IESS divulga vencedores do VII Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar 809

Seminário “Qualidade e Eficiência na Saúde” contou com palestras especiais e apresentou o novo IESSdata

A coordenação do VII Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar, promovido pelo Instituto de Saúde Suplementar (IESS), divulgou nesta manhã (7) os vencedores da edição 2017. A premiação destacou os melhores trabalhos acadêmicos com foco em saúde suplementar no Brasil durante o “Seminário Qualidade e Eficiência na Saúde”, no complexo Aché Cultural, no Instituto Tomie Ohtake.

“O Prêmio busca fomentar a pesquisa nacional e é uma importante colaboração do IESS com o objetivo de garantir uma melhor compreensão e a sustentabilidade da saúde suplementar no País. As categorias de Promoção da Saúde, Economia e Direito contemplam os desafios mais latentes do setor”, comenta o superintendente executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro. “A cada edição do Prêmio IESS, é notável o avanço na profundidade dos trabalhos e no debate que geram na sociedade”, conclui.

O Prêmio IESS de Produção Científica em Saúde Suplementar tem como objetivo incentivar a pesquisa e valorizar estudos com qualidade técnica e que contribuem para a melhoria do setor. São premiados os dois melhores trabalhos de conclusão de cursos de pós-graduação (especialização, MBA, mestrado ou doutorado) nas três categorias que compõem o prêmio. Os trabalhos ficam disponíveis no site do IESS.

Na categoria Promoção de Saúde e Qualidade de Vida, a grande vencedora foi Eulalia Martins Fraga com o trabalho “Atenção Primária na Saúde Suplementar: estudo de caso de uma Operadora de Saúde de Belo Horizonte”, trabalho de especialização na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). O segundo lugar ficou com Fernando de Rezende Francisco, que desenvolveu o estudo “Aplicação de Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS) na Tomada de Decisão em Hospitais” no Mestrado em Administração de Empresas, da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O estudo vencedor na categoria Economia foi “Assimetria de informação a partir da Regulação do Mercado de Saúde Suplementar no Brasil: Teoria e Evidências”, de Luís Carlos Moriconi de Melo, do Mestrado Profissional em Economia, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS). Já a segunda colocação foi conquistada por Samara Lauar Santos, do Mestrado em Demografia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com o trabalho “Envelhecimento Populacional e Gastos com Saúde: Uma Análise das Transferências Intergeracionais e Intrageracionais na Saúde Suplementar Brasileira.

Na categoria Direito, apenas um estudo preencheu os requisitos que configuram medidas cabíveis aos desafios do setor. O trabalho vencedor foi “Processo decisório e motivação no âmbito das normas sobre o rol de procedimentos e eventos em saúde”: uma análise exploratória”, de Bruno Araújo Ramalho, aluno do Mestrado em Direito da Regulação, da Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro.

A programação do “Seminário Qualidade e Eficiência na Saúde” também apresentou o novo IESSdata, que fornece os números mais atuais do setor de saúde suplementar e da economia brasileira e as palestras especiais “Revolucionando a saúde por meio da eficiência e qualidade”, com Maureen Lewis, CEO da Aceso Global; e “Mensuração e Melhoria da Qualidade Assistencial na Saúde” com a Doutora em Medicina Preventiva Ana Maria Malik, da Fundação Getúlio Vargas.

Delphos tem novo endereço em São Paulo 759

Empresa possui 50 anos de atuação

Desde a última semana, a sucursal da Delphos em São Paulo está localizada na Rua Sampaio Viana, 277/3º andar. O telefone permanece o mesmo (11) 4009-8749.

Com 50 anos de atuação, a Delphos foi a primeira empresa de serviços criada para atender especificamente ao mercado segurador brasileiro. A companhia está capacitada para prestar serviços em qualquer atividade relacionada aos diversos ramos de seguros, desde a análise preliminar dos riscos até a regulação do sinistro, com destaque para a tecnologia da informação.

Corretora de Porto Alegre contrata gestor comercial 533

Experiência na ramo é pré-requisito

Conceituada corretora de seguros de Porto Alegre (RS) está a procura de gestor comercial para todos os ramos. Ter experiências anteriores no segmento segurador, através da atuação em companhias ou corretoras, e residir na Capital gaúcha ou região são pré-requisitos para preencher a vaga da empresa que possui 30 anos de mercado.

A oportunidade conta com salário compatível ao cargo. Ficou interessado? Currículos devem ser enviados para o e-mail jrs@jrscomunicacao.com.br.

Associados têm prioridade na participação em eventos do CVG-RS 744

Entidade abre atividades a partir do dia 27 de março

O Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG-RS) recebe o gerente executivo da diretoria geral de Vida do Banco do Brasil e Mapfre, Wagner Torres, em sua primeira palestra de 2018. O encontro acontece no dia 27 de março, a partir das 8h30min, no Clube do Comércio (Rua dos Andradas, 1085 – Porto Alegre/RS).

O executivo possui mais de 20 anos de experiência no mercado e aborda o assunto: Um novo corretor de seguros para o mercado de vida? Ou um novo mercado para este corretor?

Veja também: A agenda completa do CVG-RS em 2017

O número de participações é limitado, por isso, os associados ao CVG-RS possuem prioridade nas inscrições, a partir do dia 14 de março. No dia 15, se ainda houverem vagas, as mesmas serão disponibilizadas ao mercado em geral. As seguradoras sócias podem inscrever até 12 colaboradores e as Corretoras/Prestadores Sócias até 6 colaboradores, o pedido deve partir sempre da Seguradora ou PJ Associada para os e-mails secretaria@cvgrs.com.br ou cvgrs@terra.com.br com o nome completo das pessoas a serem inscritas e a respectiva atividade que exercem junto à Associada.

