Icatu Seguros discute cenário de investimentos em Encontro com Gestores 13522

“Melhorar é o que vai acontecer”, disse César Saut

Cerca de 400 gestores de recursos nacionais e internacionais participaram ontem do ‘Encontro com Gestores’, promovido pela Icatu Seguros no Instituto Ling, em Porto Alegre (RS).

Em pauta, o cenário de investimentos no Brasil. Participaram dos painéis o Head de Renda Fixa da Vanguarda, Bernardo Schneider, e o sócio da AZ Quest Caio Colombo, responsáveis pelo debate sobre renda fixa. No painel de renda variável, participaram Fabio Spindola, CIO, CEO e sócio da Apex Capital e Dyana Oliveira, Head RI da Black Rock. Para finalizar os debates, o Painel Multimercado contou com Pedro Sales, CFA e Gestor da Estratégia de Ações Brasil da Verde Asset Management e André Salgado, sócio-fundador da Adam Capital. A mediação foi realizada por Leonardo Fernandes, economista e gestor de riscos corporativos do Grupo Icatu Seguros.

“O Brasil tem uma dimensão geográfica que daqui a 50 anos ainda seremos uma potência econômica no agronegócio. O agro está impulsionando o Brasil neste momento, e fez o Produto Interno Bruto (PIB) crescer, mas o Brasil pode crescer sim, em todos os segmentos”, disse Saut em entrevista ao Seguro Sem Mistério.

Saut traça duas formas de olhar: “pensar que não temos crescido ou ver tudo que temos para crescer“. “Acho que estamos entrando em uma era de transparência, de mais repeito ao consumidor, de mais seriedade, acho que estamos em uma era de transição política. De um modelo que foi criado no passado, não é suficiente para sustentar o presente, quiçá sustentar o futuro. O Brasil, no meu ponto de vista, é muito atrativo – mesmo com o rebaixamento do grau de investimento. Melhorar não é uma tendência, melhorar é o que vai acontecer“, explicou.

Confira todas as imagens:

2ª Convenção Anual da Sustentare Seguros reúne Unidades de Negócio 1646

Produção ultrapassa R$ 61 milhões em 2017 com diversificação de produtos e concentração em companhias parceiras

Com mais de 98 unidades de negócio, a Sustentare Seguros promoveu a segunda edição da Convenção Anual, no Novotel Três Figueiras, em Porto Alegre (RS). Tudo aconteceu no último sábado (19), com a presença efetiva de um público atento aos resultados e treinamentos promovidos em um dia recheado de atrações. Participaram do momento executivos da Allianz Seguros, Azul, Bradesco Seguros, Chubb, HDI, Liberty Seguros, Sancor, Sompo Seguros e Tokio Marine.

Marcos Stock Trevisan é CEO da Sustentare Seguros
Marcos Stock Trevisan é CEO da Sustentare Seguros

No ano passado a Sustentare produziu mais de R$ 61 milhões com a venda de seguros. O ano passado foi marcado pela diversificação de produtos e maior concentração nas companhias seguradoras parceiras. A expectativa é que a cifra ultrapasse os R$ 72 milhões em 2018. “A aceitação no mercado catarinense está sendo muito boa. Existem muitos corretores que enfrentam dificuldades e encontram na Sustentare uma solução para seus negócios”, comenta Marcos Stock Trevisan, CEO da Sustentare.

O primeiro semestre foi marcado pela disputa acirrada entre os operadores do setor. A Sustentare conseguiu uma expansão de 21,5% na operação e este ano deve oferecer uma viagem em um cruzeiro marítimo aos destaques de produção, em um sistema único de reconhecimento. Caxias do Sul/Esplanada, Arroio do Meio e Lagoa Vermelha foram os grandes vencedores na edição anterior da campanha de incentivo. “Todos irão viajar para o Beach Park, em Fortaleza (CE). As três unidades que ganharam utilizam 100% do sistema de negócios”, frisa Stock.

2ª Convenção Anual Sustentare Seguros – Todas as imagens:

Autoglass disponibiliza serviços especiais aos segurados Mapfre 1385

Empresa apresenta diferenciais ao mercado gaúcho

A semana é marcada por forte ação da Autoglass com os segurados Mapfre do Rio Grande do Sul. Os corretores de seguros de Caxias do Sul, Novo Hamburgo e Porto Alegre foram apresentados à todos os benefícios, produtos e coberturas disponibilizados ao segurado da companhia.

“Isso faz com que o segurado não seja lembrado apenas na hora de renovar a apólice, mas que ele possa contar com serviços como reparo de arranhões, proteção de para-choque e o projeto piloto que disponibiliza o martelinho de ouro, oferecidos como cortesia aos clientes Top Plus da Mapfre nessa fase inicial”, explicou Thiago Schmid, representante comercial da Autoglass.

A iniciativa apresenta mais um argumento de venda aos profissionais de corretagem. “Ás vezes o corretor vende a cláusula, mas não está explicitado o que ela abrange. Hoje tivemos ainda demonstração dos serviços que a Autoglas faz com a Mapfre. O martelinho é inovador e a Mapfre conta com estruturas preparadas em diversas regiões. Investimos e seguiremos investindo nisso”, explicou Sandro Pinto de Moraes, diretor territorial da companhia no Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina.

