Seguro residencial pode custar menos que uma pizza no mês 3380

Coberturas vão muito além da proteção à casa

De acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) de 2016, menos de 20% dos lares brasileiros estão cobertos com apólices do seguro residencial. O técnico em informática Norton Steffrens possui o seu, com coberturas tradicionais, para preservar o seu apartamento em Canoas (RS) há alguns anos. O que ele não sabia é que este tipo de apólice pode possuir benefícios que vão muito além da proteção a sua casa, como o Mapfre Residencial Multiflex.

A dona de casa Viviane Modzeiski não tinha conhecimento que esta proteção pode custar o preço de uma pizza no mês, partindo de R$ 30 mensais. Já o zelador Benhur Castro complementa que teria contratado se o tivessem oferecido por considerar o custo-benefício muito interessante. “As pessoas ainda assimilam muito que fazer seguro é caro porque elas fazem uma comparação com seguro do veículo, que pode variar de dois a três mil reais para um automóvel que parte de 40 mil reais. Mas para uma residência de meio milhão, o seguro pode partir de 30 a 40 reais mensais até valores mais elevados dependendo das características da residência”, argumenta o gerente territorial de seguros gerais da Mapfre, Ivan Marcos dos Santos

O executivo conta que o Mapfre Residencial Multiflex consegue adaptar-se a várias necessidades, oferecendo, além das proteções habituais, outras complementares. Quebra de vidros extensivo para muros, pequenos danos ao entrar e sair da garagem e proteção especial para pessoas com mais de 60 anos ou portadores de necessidades especiais são algumas delas. “Nós nos preocupamos muito em oferecer coberturas diferenciadas para amparar nossos clientes”, afirma.

Coparticipação e franquias em planos de saúde 542

Prontuário médico

Novas opções representam avanço para o setor e consumidores

“Novas e mais acessíveis formas de contratação”, assim define José Cechin, diretor-executivo da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), sobre a opção de franquias ou coparticipação nos planos de saúde. Na opinião da Federação, a proposta da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) representa um avanço não apenas para o setor, como para os consumidores.

Normativo da agência reguladora visa atualizar questões relevantes sobre o tema, como limites e parâmetros para aplicação dos produtos. A estimativa é que 50% dos contratos possuam algum desses mecanismos.

“Isso é opcional. O consumidor pode ou não optar pelo plano com essas características, que funcionam como um moderador do uso e, portanto, combate os desperdícios. Isso não quer dizer que o paciente deve descuidar da saúde”, reforça Cechin.

A diferença entre estes sistemas nos planos de saúde

Ainda segundo o diretor da FenaSaúde, o plano com franquia é direcionado ao consumidor que se planeja e dispõe dos recursos para arcar com estes valores. “Cabe a cada um analisar suas necessidades médicas e possibilidades financeiras. O importante é que o consumidor ganha mais escolhas, algo sempre positivo”, explica. Para José Cechin a competição entre as operadoras evitará o risco de planos excessivamente caros. “O plano com franquia terá uma mensalidade menor e sem a perda de qualidade assistencial”, reforça.

Como o modelo é baseado no mutualismo, quando há desperdício todos acabam pagando. Isso ainda ocasiona em reajustes maiores na mensalidade dos planos. Visando essa situação, a coparticipação funciona como um fator moderador importante, uma vez que evita o uso desnecessário de recursos e gera uma relação de mais responsabilidade com o sistema de saúde, na visão da FenaSaúde.

Portais do Grupo BB e Mapfre adotam tradução digital em Libras 601

Mãos

Ferramenta facilita acesso e entendimento de conteúdos

O Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre ampliou a acessibilidade dos portais das marcas e passa a contar com tradução simultânea da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para isso, os sites contarão com a presença do Hugo, um simpático avatar que realizará todas as traduções de forma dinâmica e interativa.

“O objetivo da iniciativa é aprimorar, ainda mais, a comunicação e o relacionamento com os diversos públicos que acessam esse canal de atendimento. Temos o compromisso de fortalecer a cultura de seguros no país e essa ação é um passo fundamental para isso”, conta Leonardo Mattedi, diretor geral de Administração, Finanças e Marketing do Grupo Segurador.

A implantação de ferramentas como essa facilitam o acesso e o entendimento de todo o conteúdo dos portais. O acesso à tradução é simples e intuitivo. Basta o usuário clicar no ícone de cores branco e azul, que simboliza duas mãos, localizado no canto direito da página, e o Hugo surgirá em uma janela exclusiva. Ao clicar no link desejado, automaticamente o personagem realiza a tradução em Libras do site.

Qual a visão do consumidor sobre seguro de pessoas? 2459

ÉderOliveira

2º Fórum do CVG/RS aborda visão de mercado pela ótica do cliente

Oferecer soluções customizadas e elaboradas com foco na visão do consumidor é fundamental para o desenvolvimento do mercado de seguros. Pensando nisso, o Clube de Seguros de Vida e Benefícios (CVG/RS), reúne especialistas de distintas áreas na 2ª edição do Fórum de Debates. O evento acontece no dia 26 de abril, no auditório do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS).

