Em busca de resultados excepcionais, começa 2018 2018

Confira um editorial preparado pela equipe de reportagem do JRS

Começa uma nova etapa. A oportunidade de fazer diferente, inovar e superar expectativas. Com esta filosofia, o JRS entra em 2018 confiante em grandes resultados, baseado nos excelentes números registrados no ano passado, um dos melhores em audiência e faturamento de nossos produtos.

Você conta há 18 anos com uma seleção das principais notícias dos mercados de seguros, previdência complementar e capitalização. Tudo começou com um jornal impresso, o primeiro do gênero a ser publicado totalmente online. A versão totalmente digital veio logo depois, através do Newsletter JRS. Em 2013 foi a vez de expandir nosso site, que completa 5 anos de operação com foco no hard news e em pautas exclusivas, produzidas pela competente equipe de reportagem chefiada por um dos ícones do mercado brasileiro: Jota Carvalho, que conta com uma trajetória única e boas relações com os mais distintos players do setor.

E por falar em boas relações, um dos focos do JRS neste novo ano é aprimorar nossa aproximação com nosso público, formado por consumidores do ramo segurador, traders, operadores econômicos, seguradores e pelos corretores de seguros. Muitas novidades serão implementadas neste sentido, dando mais vez e voz para que todos os setores sejam representados em nossos veículos.

É o momento de agradecer o carinho de sua confiança. Seguimos juntos na caminhada para a construção de um ano com resultados excepcionais, com recordes em todos os quesitos e com a retomada dos bons rumos na condução do nosso amado Brasil. Tenha um grande 2018!

Oportunidades na Serra Gaúcha chamam atenção de profissionais 4537

Região acompanha crescimento nacional de produtos de vida

O prêmio total nos seguros de vida subiu 10,8% no ano passado e superou, pela primeira vez, o setor automotivo, que registrou alta de 6,7%, de acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep). Acompanhando o crescimento da arrecadação do seguro de vida em território nacional, determinadas companhias vem crescendo acima da média em pólos econômicos importantes da Região Sul do país.

A superintendente comercial da Mongeral Aegon, Sandra Stefanello Menezes. Foto: Reprodução/Facebook

Com 483.377 de habitantes (IBGE), Caxias do Sul é estratégica para o seguro. A superintendente comercial da Mongeral Aegon, Sandra Stefanello Menezes, conta que percebe um aumento da demanda de produtos de seguro de vida e previdência na cidade. “Entendo que isto é resultado de um amadurecimento do brasileiro sobre a importância de buscar soluções para o seu planejamento financeiro e da compreensão de que o seguro de vida é um importante aliado neste objetivo”, destaca a executiva da multinacional presente no Brasil há mais de 180 anos com sólida experiência no segmento.

No município, localizado na Serra gaúcha, não há um produto de vida específico que seja mais procurado ou consumido. Mesmo assim, a preocupação mais frequente entre os clientes é a do acontecimento de fatalidades que deixem dependentes ou resulte em invalidez. “Trabalhamos com consultoria personalizada e com um completo portfólio de soluções que são aderentes para todos os perfis e bolsos e, por isso, cada venda é uma venda, cada pessoa tem um composto de produtos diferente”, explica Sandra, que possui mais de 15 anos de carreira no setor.

A seguradora conta com mais de 40 corretores parceiros em Caxias do Sul, o que representa 4% dos mais de 4 mil que a empresa tem por todo o Brasil. A Mongeral Aegon é uma das poucas companhias que forma profissionais para atuar nesta profissão em parceria com a Escola Nacional de Seguros. “Selecionamos pessoas para o curso de formação, que tem duração média de seis meses. Também estamos sempre em busca de corretores que já são formados no segmento para conhecerem o nosso portfólio, que é um dos mais completos do mercado segurador de vida e previdência”, destaca.

Além disso, ela tem investido fortemente nos últimos anos em capacitação de funcionários e parceiros comerciais, infraestrutura, desenvolvimento e otimização do seu portfólio de soluções. “Estes pontos têm como principal objetivo oferecer aos clientes e à sociedade os melhores produtos, prestando uma consultoria completa, o que certamente tem contribuído para o crescimento da companhia nos últimos anos”, afirma.

