Mercado de seguros em peso no litoral gaúcho 7173

Encontro especial do Clube da Bolinha e da HDI Seguros no QG do JRS marcaram o final de semana

O final de semana foi marcado por grandes momentos de confraternização dos operadores do mercado de seguros, que, em peso, participam de ações efetivas no litoral gaúcho. Logo no almoço de sábado, os convidados da HDI Seguros desfrutaram do tradicional churrasco na beira de piscina, que marca todo o sábado de verão da ação #VerãoSuperSeguro, do Grupo JRS.

Destaque para a presença de figuras importantes como o diretor regional da seguradora, Rubens Oliboni, e o executivo Giovani Menger. Menger foi ainda o grande anfitrião junto a esposa, Roberta Ferri, do encontro especial do Clube da Bolinha em Seguros do Rio Grande do Sul, junto, claro, dos amigos Fernando Menezes, diretor executivo da Sultec Vistorias, e Sérgio Machado, executivo principal da BL Car – Serviços Automotivos (que na oportunidade prestigiou a colação de grau de sua filha).

O Condomínio Rossi, em Atlântida, foi palco deste grande encontro, embalado ao som da banda de Paulo Ciro, que levou os bolinhas e luluzinhas à pista de dança em mais um encontro fraterno.

Confira todas as imagens – Super final de semana do mercado de seguros no litoral:

Conheça uma das lojas mais sofisticadas do litoral gaúcho 4055

Seguro Sem Mistério foi conhecer instalações da Helè Home

A apresentadora do Seguro Sem Mistério foi conferir de perto uma das lojas mais sofisticadas do litoral gaúcho. A Helè Home oferece produtos de cama, mesa, banho e decoração com alta qualidade e exclusividade!

A atração é apresentada de forma inédita sempre aos domingos, a partir das 11h30min, nos canais 520 e 20 da NET na Grande Porto Alegre; E ainda no 526 e 26 nas demais regiões do Rio Grande do Sul. Consulte o guia de programação e verifique as reprises de terça a domingo.

Novidade oferece benefícios ao segurado e mais argumento de vendas ao corretor 1356

Clube + Vantagens Previsul segue evolução da seguradora

Com a intenção de sempre evoluir e oferecer cada vez mais vantagens ao segurado, a Previsul Seguradora inova mais uma vez. O Cartão de Vantagens Previsul agora se chama Clube + Vantagens Previsul e segue a linha de evolução da seguradora.

O clube dá acesso a descontos em diversas categorias de negócio, como beleza, saúde, carros e motos, moda, comida e bebida, esportes, entretenimento, viagens e lojas online. Além disso, também é possível usá-lo em outros países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru e Uruguai. O acesso é feito via site ou por meio do aplicativo da Previsul.

Andreia Araújo, diretora de Negócios da Previsul, explica que todos ganham com as soluções inovadoras da seguradora. “O principal usuário do clube é o cliente final, o segurado. Além do seguro, ele adquire acesso à plataforma de vantagens e descontos. Já o corretor, nosso parceiro, utiliza o clube como usuário e como argumento de vendas. Nos preocupamos em facilitar o dia a dia do corretor e fazer com que ele tenha mais atrativos na oferta do produtos Previsul”, destaca a diretora.

A Previsul Seguradora possui 111 anos de atuação e é referência em seguro de pessoas no Brasil. Está presente em 12 estados brasileiros, oito sucursais e mais de 20 escritórios, além da matriz em Porto Alegre (RS).

Clube dos Corretores de SP vai implantar novo plano de gestão 1245

No primeiro encontro do ano, diretoria da entidade presta conta aos associados e recebe o presidente reeleito do Sincor-SP

No primeiro encontro do ano, realizado no dia 6 de fevereiro, no Terraço Itália, o Clube dos Corretores de Seguros de São Paulo (CCS-SP) fez um balanço de suas atividades em 2017 e expôs as ações para 2018. De acordo com o secretário Evaldir Barboza de Paula, apesar da crise econômica, o CCS-SP encerrou o ultimo exercício com resultado positivo. Para este ano, algumas iniciativas estão previstas para a implantação de um plano de gestão profissional.

Evaldir Barboza de Paula, secretário do CCS-SP
Evaldir Barboza de Paula, secretário do CCS-SP / Divulgação

Cumprindo a tradição, o CCS-SP abriu os trabalhos do ano com a presença do presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo. Convidado para o encontro exclusivo, ele comentou a sua reeleição por aclamação, juntamente com sua diretoria, para o próximo mandato de quatro anos à frente do sindicato, e apresentou os principais pilares de seu plano de gestão.

Gestão profissional no Clube

Uma das primeiras ações da diretoria Executiva do CCS-SP neste ano será o recadastramento de associados, que deverá identificar desde o vínculo com pessoa jurídica até o histórico associativo e profissional de cada um. “Muitos associados estão conosco há muito tempo e isso precisa ser enaltecido”, disse o secretário Evaldir. Outra medida, segundo ele, será a reforma do estatuto do CCS-SP, que contemplará, inclusive, alterações na composição da diretoria. “A mudança no estatuto será deliberada e aprovada em assembleia específica com a participação de associados, após a apreciação das propostas”, disse.

