Nordeste ganha reforço com a união da MDS Brasil e da HC Seguros 794

Parceria tem ambição de criar ainda mais valor na região e impactar o atendimento aos grandes clientes corporativos

A MDS Brasil e a HC Seguros, localizada em Salvador, Bahia, uniram-se para somar forças na oferta de produtos de seguros e benefícios como seguros saúde, odontológico, vida, previdência e assistência viagem. A troca de experiências entre as empresas aumenta a capacidade de penetração nos mais diversos mercados e alavanca o atendimento aos clientes de ambas as marcas.

Segundo comentou o diretor da MDS Brasil para o Rio de Janeiro e Nordeste, Thiago Tristão, a parceria amplia a competitividade das marcas e afina a experiência do cliente, ofertando uma gama de serviços mais personalizada. “Possuímos operações complementares e acreditamos no enorme potencial de crescimento do mercado de seguros corporativos no Nordeste. Esta união nos coloca num patamar de competitividade ainda maior, com conhecimento mais cuidadoso da região e oferta de produtos mais personalizada. Como resultado, ampliaremos o leque de serviços existentes a clientes de todos os portes”, explica.

Para as sócias da HC Seguros, Haldrey Regina Generoso e Thais Lima, a parceria trará muitos ganhos, entre eles, a otimização dos custos para o cliente, “Começamos no mercado de pequenas empresas e com a evolução neste último ano precisávamos juntar forças e competências para agregar mais valor aos nossos clientes e poder focar nas grandes empresas”, comenta Haldrey.

“Com a vinda da consultora Helenicy Lima, identificamos a oportunidade de trazer para o mercado, uma empresa com capacidade de entrega de gestão integrada em benefícios e riscos. Sempre buscamos a melhor solução para nossos clientes, através de conhecimento, experiência e expertise em seu negócio, otimizando assim os custos para o cliente”, ratifica Thaís.

A MDS é um grupo multinacional que atua na área da corretagem de seguro e resseguro e consultoria de risco. É líder de mercado em Portugal, está entre os maiores no Brasil e presente também em Angola e Espanha. Por meio da Brokerslink, uma das maiores organizações globais de corretagem e serviços de consultoria de risco fundada pela MDS em 2004 e sediada em Zurique, está presente em mais de 100 países, com cerca de 400 escritórios e totalizando cerca de 10.000 profissionais da área dos seguros. É também acionista e parceiro de referência da ED (ex-Cooper Gay Swett & Crawford), corretor independente no mercado ressegurador londrino.

A HC Seguros foi criada por profissionais de seguros com experiência de 30 anos de mercado no Nordeste. Atualmente, gere uma carteira significativa de clientes e mantém um excelente relacionamento com as operadoras e seguradoras deste mercado. Reconhecida pelo desenvolvimento de soluções nos diversos segmentos, preocupa-se em seguir uma política de qualidade voltada às necessidades das empresas.

Campanha Desafio 2018 GBOEX: premiações e viagens para corretores 126

Participantes podem verificar regulamento através do Portal do Corretor

O GBOEX deu a largada a uma das suas principais ações focadas em reconhecer os corretores de seguros: Campanha Desafio 2018. São prêmios em dinheiro para os profissionais que atingem as metas estipuladas mensalmente. A novidade da campanha é que este ano ela iniciou em janeiro com a Etapa Verão, que segue até o final de março. Em abril começa a próxima etapa, que encerra em dezembro de 2018, cujo prêmio final será uma viagem, com acompanhante, para os primeiros colocados, conforme a classificação dos respectivos grupos. Os regulamentos das etapas estão sempre atualizados no Portal do Corretor.

“O GBOEX sabe da importância dos Corretores de Seguros para o seu crescimento e a campanha é uma das formas de retribuir e valorizar o trabalho e a dedicação desses profissionais”, explica o Gerente Nacional Comercial do GBOEX, Marco Mattos.

Para participar, basta ser um corretor GBOEX e ter uma produção ativa durante o período. O regulamento da campanha – Etapa Verão está disponível no Portal do Corretor no site do GBOEX. Para mais informações, entre em contato pelo email falecomgerentenacional@gboex.com.br ou procure uma Unidade GBOEX mais próxima.