Segmento de franquias cresceu 8% em 2017 1851

Investimento em um negócio consolidado é a grande chance para quem quer abrir o seu próprio negócio

Cresce cada vez mais o número de franqueados no Brasil. É o que apontam os dados preliminares da Associação Brasileira de Franchising (ABF) em relação ao ano de 2017, divulgados no dia 11 de janeiro. De acordo com a entidade, o mercado de franquias teve um crescimento de 8% no ano passado, gerando um faturamento de 163 bilhões.

Ser dono da sua própria empresa e investir em um sistema de negócio já modelado são algumas das atribuições que fazem as pessoas pensarem em adquirir franquias de empresas já consolidadas no mercado. Os dados da ABF mostram que, no Brasil, 88% dos novos empreendedores estão concentrados no Sudeste. A alta concentração de franqueados na região faz com que os outros 12% sejam divididos entre Centro-Oeste (6%), Nordeste (4%), e Sul (2%).

Além disso, os números indicam que no mercado brasileiro, o investimento em franquias nacionais ((88%) é superior em relação ao de países como Estados Unidos (4%), Espanha (4%), Japão (2%) e França (2%). Logo, com o aumento de franquias no Brasil, cresce também o número de oportunidades de emprego. Só em 2017, mais de 1,2 milhões de empregos foram gerados pelo franchising.

Life Brasil Franchising teve início em 2017 e conta com franqueados nas regiões Sudeste e Sul do Brasil

Além dos dados que mostram o crescimento do mercado de franquias no Brasil, a expansão da empresa e a importância do garantir um seguro de vida foram alguns dos pontos que levaram o Grupo Life Brasil a inovar e lançar o seu próprio sistema de franquias: a Life Brasil Franchising. O projeto teve início em 2017 e já conta com franqueados nas regiões Sudeste e Sul do Brasil.

Um dos diferenciais da holding, que possui quase 20 anos de experiência na venda direta de seguro de vida, é o treinamento da metodologia de sucesso em vendas. Com isso, além de receber o negócio modelado, os futuros empreendedores também têm a oportunidade de aprender, em duas semanas de ensinamentos, com a equipe de formação em ProteCoaching do Grupo.

Um dos exemplos mais recentes de novos franqueados da holding é o empresário Daniel Mendes Campos Cardoso, 32 anos. O novo franqueado do Grupo Life Brasil adquiriu uma franquia home office, recebeu os treinamentos da metodologia de vendas da empresa e já conta com uma equipe de trabalho em Belo Horizonte, Minas Gerais.

“Nesse processo, o ponto mais importante no meu treinamento foi a metodologia do Grupo Life Brasil e os números apresentados. Todo esse conceito que a empresa criou para alcançar esse sucesso foi comprovado e funciona. Além disso, todo esse método para garantir excelência nas vendas foi repassado passo a passo para aplicarmos no nosso negócio”, disse Daniel.

Com a estimativa a favor do franchising em 2018, o Grupo Life Brasil possui uma grande meta: expandir suas franquias pelo país e garantir 80 franqueados neste ano. Para isso, a holding conta com quatro modelos de franquia (home office e três opções de escritório), com investimento inicial a partir de R$ 23.990 e tempo de retorno estimado em seis a dez meses. O franqueado pode alcançar até 2.500% de retorno num prazo médio de cinco anos.

Para saber mais informações sobre como adquirir uma franquia da holding, basta acessar este site..

Tokio Marine cresce 24,5% em cidades do interior de São Paulo 771

Destaques da unidade regional I foram as carteiras de Auto e Transporte

Julio Sato, diretor comercial Varejo São Paulo Interior I
Julio Sato, diretor comercial Varejo São Paulo Interior I / Divulgação

A Tokio Marine amplia cada vez mais sua participação no interior paulista. A seguradora registrou aumento de 24,5% no volume de negócios gerados em 2017, na comparação com o mesmo período de 2016. Os resultados obtidos são fruto, principalmente, do desempenho nas carteiras de Auto, com incremento de 27,9%, e de Transportes, com crescimento de 40,8%.

“Essa conquista mostra a força da parceria com os corretores e assessorias nas regiões de Campinas, Jundiaí, São Jose dos Campos, Mogi das Cruzes, Sorocaba, Piracicaba, Santos e Americana. Para 2018, vamos continuar investindo na capacitação da nossa equipe e dos parceiros de negócios, Corretores e Assessorias. Temos um excelente portfólio de produtos e um mercado cheio de oportunidades e, com isso, pretendemos continuar crescendo visando melhorar ainda mais a nossa rentabilidade”, afirma Julio Sato, diretor comercial Varejo São Paulo Interior I.

Em território nacional, a seguradora comemora o melhor desempenho em 58 anos. Em 2017, a companhia registrou crescimento expressivo de 17% e uma produção histórica de R$ 4,8 bilhões, o que a consolida como a quinta maior seguradora do País. Na carteira de Auto, o crescimento foi de 32%, com um recorde de 1,6 milhão de veículos segurados. Além da alta qualidade dos serviços e de uma ampla rede de corretores, a estratégia de lançar produtos inovadores, que atendam a diferentes nichos, a exemplo do Vida Individual, Auto Popular e Auto Roubo+Rastreador, seguros mais acessíveis em momentos econômicos desafiadores sustentaram esse significativo incremento.