Termômetro do mercado brasileiro de seguros 3604

Prêmio Segurador Brasil reconheceu principais executivos, empresas e prestadores de serviços do ano

A Revista Segurador Brasil promoveu, no último dia 5 de abril, a 15ª edição do Prêmio Segurador Brasil. A iniciativa serve como termômetro para os principais executivos, empresas e prestadores de serviços no ano de 2018. O evento foi realizado em São Paulo (SP) com 350 convidados.

Um dos destaques foi a Previsul Seguradora, que recebeu os prêmios Melhor Desempenho e Liderança em crédito interno. A companhia também foi premiada como Destaque comercial, Destaque de Seguros, pela atuação da diretora de Negócios, Andreia Araújo e, pelo terceiro ano consecutivo, levou o prêmio Marketing 10, desta vez com o case da campanha de marketing 2017.

PrevisulSeguradora
As premiações da Previsul Seguradora / Reprodução

“Estamos aprimorando uma série de processos e produtos, principalmente nos aspectos de tecnologia, inovação e excelência em atendimento, tendo por foco os corretores de seguro e segurados, com o objetivo de posicionar a Previsul entre as maiores seguradoras do mercado e a seguradora digital do corretor. Também trabalhamos muito para proporcionar um ambiente de trabalho leve para os nossos colaboradores, que estimule o aprendizado e trabalho em equipe para que, juntos, possamos conquistar mais prêmios como estes”, afirma Andreia, que recebeu o prêmio de destaque de seguros.

“Ao longo destes 18 anos na Previsul, tenho trabalhado sempre focada na busca da excelência no atendimento ao corretor de seguros, contando com uma equipe extremamente engajada e comprometida, o que nos assegura os excelentes resultados, sobretudo nos últimos dois anos”, diz.

A Bradesco Seguros também conquistou cinco troféus, nas categorias Melhor Desempenho em Auxílio Funeral – Grupo Bradesco Seguros; Melhor Desempenho Global (faturamento acima de R$ 2,5 bilhões) – Bradesco Capitalização; Melhor Desempenho no Ramo Habitacional – Bradesco Seguros; Melhor Evolução Global – Market share – Bradesco Capitalização; e Melhor Desempenho no Ramo Lucros Cessantes – Bradesco Seguros.

O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação
O Superintendente Douglas Duran e os Superintendentes-Executivos Fu Shou Hai e Rodrigo Moreno, representaram o Grupo Bradesco Seguros na cerimônia de premiação / Divulgação

Outro destaque foi para a Seguros SURA, reconhecida com o Melhor Desempenho no segmento de Transportes Nacionais. A premiação nesta categoria contempla conglomerados de até R$ 2,5 bilhões e os critérios de avaliação foram definidos pela Silcon Estudos Econômicos, empresa especializada em economia corporativa.

“Nos orgulhamos deste importante reconhecimento no segmento de transportes, um dos mais importantes para nossa Companhia. O prêmio reforça nosso comprometimento em desenvolver soluções completas e customizadas, com custo competitivo e serviços diferenciados”, afirma Amilcar Spencer, Superintendente de Transportes da Seguros SURA.

Na semana em que comemorou o 79º aniversário, o IRB Brasil também foi reconhecido na categoria especial Empreendedor Brasil, que reconhece ações pioneiras, liderança e empreendedorismo. Para representar a empresa, estiveram presentes Lucia Valle, vice-presidente de Riscos e Compliance; André Guidetti, gerente de Riscos de Engenharia; e Lucas Mello, gerente de Gestão de Clientes .

Segundo a organização do Prêmio Segurador Brasil, a companhia exerceu papel relevante para o crescimento do país e se tornou uma das 10 maiores resseguradoras do mundo em quase 80 anos de atividades.

“2017 ficou marcado em nossa história e esta ocasião só vem coroar para o mercado o momento positivo vivido pelo IRB, mesmo diante de um cenário político e econômico desafiador. No ano passado, realizamos um IPO de sucesso com uma estratégia assertiva de negócios e nos tornamos uma das dez maiores resseguradoras do mundo”, aponta Lucia Valle.

Entre Entidades Abertas de Previdência Privada Sem Fins Lucrativos (EAPPs), o grande destaque foi o GBOEX. A empresa é Destaque de Mercado e comemora no próximo mês 105 anos de atividades.

Recentemente, o GBOEX também foi novamente reconhecido com o Troféu Top Life Brasil. A homenagem, concedida pelo Grupo Life Brasil, corretora de seguros de vida parceira da empresa, aconteceu em jantar de gala no Resort Costão do Santinho, em Florianópolis (SC).

Destaque do Mercado em Previdência Privada, a Brasilprev também foi reconhecida pela categoria especial Empreendedor Brasil. Líder do setor, a empresa obteve lucro líquido ajustado de R$ 1,09 bilhão e faz a gestão de mais de R$ 236 bilhões em ativos no ano passado.

Já a Ikê Assistência Brasil foi destaque na categoria Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas. Recentemente a companhia entrou para o clube do Top+América, prêmio organizado pela revista El Economista, do México, que reconhece o esforço das empresas que trabalham para criar e manter uma cultura organizacional em toda América Latina. Além disso, a empresa também recebeu o selo Great Place to Work (GPTW).

Divulgação Ikê Assistência
Divulgação

“Estes prêmios mostram que a Ikê está no caminho certo para criar um ambiente de trabalho saudável que se reflete no atendimento que oferecemos a nossos clientes”, diz Marusia Gomez, CEO da Ikê no Brasil.

