Projovem oferece 54 mil vagas em 18 estados 2376

Matrículas vão até 28 de fevereiro

Jovens entre 18 e 29 anos que desejam concluir o ensino fundamental e obter um certificado profissionalizante podem se inscrever no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), do Ministério da Educação (MEC). As matrículas vão até o dia 28 de fevereiro. O início das aulas está previsto para março.

Serão oferecidas 54 mil vagas, distribuídas nas modalidades urbano (43 mil) e campo (11 mil). Os interessados devem procurar as secretarias estaduais e municipais de Educação. O Projovem Urbano tem vagas em 13 estados e 25 municípios, incluindo oito capitais, entre elas Manaus, Belém, Recife, Rio de Janeiro, Rio Branco e Natal. No Projovem Campo há vagas em 11 estados e 45 municípios.

Coordenado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, o Projovem oferece cursos com duração ininterrupta de 18 meses na modalidade Urbano, com carga horária total de 2 mil horas. Na modalidade Campo, o curso tem duração total de 24 meses e se organiza pela metodologia de alternância, intercalando tempo escola e tempo comunidade.

“Essa iniciativa beneficia jovens de 18 a 29 anos que saibam ler e escrever e dá a oportunidade para que eles terminem o ensino fundamental”, explica o coordenador-geral de Política Educacional para a Juventude do MEC, Bruno Alves de Jesus.

Além de assegurar conteúdos do ensino fundamental regular, o Projovem tem cursos de iniciação profissional em diversas áreas, como administração, agroextrativismo, alimentação, arte e cultura, construção e reparos, esporte e lazer, gestão pública, produção rural familiar, transporte, turismo, vestuário, entre outros.

“Todo o material didático-pedagógico será elaborado e fornecido pelo MEC, e o conteúdo tem uma dinâmica voltada para esses jovens e para essa juventude em suas várias faces”, destaca o coordenador do MEC. Ainda segundo o ministério, o programa oferece também sala de acolhimento para filhos de até 8 anos dos estudantes ficarem durante o horário das aulas dos pais.

Seguros e educação financeira estão diretamente ligados 802

Semana Nacional de Educação Financeira

Assunto foi tema de debate entre ANSP e AIDA

O seguro como elemento de educação financeira e seu impacto na sociedade. Com esse intuito, Associação Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) e Associação Internacional de Direito de Seguros (AIDA Brasil) promoveram um debate sobre o assunto durante a 5ª Semana Nacional de Educação Financeira, no último dia 15 de maio.

“Contamos com a parceria da ANSP para desenvolver a educação no mercado de seguros com o objetivo de fortalecer o entendimento e a utilização dos produtos de seguro para a sociedade”, explica Inaldo Bezerra, presidente da AIDA no Brasil.

O debate expôs temas como novas tecnologias, mediação e conciliação como medidas de educação e economia social, gamificação e lições de economia e a relação entre educação de seguros e financeira. “A promoção da discussão de qualquer tema referente à educação, e especialmente à educação financeira, é parte central da nossa razão de existir, bem com a parceria com entidades como a AIDA”, reforça João Marcelo, presidente da ANSP.

Para Márcia Cicarelli, uma das expositoras e Diretora de Cátedras da ANSP, o evento “é fundamental para que se consiga ter no mercado de seguros essa conscientização de que o seguro se insere dentro de algo maior”.

A iniciativa contou foi organizada por Ana Rita Petraroli, coordenadora da Cátedra de Seguros Inclusivos da ANSP, e Vivien Lys, presidente do Grupo Nacional de Trabalho Solução de Conflitos da AIDA. “O conhecimento, por todos, de seus direitos e obrigações, tende, inclusive, a reduzir a litigiosidade no mercado de seguros”, finaliza Vivien.

Confraria SURA visa contribuir com a sustentabilidade de negócios e corretores 567

Sura

São Paulo foi palco do segundo encontro do Módulo Nacional do Programa de Educação Executiva

Promover conhecimento, informações que visam melhorar a consultoria dos clientes e garantir a sustentabilidade do mercado. Esse é o principal objetivo da Confraria SURA. A iniciativa teve seu segundo encontro do módulo nacional realizado entre os dias 15 e 17 de maio, no Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo, capital.