Os corretores de seguros Andremara Reinostre e Mateus Carvalho também asseguram que há um crescimento perceptível do interesse das pessoas em seguros de vida e previdência. “O gaúcho zela pela família e possui muita responsabilidade financeira devido a sua origem italiana, ele sabe da importância de formar reserva financeira”, argumenta Andremara, que trabalha no segmento desde 2004.

Mateus Carvalho, atuando há um ano como corretor de seguros, acredita que o maior interesse está ligado também a preocupação com a reforma previdenciária, que afeta o futuro financeiro, e aos corretores cada vez mais preparados e qualificados para prestar consultoria completa, levantando as necessidades do cliente e apresentando soluções. “Muitas vezes o cliente acha que não precisa, mas quando fazemos o seu perfil completo, sobre a sua real situação, ele mesmo percebe a necessidade de proteger a si e a sua família, que é seu maior patrimônio”, conclui.

 

Seguro residencial pode custar menos que uma pizza no mês 3381

Coberturas vão muito além da proteção à casa

De acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) de 2016, menos de 20% dos lares brasileiros estão cobertos com apólices do seguro residencial. O técnico em informática Norton Steffrens possui o seu, com coberturas tradicionais, para preservar o seu apartamento em Canoas (RS) há alguns anos. O que ele não sabia é que este tipo de apólice pode possuir benefícios que vão muito além da proteção a sua casa, como o Mapfre Residencial Multiflex.

A dona de casa Viviane Modzeiski não tinha conhecimento que esta proteção pode custar o preço de uma pizza no mês, partindo de R$ 30 mensais. Já o zelador Benhur Castro complementa que teria contratado se o tivessem oferecido por considerar o custo-benefício muito interessante. “As pessoas ainda assimilam muito que fazer seguro é caro porque elas fazem uma comparação com seguro do veículo, que pode variar de dois a três mil reais para um automóvel que parte de 40 mil reais. Mas para uma residência de meio milhão, o seguro pode partir de 30 a 40 reais mensais até valores mais elevados dependendo das características da residência”, argumenta o gerente territorial de seguros gerais da Mapfre, Ivan Marcos dos Santos

O executivo conta que o Mapfre Residencial Multiflex consegue adaptar-se a várias necessidades, oferecendo, além das proteções habituais, outras complementares. Quebra de vidros extensivo para muros, pequenos danos ao entrar e sair da garagem e proteção especial para pessoas com mais de 60 anos ou portadores de necessidades especiais são algumas delas. “Nós nos preocupamos muito em oferecer coberturas diferenciadas para amparar nossos clientes”, afirma.

Atendimento ao público e controles internos são destaques em programa de certificação 3367

Cursos são promovidos pela Escola Nacional de Seguros, em Porto Alegre (RS)

A Escola Nacional de Seguros promove seu programa de certificação técnica para seguradoras através de dois cursos. A instituição atende às necessidades dos profissionais brasileiros através da educação continuada, ajudando-os a enfrentar um mercado com forte competitividade.

O primeiro é voltado para atendimento ao público no segmento de seguros de vida e previdência e acontece entre os dias 04 de maio e 29 de junho. As aulas serão todas às sextas-feiras, das 14h às 18h, e as inscrições vão até o dia 30 de abril.

Já a certificação voltada a controles internos acontece entre 10 de agosto e 30 de novembro. As aulas também acontecem às sextas-feiras, das 14h às 18h, e as inscrições serão de 7 de maio até o dia 30 de julho.

A sede da Escola Nacional de Seguros em Porto Alegre é na Av. Otávio Rocha, 115 – 1º andar. Mais informações podem ser solicitadas no e-mail unidaders@ens.edu.br ou nos telefones (51) 3224-6661 ou (51) 3224-1965.

Atendimento ao público e controles internos são destaques em programa de certificação
Divulgação

Clube da Pedrinha (RS) elege nova diretoria 3490

Entidade promoveu eleições na noite desta segunda (09)

Os membros do Clube da Pedrinha em Seguros do Rio Grande do Sul escolheram Ana Maria Pinto, Assessora de Marketing e Comunicação do GBOEX, como a nova presidente da entidade. A decisão foi anunciada por aclamação nesta segunda-feira (09), no encontro mensal da confraria, realizado no Restaurante Casa do Marquês, em Porto Alegre (RS).