5 motivos para investir em uma franquia do Grupo Life Brasil 2158

Crescimento do segmento de franquias e do mercado segurador são principais motivos para abrir sua própria empresa

Você pensa em abrir uma empresa? Então saiba que este é o momento certo para investir em um negócio através de uma franquia. Além de ser um modelo que facilita a vida do novo empreendedor ao apresentar um negócio já modelado, o franchising apresenta dados de crescimento animadores para 2018, com projeção de faturamento entre 9% e 10%, de acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Por falar em crescimento, o ramo de seguros de pessoas é outro que apresenta números otimistas. De acordo com dados da CNSeg, o mercado segurador arrecadou mais de 34 bilhões em seguros de pessoas até novembro de 2017. Esse número representa a alta rotatividade e circulação que do seguro no mercado brasileiro.

Aliando um dado a outro, o Grupo Life Brasil inovou ao apresentar um seu novo sistema de franquias: a Life Brasil Franchising. A holding, que é especializada em venda direta de seguros de vida, apresenta quatro modelos de franquia (home office e três opções de escritório), com investimento inicial a partir de R$ 23.990 e tempo de retorno estimado em seis a dez meses.

Para entender melhor os benefícios de uma franquia de seguro de vida, separamos 5 motivos para você investir e se tornar um empreendedor no mercado segurador:

Construir o próprio castelo

Construir o próprio castelo

Um dos principais lemas do Grupo Life Brasil é fazer com que novos empreendedores possam surgir e investir no mercado segurador. Agora, imagine por um instante: você já parou para pensar quanto ganharia se investisse em no seu próprio negócio? É com esse pensamento que a holding incentiva cada vez mais as pessoas a construir o seu próprio castelo, ou seja, investir nelas mesmas e nas suas capacidades de alavancagem e geração de renda própria. Afinal, para que trabalhar um número x de horas e receber um número y de salário se você pode iniciar sua própria carreira de sucesso como empreendedor?

Experiência no mercado

Experiência no Mercado

Como dito anteriormente, o Grupo Life Brasil é uma holding com quase 20 anos de experiência em venda direta de seguros de vida. Em números, o grupo já atendeu mais de 500 mil beneficiários em mais de 800 cidades do Brasil. Além de atender todos os estados do país, a holding é reconhecida como Case de Sucesso, o que traz ainda mais credibilidade para a empresa em ser especialista em um tipo de negócio e entregar um modelo de franquia que melhor atenda a necessidade de cada um dos seus franqueados.

Treinamento

Treinamento da metodologia de sucesso em vendas

Junto com o negócio modelado, a holding ainda oferece duas semanas de treinamentos para seus futuros franqueados. Os ensinamentos são ministrados por Alberto Junior, CEO da Life Brasil Franchising, e Otto Hartmann, responsável pelo Setor de Formação da empresa, e consistem em apresentar os números do grupo, sua metodologia de sucesso em vendas, esclarecimentos sobre o mercado de seguro e uma consultoria especializada em Proteção e Seguro, o ProteCoaching. Com isso, além de receber sua nova franquia, o empreendedor também se torna um especialista no ramo, a fim de atender seus clientes da melhor maneira possível e suprir suas reais necessidades.

Renda

Renda Recorrente

Entre um dos pontos mais importantes do investimento está a renda recorrente. Mas afinal, o que é isso? Renda recorrente é uma renda mensal que cresce mês após mês. Por exemplo: assim que adquiriu uma franquia do Grupo Life Brasil, um novo franqueado da Life Brasil Franchising vendeu um seguro de vida para o seu cliente. Dessa forma, ele garante uma renda recorrente de acordo com o tempo em que seu cliente continuar pagando o seguro. Com a aplicação da metodologia na venda, a possibilidade da recorrência é ainda maior, uma vez que os clientes entenderão suas reais necessidade para investir na sua proteção e na proteção da sua família.

Back office e atendimento

Back Office e Acompanhamento

Além de ter um método de vendas consolidado no mercado, o Grupo Life Brasil oferece back office e acompanhamento para seus franqueados. Logo, o empreendedor conta com uma equipe focada especialmente no suporte de atendimento e cobrança. Com isso, sua única missão é levar o seguro de vida para as pessoas, fechar o negócio e contar com a retaguarda oferecida pela holding.

Para saber mais informações sobre como adquirir uma franquia da holding, basta acessar este site.

Senado aprova decreto presidencial de intervenção no Rio de Janeiro 275

É a primeira vez que isso acontece, desde a Constituição de 1988

O Senado aprovou, por 55 votos a 13 e uma abstenção, o decreto de intervenção federal no Rio de Janeiro para a área da segurança pública. Com a aprovação da medida pelos deputados e, agora, pelos senadores, o governo federal foi autorizado a nomear um interventor no estado devido ao “grave comprometimento da ordem pública”, como solicitado pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (16).