Autoglass apresenta diferenciais ao mercado gaúcho de seguros – Todas as imagens:

Atlas Life visa ser corretora especialista Icatu Seguros 1464

Empresa de corretagem mais que dobrou produção com a seguradora no primeiro trimestre de 2018

Com um crescimento superior a 100% na produção com a Icatu Seguros no primeiro semestre do ano, a Atlas Life Corretora de Seguros almeja o título de corretora especialista concedido pela seguradora. “A Atlas nasceu em 2009 e soma toda a experiência de seus sócios-fundadores, que estão há mais de 15 anos no mercado de seguros. Somamos forças para uma maior produção visando qualidade em nossos negócios”, destacou Alcibíades de Lima, sócio-proprietário da corretora de seguros.

São dois anos e meio de parceria da empresa com a Icatu Seguros. “Mais do que atingir as metas, a Atlas vem em busca dos mesmos objetivos da companhia. Entendemos que o corretor de seguros tem um papel fundamental na distribuição de produtos. Com a Atlas estamos ratificando essa importância, com foco na venda consultiva, que visa atender a necessidade e oferecer as melhores soluções em relação ao planejamento do cliente para o futuro”, destaca Josiana Schneider, superintendente de mercado Região Sul da Icatu Seguros.

“A Icatu foi uma grata surpresa. Estávamos carentes no nicho de previdência privada, pois o nicho alavanca a venda de seguros de vida. Esse também é nosso objetivo”, ressalta Lima. “Agora é consolidar nosso trabalho de maneira estruturada para atingirmos esse objetivo”, completa Fábio Moraes, consultor de negócios da Atlas Life Corretora de Seguros.

Cooperativas de proteção veicular caminham para regularização 6813

Comissão especial de Seguros e Previdência

Corretores de seguros poderão comercializar produtos do nicho que deverá ser fiscalizado pela Susep

Inicialmente proposto pelo deputado Lucas Vergílio (SD-GO) para criminalizar as cooperativas de proteção veicular, o Projeto de Lei 3139/15 agora abre espaço para a legalização do seguro mútuo no Brasil. A Comissão Especial de Seguros e Previdência, da Câmara dos Deputados, aprovou o parecer do deputado Vinicius Carvalho (PRB-SP), relator do projeto.

O projeto de lei complementar será apreciado em três comissões permanentes antes de ser enviado ao plenário para votação definitiva. O texto equipara as cooperativas às seguradoras veiculares, mas a regulamentação será específica para o nicho. Itens como região de atuação e tamanho da operadora serão levados em conta. O seguro mútuo, também será fiscalizado pela Superintendência de Seguros Privados, a Susep.

Outras normas como apresentação de contratos claros, com descrição detalhada dos planos e serviços oferecidos, especificação de áreas geográficas de atuação e cobertura, além de comprovação de viabilidade econômico-financeira serão exigidas das cooperativas, que terão 180 dias, após tramitação e sanção presidencial, para adaptar suas operações às novas regras.

São mais de 5 milhões de motoristas que confiam em mais de 2 mil associações, segundo dados da Federação Nacional de Associações de Benefícios (Fenaben). As medidas aprovadas por unanimidade pelos deputados da Comissão Especial ainda impedem que as cooperativas possam atuar em outros segmentos além do ramo automotivo. As empresas serão enquadradas no sistema financeiro nacional e também devem pagar impostos, assim como as companhias de seguros, e também poderão contratar resseguros a fim de garantir a prestação de serviços.

O relatório prevê a atuação de corretores de seguros na comercialização de planos de seguro mútuo. Esses profissionais não poderão ser acionistas ou sócios de instituições que atuem no Sistema Nacional de Seguros e Previdência (SNSP).

Confira a íntegra da proposta original.

Confira a íntegra do parecer do relator Vinicius Carvalho (PRB-SP).

E você, o que pensa sobre o assunto?

Luan Santana encerra programação do 18º Conec 3424

Luan Santana

Maior encontro nacional de corretores de seguros acontece em setembro

O cantor Luan Santana vai encerrar a programação do Conec, maior encontro brasileiro de corretores de seguros. O evento é promovido pelo Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo (Sincor-SP) e acontece entre os dias 27 e 29 de setembro.

A festa comandada por um dos maiores cantores sertanejos do Brasil acontece a partir das 22h30min, no último dia do Congresso. A ideia do Sincor-SP é oferecer entretenimento após uma grade intensa de palestras.

O presidente do Sincor-SP, Alexandre Camillo, explica que, neste ano, o congresso terá uma grade única de palestras para que todos os inscritos aproveitem os painéis. “Abordaremos os temas sob um novo olhar, para levarmos ao corretor uma visão de futuro”, comenta.

As inscrições continuam com o preço de lançamento e podem ser parceladas em até 6x no cartão de crédito ou 5x no boleto bancário. Para associados ao Sincor-SP, o investimento é de R$ 575, para corretores de seguros não associados, o valor da inscrição é de R$ 1.045 e para outros profissionais, o valor fica em R$ 1.560.

O valor de inscrição contempla alimentação, pasta do congressista, sorteio de automóveis, sorteio de prêmios, cerimônia de abertura e shows. No entanto, para a categoria de Colaborador Chave a cerimônia de abertura, a pasta do congressista, o sorteio de automóveis e o grande show de encerramento não estão inclusos.

O 18º Conec acontece de 27 a 29 de setembro, no Transamerica Expo Center, e todas as novidades podem ser acompanhadas neste site.