O especialista em Marketing e editor do portal Consumidor-RS, Alexandre Appel, será um dos painelistas. A médica e presidente do Instituto da Mulher Mais Saudável, Carlen Luz, complementa os debates ao lado de Paulo Alaniz, presidente do Instituto Brasileiro dos Auditores Independentes (Ibracon). O sócio da Atuária Brasil e presidente do CVG/RS, Éder Oliveira, será o mediador deste encontro exclusivo para associados a entidade.

Inscrições para o 2º Fórum do CVG/RS – Visão do consumidor sobre o mercado de seguros de pessoas

As inscrições acontecem até o dia 20 de abril e contam com menos de 50 lugares disponíveis. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: secretaria@cvgrs.com.br.

Agenda Eventos CVG/RS 2018
Agenda completa de eventos promovidos pelo CVG/RS em 2018

Antônio Prado (RS) recebe visitantes de braços abertos na Noite Italiana 2322

GilsonBochernitsaneJúlia

38ª edição do evento acontece nos dias 18 e 25 de agosto

Desde 1980, a Noite Italiana de Antônio Prado (RS) é um dos eventos mais aguardados pelos amantes da cultura italiana no Brasil. A cidade possui cenários encantadores e recebe milhares de visitantes nos dias 18 e 25 de agosto, no Centro de Eventos do município, localizado na Serra Gaúcha.

Na última edição, mais de 4 mil participantes apreciaram o melhor da culinária e do vinho da Itália. Quem marcou presença na última edição foi a Generali, representada por Nery Silva, head da companhia na América Latina; Rafael Alquati, diretor da Região Sul; e Fabrício Porto, gerente da filial Porto Alegre. Os profissionais foram recepcionados pelo CEO da Solaris Corretora de Seguros, Laureano Fortuna, e sua equipe.

Mercado segurador em peso na cidade de Antônio Prado

O mercado segurador prestigiou em peso a última edição da Noite Italiana. Gilson Bochernitsan, diretor regional da SulAmérica; Waldecyr Schilling, diretor Região Sul da Zurich Seguros; e o casal Clovis e Joyce Della Flora, do Grupo Autosul, também prestigiaram a ação.

Relacionamentos promovem amizades e resultados 1830

Pessoas

Confira o artigo de Adelino Cruz para a edição 212 da Revista JRS

Quando faço palestras ou ministro um curso, principalmente no que trata em qualidade de atendimento, procuro deixar claro que, além da vantagem de aprender como conquistar um novo cliente, é preciso ter sensibilidade para perceber que esta oportunidade pode lhe garantir um bom relacionamento ou até mesmo um novo amigo.

Vivemos uma época em que muitos não se aperceberam da importância de dedicar um tempo para conversar com pessoas. A tecnologia da comunicação, vital para a modernidade e para atingir o maior número possível de pessoas favorece os relacionamentos e negócios, mas nem sempre aproxima fisicamente as pessoas. Quem já viveu mais tempo sabe muito bem da importância do contato pessoal, do olho no olho e, principalmente, do diálogo que se estabelece com o poder de conseguir um sim imediato para o fechamento de um negócio ou até mesmo criar vínculos favoráveis para um relacionamento maior. Uma amizade favorecerá novas indicações para o fechamento de novos negócios.

Se por um lado os e-mails levam mensagens instantaneamente, por outro lado, é comum não haver retorno e muito menos a possibilidade de cobrar por uma resposta, pois não houve aproximação ou relacionamento estabelecido com algum profissional, muito menos a possibilidade de novos contatos.

Não quero externar com isso que o uso da tecnologia não é vital para os dias atuais. Particularmente utilizo muito os meios existentes, que tem uma finalidade importante para o mundo moderno em que vivemos. Já não podemos mais viver sem a tecnologia existente, que será cada vez mais importante para a saúde, para os negócios e para o sucesso de qualquer profissional, empresa ou atividade. Isto não exclui o tema proposto, pois é possível afirmar que os relacionamentos promovem resultados além de amizades, que podem vir a ser prazerosos para qualquer profissional. As exigência do mundo em que vivemos faz com que a solidão tenha lugar garantido para milhões de pessoas no mundo que sofrem de ansiedade, angustia ou mesmo depressão. Mesmo aqueles que ocupam cargos importantes, tanto na vida pública quanto privada. Pessoas estão rodeadas de pessoas que não tem nenhuma aproximação além daquela exigida pelo trabalho.

A insônia toma conta de muitos. Ao ficarem a sós sentem o pavor da solidão. Não ter alguém para confidenciar suas alegrias e tristezas ou mesmo estabelecer um dialogo que não seja trabalho alimenta o sofrimento causando doenças emocionais. Faltam relacionamentos pessoais.

O trabalho e os negócios, em geral, promovem relacionamentos, que não raras vezes se transformam em grandes amizades, evitando que a solidão seja a companheira fora do trabalho. Convido-os a refletirem sobre isso. Uma coisa não exclui a outra. O ser humano só vive bem quando realiza seus objetivos e soma relacionamentos que o tornam humano e feliz.

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+