“Esse programa foi criado para que nossa empresa possa reconhecer e gerar valor para nossos parceiros por meio de um conteúdo customizado, com foco na gestão e no auxílio da sustentabilidade dessas corretoras. Entendemos que fortalecendo o negócio deles estamos, indiretamente, fortalecendo nossa empresa também, além de nos aproximarmos de forma muito efetiva”, afirma Thomas Batt, CEO da Seguros SURA.

O programa tem como pilares a capacitação, prestação de serviços diferenciados e reconhecimento de um grupo especial de corretores, selecionados por meio de análises de desempenho e de valorização da relação de longo prazo com a Seguros SURA. A primeira etapa do módulo nacional do programa de Educação Executiva aconteceu entre os dias 18 e 21 de abril, quando foram abordados temas como Visão Estratégica e Tendências, além de Gestão Estratégica de Pessoas, com participação de especialistas do mercado. Na segunda etapa, os temas abordados foram Estratégias de Venda e Experiência do Cliente, Planejamento da Sucessão e do Legado, Gestão Financeira e Tomada de Decisão, além de Geração de Valor para Clientes.

“A partir do entendimento da realidade dos corretores definimos todos os conteúdos do programa, com uma curadoria minuciosa e exclusiva. Completamos, com os temas abordados neste último módulo realizado, o ciclo de 360° do ponto de vista de gestão”, explica Marcelo Biasoli, diretor de Marketing e Inteligência de Negócio da Seguros SURA. Como próximo passo do programa, boa parte de toda a capacitação e conhecimentos apresentados nesse último encontro será compartilhada também com as equipes desses parceiros nas corretoras, por meio de apresentações presenciais. “Atingiremos cerca de 2 mil profissionais com essa ação”, finaliza Biasoli.

“Percebemos que nossos parceiros têm absorvido os aprendizados e a filosofia de desenvolvimento de negócios da Seguros SURA, que tem como base a geração de valor e não a disputa por preços. Estabelecemos uma relação de confiança com esses parceiros por meio da coerência, que fortalece nosso relacionamento e que fornece meios para viabilizar a sustentabilidade do negócio deles e do nosso”, diz Cristiano Saab, vice-presidente de Vendas, Canais e Subscrição da Seguros SURA.

Roberto Sami Acherboim, da Orla Administração e Corretagem de Seguros foi um dos participantes do Confraria SURA e destaca a efetividade da iniciativa. “Certamente vou aplicar muito do que vi na corretora. Já participei de outros treinamentos, mas nenhum neste padrão, e é nítido que ele foi feito com base na nossa realidade e nos nossos desafios”, relata Acherboim.

Corretores da Previsul estão em Cancún, no México 848

Cancún, México

Viagem é premiação final da campanha de vendas do ano passado

Os vencedores da Campanha de Incentivo de Vendas de 2017 da Previsul Seguradora, “Sou + Previsul – Você + leve muito em breve”, de todo o país embarcaram na última sexta-feira para Cancún, no México. Ao todo, 15 profissionais são acompanhados de Renato Pedroso, presidente, e Andreia Araújo, diretora de negócios da companhia.

“Parabenizo todos os corretores parceiros, que se dedicaram durante todo o ano de 2017. Este é o reconhecimento de todo o trabalho e esforço realizados no ano passado. O presidente Renato e eu fazemos questão de acompanha-los nesta viagem, pois sabemos o quão é importante estarmos sempre próximos dos nossos parceiros. Preparamos todo o roteiro com muito cuidado e carinho e esperamos que sejam dias de muita leveza, tranquilidade e diversão para todos os corretores”, explica Andreia. A comitiva deve retornar ao Brasil ao longo desta quarta-feira, 23.