Atualmente, o CCS-SP é gerido por apenas quatro membros, desde que houve o afastamento espontâneo de dois diretores no último ano. De acordo com o secretário, seguindo o modelo de outras entidades do setor, o quadro diretivo do CCS-SP deverá ser ampliado. “Até lá, constituiremos grupos com a participação de associados, como, por exemplo, a comissão para eventos extraordinários”, disse.

Metas do Sincor-SP

Reeleito para novo mandado na presidência do Sincor-SP, Alexandre Camillo aproveitou a ocasião para agradecer aos corretores o apoio e a confiança. Ex-mentor do Clube dos Corretores, eleito por aclamação em 2012, ele lembrou que seus primeiros passos na política setorial foram dados a partir de sua associação à entidade, 18 anos atrás. Destacou, ainda, que nesse curto espaço de tempo pôde alçar a presidência do Sincor-SP para a qual, agora, foi reeleito por aclamação.

Alexandre Camillo, presidente do Sincor-SP
Alexandre Camillo, presidente do Sincor-SP / Divulgação

Segundo o dirigente, a eleição com chapa única acrescenta um ineditismo à história recente do Sincor-SP. “Isso nos traz um sentimento de gratidão, mas não o entendimento de que somos unanimidade. Por isso, vamos arregaçar as mangas e trabalhar ainda mais”, disse. O plano de gestão para o atual mandado, construído com base na experiência dos últimos quatro anos, será focado em quatro pilares.

A administração do Sincor-SP, o primeiro pilar, será realizada com a otimização dos recursos, já considerando a nova realidade de reestruturação financeira pela qual os sindicatos patronais estão passando. Desde que a categoria aderiu ao Supersimples, o sindicato deixou de receber a contribuição sindical pessoa jurídica. Agora, com a modernização das leis trabalhistas, que tornou facultativa a contribuição sindical pessoa física, o Sincor-SP espera contar com a colaboração de seus associados. “Peço que continuem contribuindo porque nosso compromisso é manter a entidade com a mesma magnitude e representatividade da categoria”, disse.

O empreendedorismo, segundo pilar, é exercido também pelo Sincor-SP. Prova disso é a sua atuação consolidada como entidade certificadora digital e a criação da Câmara de Mediação e Conciliação, que, segundo Camillo, tem potencial para ser maior até que o próprio sindicato. “A Câmara promove o ciclo perfeito: valoriza o corretor, valoriza a instituição, trazendo rentabilidade e, especialmente, o consumidor ao promover a resolução de conflitos”, disse.

A atuação política do Sincor-SP junto ao Poder Público é o terceiro pilar do plano de gestão. “Sabemos que todos os movimentos passam pela política: o combate ao associativismo, os desafios tributários, novas reformas, enfim, precisamos estar inseridos na política”, disse. Por fim, o quarto pilar tem como foco transformar o Sincor-SP em um provedor de soluções para o corretor, inclusive como plataforma digital. Para tanto, o sindicato criou o Comitê de Inovação e Tecnologia que visa o empoderamento do corretor como melhor e maior canal de distribuição.

Durante o debate com a participação dos associados, Camillo revelou suas pretensões políticas. Respondendo ao questionamento de um corretor, ele reconheceu que o setor de seguros ainda não tem a representatividade na política nacional proporcional à pujança de um segmento que possui R$ 1 trilhão em reservas. A seu ver, também faltam representantes políticos oriundos do próprio mercado. “Não tenho apadrinhamento e não pretendo me afastar do Sincor-SP, mas se tiver o apoio dos corretores, tenho coragem e vontade para representar a nossa categoria em outras esferas”, disse.

Homenagens

Durante o almoço, o CCS-SP homenageou dois associados que neste ano irão completar 50 anos de carreira. Nilson Arello Barbosa, ex-mentor do CCS-SP, e Harry Leon Sztajer foram cumprimentados pelo mentor Adevaldo Calegari e pelo presidente do Sincor-SP, recebendo os aplausos dos demais associados.

Credicor

O almoço foi encerrado com a participação de Luiz Ioels, presidente da Cooperativa de Crédito Mútuo dos Corretores de Seguros do Estado de São Paulo (Credicor-SP), que trouxe boas novas. Segundo ele, no último ano a cooperativa cresceu 20% em números de cooperados, somando 2.200 corretores. O capital próprio cresceu 44%, atingindo R$ 4 milhões, os depósitos a prazo já somam R$ 17 milhões e o rendimento bruto aumentou 49%. “O corretor que não é cooperado está perdendo dinheiro”, disse.

Mais de 48 mil corretores de seguros participaram de treinamentos 1470

Dados da SulAmérica indicam crescimento de 12% na participação em 2017

A SulAmérica registrou um aumento de 12% na quantidade de treinamentos realizados para capacitação de corretores em 2017. Foram 8.841 encontros durante todo o ano passado, ante 7.900 de 2016.

Veja também: 6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018.