A votação no Senado durou pouco mais de três horas, a metade do tempo utilizado pela Câmara para discutir e aprovar o decreto, por 340 votos a 72, na madrugada de hoje. É a primeira vez que a União intervém em um estado desde 1988.

Durante a sessão, cinco oradores discursaram favoravelmente ao decreto, e cinco contra. Além de questões de ordem para que a votação não ocorresse, a oposição solicitou a criação de uma comissão externa temporária para fiscalizar os desdobramentos da intervenção.

Após a confirmação dos parlamentares, cabe agora ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (MDB-CE), publicar um decreto legislativo referendando o decreto e autorizando a nomeação do general Walter Braga Netto.

PIB brasileiro cresceu 1% em 2017, diz FGV 760

Número oficial será divulgado pelo IBGE no dia 1º de março

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 1% em 2017 e atingiu o valor de R$ 6,51 trilhões, segundo o Monitor do PIB da Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador, divulgado hoje (21), não é um dado oficial, já que o PIB é calculado oficialmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e será divulgado no dia 1º de março.

Segundo a FGV, o indicador cresceu depois de dois anos de retração, com resultados positivos na agropecuária (12,8%), indústria (0,1%) e no setor de serviços (0,3%). Entre os segmentos da indústria, a principal alta ficou com a extrativa mineral (4,5%). A construção teve a única queda dentro da indústria (-5%).

Entre os segmentos dos serviços, o destaque ficou com o comércio (1,8%). Também cresceram os grupos de transportes (1,1%), imobiliários (1%) e outros serviços (0,7%). Tiveram queda os serviços de informação (-1,7%), intermediação financeira (-1,6%) e administração pública (-0,6%).

Sob a ótica da demanda, o consumo das famílias, com alta de 1,1%, e as exportações, com avanço de 6%, foram os responsáveis pelo crescimento da economia brasileira. Os investimentos tiveram queda de 1,9% e o consumo do governo recuou 0,5%. As importações cresceram 4,9%.

Último trimestre

No quarto trimestre do ano, o PIB cresceu 2,3% na comparação com o mesmo período do ano anterior, com altas de 5,1% na agropecuária, 3,1% na indústria e 1,9% nos serviços. Sob a ótica da demanda, foram registrados crescimentos de 3% no consumo das famílias, 3,5% nos investimentos e 12,4% nas exportações. O consumo do governo manteve-se estável.

Oxigênio Aceleradora dá início ao 5ª ciclo de aceleração 424

6 startups, entre as mais de 1 mil inscritas, foram selecionadas para participar desse programa

Como nos quatro primeiros ciclos, cada startup escolhida receberá um investimento direto de US$50 mil para o desenvolvimento de seu negócio, além de U$100 mil em investimentos indiretos, em forma de benefícios e recursos para os empreendedores. Durante a fase inicial, os empreendedores passam por sessões de mentoria, palestras e workshops com executivos da Porto Seguro, além de outros profissionais renomados do mercado.

A fase seguinte pode levar as startups à sede da Plug and Play Tech Center, aceleradora localizada no Vale do Silício nos Estados Unidos.

Desde o início das operações, em 2015, a Oxigênio já recebeu mais de 5 mil inscrições para seus programas de aceleração. Das 24 aceleradas do 1º ao 4º ciclo, 54 projetos já foram trabalhados entre as empresas e a Porto Seguro.

Conheça abaixo as startups participantes do 5º ciclo de aceleração:

  • Byke Station – Estações 24 horas de auto-serviço para ciclistas, com ferramentas, equipamentos para manutenção e vending machines para compra de suprimentos como câmaras de ar, isotônicos e suplementos.
  • Cliente Agente  Plataforma de recomendação de clientes para corretores de seguros, que premia os clientes pelas indicações, gerando receita e aumentando a fidelização para os corretores.
  • Gamific – Solução de gamificação para gestão e incentivo de equipes comerciais, gerando maior engajamento e maiores resultados em vendas.
  • Qual Farmácia – Marketplace que permite às farmácias impulsionarem suas vendas no meio digital e, ao consumidor encontrar e comprar produtos com comodidade e economia.
  • Retina – Sistema inteligente de monitoramento, reconhecimento e recuperação de veículos roubados, mesmo sem rastreador, utilizando visão computacional.
  • uCondo – Solução que permite comunicar, gerenciar e organizar as atividades diárias do condomínio com segurança, apoiando moradores, síndicos, porteiros e administradores.