“Para o Clube existir, temos alguns compromissos. Estou comprometida com todos os processos e pronta para assumir esta nova etapa, agradecendo a tudo que o presidente Coelho fez até então”, destacou a presidente Ana Maria Pinto.

O tradicional encontro contou com a presença de figuras ilustres, como Jane Manssur, coordenadora da Escola Nacional de Seguros no Rio Grande do Sul. Segundo Jane, o momento é de união para fomentar um novo momento no mercado gaúcho de seguros.

“O Clube da Pedrinha reúne diversos executivos com um objetivo em comum: conciliar, encantar e trazer nossas experiências e vivências para melhorar nosso mercado”, disse a vice-presidente Yara Bolina.

Conheça os novos diretores do Clube da Pedrinha: 

Presidente: Ana Maria Pinto
Vice-Presidente e Responsável Social – Yara Bolina
Secretária: Andreia Alves
Diretora Jurídica: Suelen Farias e diretor-adjunto Luis Felipe.
Diretora Financeira: Luciane Rodrigues
Diretora Social: Ana Paula Netto
Diretora de Marketing: Eliane Freitas e diretora-adjunta Nivea Lopes
Diretores de Relações com o Mercado: Giovani Menger e diretor-adjunto Fernando Menezes.
Diretores Extensão Interior: Jari Rohde e diretora-adjunta Estela Formiga​

Confira todas as imagens:

Bahia é responsável por 31,5% do mercado nordestino de seguros 3588

Gráfico

Estado movimentou R$ 6,9 bilhões em prêmios, segundo a Susep

A Bahia possui o maior Produto Interno Bruto do Nordeste e representa 31,5% das operações do setor de seguros na região, segundo dados da Superintendência de Seguros Privados (Susep). No ano passado, o Estado movimentou R$ 6,9 bilhões em prêmios. Os números foram apresentados pela Sompo Seguros, na última quarta-feira (04), durante o Almoço de Negócios do Clube dos Seguradores da Bahia, que aconteceu no Hotel Fiesta.

Executivos da Sompo e do Clube dos Seguradores da Bahia
Executivos da Sompo e do Clube dos Seguradores da Bahia / Divulgação

A seguradora aproveitou a oportunidade para apresentar planos e expectativas para a região aos agentes do mercado local. A expectativa de expansão se dá principalmente nos ramos de Vida, Transportes e RE Massificados, na perspectiva dos executivos.

Francisco Caiuby Vidigal Filho, presidente da Sompo Seguros
Francisco Caiuby Vidigal Filho, presidente da Sompo Seguros / Divulgação

“A Sompo investiu substancialmente no plano de expansão de mercado, com perspectivas reais de alcançar um incremento de participação em diversas regiões. A Bahia e o Nordeste como um todo têm potencial de negócios e representam uma janela de oportunidades que a companhia vai explorar para aumentar sua participação, sempre propiciando soluções adequadas que representem melhora na qualidade de vida e bem-estar dos segurados”, explicou Francisco Vidigal Filho, presidente da Sompo Seguros no Brasil.

Fernando Grossi, diretor executivo comercial; Eduardo Fazio Lima, diretor comercial RJ, ES, Norte e Nordeste; além de Andre Gouw, gerente de Marketing; e o próprio presidente da seguradora traçaram os planos da seguradora para o Estado.

“A companhia atua na Bahia desde 1975 e sempre teve boa representatividade. Porém, decidimos investir para expandir ainda mais nossa atuação. Com isso, no ano passado a Sompo Seguros registrou um crescimento de 11,2%. Para 2018, temos perspectivas bastante animadoras para ramos como os de Vida, Transportes e Patrimoniais, por exemplo; dadas as características do mercado local”, disse Fernando Grossi, diretor executivo comercial da Sompo Seguros.

Marcos Vinicius Sousa da Silva, gerente da Sompo Seguros em Salvador
Marcos Vinicius Sousa da Silva, gerente da Sompo Seguros em Salvador / Divulgação

Na oportunidade, foi apresentado o novo gerente da filial Salvador, Marcos Vinicius Souza da Silva. O executivo apresentou uma palestra com um panorama do mercado e as estratégias da companhia para expandir o market share na Bahia.

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+