Para o vice-presidente comercial, Matias Ávila, a participação dos corretores eleva a afinidade com a maior seguradora independente do país e a relação de confiança entre ambos. “O que fazemos é dispor ferramentas para que o profissional conheça melhor nossos produtos e tenha mais recursos para atender ao seu cliente da melhor maneira possível”, afirmou.

Matias Ávila é vice-presidente comercial da SulAmérica
Matias Ávila é vice-presidente comercial da SulAmérica / Reprodução

Confirmando a evolução registrada nos últimos anos, 48.845 corretores participaram do Programa de Capacitação de Corretores, no ano passado. O número representa alta de 9,4% frente aos 44.655 participantes em 2016.

Veja também: Ressarcimento de planos ao SUS não deve impactar beneficiários, segundo FenaSaúde

O Programa de Capacitação de Corretores é um dos pilares do PRA Corretor (Programa de Reconhecimento ao Corretor). Este, por sua vez, tem como foco a expansão de volume de negócios. Além de abordar as várias possibilidades de negócios com a SulAmérica, o programa ainda fornece dicas e informações sobre estratégias de vendas, sobretudo o cross-selling.

6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018 3386

Este é o momento ideal para planejar um plano de seguro e proteção pessoal ou familiar

Quando se fala em contratação de seguro de vida, blindagem de patrimônio e proteção familiar, grande parte das pessoas demonstra dúvidas ou incertezas sobre qual a real necessidade de se obter um seguro. Entretanto, mesmo em momentos onde a insegurança fala mais alto, o importante é parar e pensar nos maiores bens que o ser humano possui e deve proteger: sua vida e sua família.

Mas afinal, o que é o seguro de vida?

O seguro de vida nada mais é do que uma forma de se proteger financeiramente diante de algum imprevisto. Geralmente, o assegurado garante um capital que, na sua falta, pode ser utilizado pelo beneficiário do seguro. Há também o seguro que pode ser utilizado para si próprio em caso de invalidez ou doença grave.

A importância do seguro de vida é muito maior do que a maioria das pessoas imagina. Infelizmente, a primeira impressão de alguém ao ouvir falar sobre seguro é a adição de mais um “gasto” diante de suas despesas convencionais. Porém, é necessário olhar com bons olhos para a contratação de uma proteção pessoal ou familiar, uma vez que o capital pago pelo seguro é justamente um investimento futuro para aqueles que se ama, garantindo a continuidade e estabilidade financeira da família.

Prestes a completar 20 anos de experiência no mercado segurador, o Grupo Life Brasil é uma holding especializada e dedicada exclusivamente na venda direta de seguros de vida. Com atendimento e consultoria personalizada, o grupo busca sempre atender as reais necessidades de seus clientes, aspecto esse que fez com que fosse reconhecido como case de sucesso no segmento. Para poder oportunizar o conhecimento e a importância da contratação do seguro de vida, listamos seis motivos para você planejar uma proteção familiar no início deste ano.

6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018

Proteção familiar
Para muitas pessoas a família é o principal alicerce e pilar de suas vidas. E é com o seguro de proteção familiar que você pode assegurar a proteção e a segurança daqueles que mais ama. Imprevistos podem acontecer a qualquer momento, sem que possamos imaginar. Para isso, esse seguro garante que, na sua ausência, sua família possa ter uma tranquilidade financeira.

6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018

Pensão (complemento de renda)
Esse seguro é essencial para quem pensa nos rendimentos e necessidades futuras daqueles que mais ama. Com ele, você pode deixar uma renda extra para a família, manter o seu padrão de vida ou garantir os estudos dos filhos, por exemplo, a partir de um valor que será pago mensalmente ao beneficiário. Ou seja, com esse seguro você pode agregar o rendimento e estabelecer financeiramente a sua família.

Resgate
A modalidade de resgate permite que parte do seguro contratado seja destinado para uma reserva que pode ser utilizada tanto para aquisição de bens, quanto para compra de imóveis, estudos ou garantia de renda futura. Quanto maior for a contribuição, maior será o valor depositado na reserva do seguro. Enquanto o seguro estiver vigente, sua contribuição estará aplicada até a data do seu resgate conforme as condições do produto.

Invalidez por acidente
O seguro de invalidez por acidente ou doença garante que você possa ter um capital diante de um imprevisto. Com isso, o assegurado pode ficar tranquilo financeiramente durante o período de recuperação ou até mesmo utilizar o valor do seguro para os cuidados necessários.

6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018

Lucros cessantes (Perda de honorários)

Esse seguro certifica que o principal responsável financeiro do lar possa ter um capital garantido em caso de algum acidente ou doença que impossibilite a produção da renda. Com isso, o beneficiado garante uma renda temporária caso algum imprevisto o impossibilite de realizar as suas atividades.

6 motivos para você contratar um seguro de vida em 2018

Funeral
A perda de alguém que amamos é um dos momentos mais tristes na vida. Além do sofrimento de perder uma pessoa especial, também vem a preocupação financeira com os encargos de funeral. Esse seguro possibilita que, mesmo no momento de dor e tristeza, sua família não precise arcar com as dívidas do funeral, já que esse benefício garante todos os custos de sepultamento.

Para conhecer mais sobre o Grupo Life Brasil e os seguros oferecidos basta acessar este site.