A nova campanha já está no ar. Trata-se da “Sou + Previsul – É você corretor, no centro da inovação”. Cerca de 10 corretores com o melhor desempenho em vendas emitidas entre 1° de janeiro e 31 de dezembro de 2018 embarcam para São Francisco e Vale do Silício, nos Estados Unidos. “Todos os corretores têm chances de serem premiados com a viagem da Campanha de Incentivo. O engajamento e os resultados obtidos podem garantir uma viagem aos Estados Unidos, em 2019”, completa a diretora de negócios.

Cooperativas de proteção veicular caminham para regularização 5914

Comissão especial de Seguros e Previdência

Corretores de seguros poderão comercializar produtos do nicho que deverá ser fiscalizado pela Susep

Inicialmente proposto pelo deputado Lucas Vergílio (SD-GO) para criminalizar as cooperativas de proteção veicular, o Projeto de Lei 3139/15 agora abre espaço para a legalização do seguro mútuo no Brasil. A Comissão Especial de Seguros e Previdência, da Câmara dos Deputados, aprovou o parecer do deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP), relator do projeto.

O projeto de lei complementar será apreciado em três comissões permanentes antes de ser enviado ao plenário para votação definitiva. O texto equipara as cooperativas às seguradoras veiculares, mas a regulamentação será específica para o nicho. Itens como região de atuação e tamanho da operadora serão levados em conta. O seguro mútuo, também será fiscalizado pela Superintendência de Seguros Privados, a Susep.

Outras normas como apresentação de contratos claros, com descrição detalhada dos planos e serviços oferecidos, especificação de áreas geográficas de atuação e cobertura, além de comprovação de viabilidade econômico-financeira serão exigidas das cooperativas, que terão 180 dias, após tramitação e sanção presidencial, para adaptar suas operações às novas regras.

São mais de 5 milhões de motoristas que confiam em mais de 2 mil associações, segundo dados da Federação Nacional de Associações de Benefícios (Fenaben). As medidas aprovadas por unanimidade pelos deputados da Comissão Especial ainda impedem que as cooperativas possam atuar em outros segmentos além do ramo automotivo. As empresas serão enquadradas no sistema financeiro nacional e também devem pagar impostos, assim como as companhias de seguros, e também poderão contratar resseguros a fim de garantir a prestação de serviços.

O relatório prevê a atuação de corretores de seguros na comercialização de planos de seguro mútuo. Esses profissionais não poderão ser acionistas ou sócios de instituições que atuem no Sistema Nacional de Seguros e Previdência (SNSP).

Confira a íntegra da proposta original.

Confira a íntegra do parecer do relator Vinicius Carvalho (PRB-SP).

E você, o que pensa sobre o assunto?

Luan Santana encerra programação do 18º Conec 3325

Luan Santana

Maior encontro nacional de corretores de seguros acontece em setembro

O cantor Luan Santana vai encerrar a programação do Conec, maior encontro brasileiro de corretores de seguros. O evento é promovido pelo Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo (Sincor-SP) e acontece entre os dias 27 e 29 de setembro.

A festa comandada por um dos maiores cantores sertanejos do Brasil acontece a partir das 22h30min, no último dia do Congresso. A ideia do Sincor-SP é oferecer entretenimento após uma grade intensa de palestras.

O presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, explica que, neste ano, o congresso terá uma grade única de palestras para que todos os inscritos aproveitem os painéis. “Abordaremos os temas sob um novo olhar, para levarmos ao corretor uma visão de futuro”, comenta.

As inscrições continuam com o preço de lançamento e podem ser parceladas em até 6x no cartão de crédito ou 5x no boleto bancário. Para associados ao Sincor-SP, o investimento é de R$ 575, para corretores de seguros não associados, o valor da inscrição é de R$ 1.045 e para outros profissionais, o valor fica em R$ 1.560.

O valor de inscrição contempla alimentação, pasta do congressista, sorteio de automóveis, sorteio de prêmios, cerimônia de abertura e shows. No entanto, para a categoria de Colaborador Chave a cerimônia de abertura, a pasta do congressista, o sorteio de automóveis e o grande show de encerramento não estão inclusos.

O 18º Conec acontece de 27 a 29 de setembro, no Transamerica Expo Center, e todas as novidades podem ser acompanhadas neste site.