma “reciclagem” aos profissionais já cadastrados. O primeiro treinamento gratuito já tem data marcada e acontece na cidade de Nova Friburgo, na Região Serrana, na próxima quarta-feira, dia 17 de janeiro.

Erick Lorga, gestor de Corretoras da Affinity, será o responsável por ministrar a palestra: Seguro Viagem, um Produto Transitório de Carteira. “Queremos que os corretores entendam que seus clientes ainda não sabem que eles comercializam o seguro viagem e, por isso, acabam buscando os canais tradicionais como agências de viagens físicas e online”, explica Lorga.

O objetivo é atingir corretores da própria Nova Friburgo e de cidades vizinhas como Teresópolis, Cordeiro, Cantagalo, Macuco, São Sebastião do Alto, Trajano de Moraes, Santa Maria Madalena, Itaocara, Duas Barras, Carmo, Sumidouro e Bom Jardim. No dia 31/01 o treinamento da Affinity chega a Volta Redonda e no dia 28/02 acontece em Petrópolis.

A Affinity ultrapassou a marca de meio milhão (500.000) de bilhetes comercializados ao longo de 2017. Hoje são mais de 4 mil parceiros comerciais, entre corretores de seguros e agências de viagem. Os viajantes Affinity contam com o mais moderno atendimento 24h no mundo, uma rede com profissionais trilíngues para que em casos de imprevistos possam ser atendidos com rapidez e agilidade.

Serviço:

Local: Sala de Convenções do Hotel Habitare
Endereço: Rua Augusto Cardoso, 71 – Centro – Nova Friburgo (RJ)
Data: 17/01
Horário: 9h30min
Inscrições pelo WhatsApp (21) 99825-5128 – Com Elisandra