Outro destaque relevante foi a homenagem a Mauro César Batista, homenageado como destaque e dirigente do seguro. Batista tem uma longa trajetória profissional. Presidente do Sindicato das Seguradoras de São Paulo (Sindseg-SP), atualmente é membro de um dos Conselhos do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre; membro do Conselho de Administração da Escola Nacional de Seguros, do Conselho de Representantes da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenaseg) e do Conselho Superior da Confederação Nacional de Seguros (CNseg).

Confira as empresas classificadas e as respectivas categorias do Prêmio Segurador Brasil:

Equatorial Microsseguros: Pioneirismo e Empreendedorismo e Melhores Desempenhos (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Seguradora;
ALM Seguradora: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Seguradora;
Previsul Seguradora: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Liderança – Crédito Interno;
Bradesco Seguros: Melhor Desempenho Global (acima de R$ 2,5 bilhões) e Melhor Evolução Global (market share) – Capitalização; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Auxílio Funeral, Habitacional, Lucros Cessantes; Liderança (evolução do market share 2016/2017) – Habitacional;
Tokio Marine: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Automóvel, RC-D&O, RC-Geral, Transportes Internacionais, Vida Individual; Liderança – Automóveis, RC-Geral e Transportes Internacionais; Maior Crescimento de Vendas – Riscos de Petróleo;
Seguros SURA: Melhor Desempenho (abaixo R$ 2,5 bilhões) – Transportes Nacionais;
SulAmérica: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – Condomínio;
Pottencial: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Garantia;
Porto Seguro: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Empresarial, Perda de Renda, RC/RCF Ônibus; Liderança – Empresarial; Maior Crescimento de Vendas – RC/RCF Ônibus;
Liberty Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) e Maior Crescimento de Vendas – Educacional; Melhor Desempenho (acima de 2,5 bilhões) e Liderança – Marítimos; Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – RC Ambiental e Riscos Rurais;
Icatu Seguros: Maior Crescimento de Vendas – Doenças Graves e Terminais;
Fairfax: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Riscos Aeronáuticos;
BNP Paribas Cardif do Brasil: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Perda de Renda; Liderança – Fiança Locatícia, Garantia Estendida, Perda de Renda; Maior Crescimento de Vendas – Fiança Locatícia, Perda de Renda;
Berkley Brasil: Liderança – RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – RC-D&O;
Argo Seguros: Melhor Desempenho (abaixo de R$ 2,5 bilhões), Liderança e Maior Crescimento de Vendas – RC – Ambiental;
Munich RE: Melhor Desempenho (patrimônio líquido maior de R$ 500 milhões) – Resseguros;
Allianz Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Acidentes Pessoais, Aeronáuticos, RC-E&O; Maior Crescimento de Vendas – Aeronáuticos;
American Life: Maior Crescimento de Vendas – Auxílio Funeral;
Grupo Banco do Brasil e Mapfre: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Eventos Aleatórios; Liderança – Vida Individual e Eventos Aleatórios;
Sompo Seguros: Melhor Desempenho (acima de R$ 2,5 bilhões) – Fiança Locatícia, Riscos Nomeados e Operacionais, Transportes Nacionais; Liderança – Transportes Nacionais;

Demais premiados (avaliados pelo Comitê de Organização do Prêmio Segurador Brasil 2018):

Brasilprev: Empreendedor Brasil – Destaque do Mercado em Previdência Privada;
IRB Brasil RE: Empreendedor Brasil;
Alfa Seguradora: Destaque em Seguros Patrimoniais;
XL Seguros Brasil: Excelência em Soluções de Seguros;
GBOEX: Destaque do Mercado, 105 Anos – Segmento EAPPS;
Previsul Seguradora: Destaque Comercial e Marketing 10 (Campanha de Marketing 2017);
Tokio Marine: Grande Destaque do Mercado de Seguros;
MetLife: Mérito na Prestação de Serviços – Portal Corretor;
Sancor Seguros: Empreendedor Brasil – Seguros Empresariais, Pessoais e Agropecuários;
Grupo Negrini: Mérito na Prestação de Serviços de Controle e Gestão para o Mercado Segurador;
Paso Treinamento: Mérito em Treinamentos Corporativos;
Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos: Excelência na Prestação de Serviços Hospitalares;
Engeval: Mérito na Prestação de Serviços – Engenharia de Avaliações;
I4PRO: Empreendedor Brasil – Líder na Automação de Processos de Seguros;
Ikê Assistência: Melhor Empresa na América Latina de Serviços de Assistência e Soluções Integradas;
SAS: Líder em Análise Avançada de Dados

Profissionais e Dirigentes (pessoas do mercado pela trajetória profissional):

Mauro César Batista: Destaque do Mercado/Dirigente de Seguros;
Alexandre Camillo: Profissional Corretor;
Andreia Araújo: Destaque de Seguros

*Com informações de Brasil Notícias, Diferencial Editoração, Literal Link, Oficina do Texto e IRB Brasil RE.

HDI realiza ações para celebrar o mês da diversidade 357

Mãos e cores

Programação discute sexualidade, racismo e a importância do respeito e inclusão em todas esferas da sociedade

A HDI Seguros preparou uma série de ações para os colaboradores no Mês da Diversidade, com o objetivo de discutir a igualdade de gênero, raça e etnia. Fazem parte da programação palestras sobre sexualidade, racismo e a importância do respeito e da inclusão em todas as esferas da sociedade.

“Queremos abrir espaço para reflexões sobre a importância da inclusão e da igualdade com o nosso time não apenas durante este mês, mas de forma contínua. Na HDI, valorizamos a diversidade e buscamos constantemente tornar o ambiente de trabalho acolhedor e humano”, comenta Paulo Moraes, diretor de Marketing da HDI Seguros.

Para aprofundar as discussões, a companhia convidou participantes com bastante bagagem sobre os assuntos tratados. Uma delas é a Julia Rosemberg, da SSEX BBOX – Sexualidade Fora da Caixa, um projeto de consultoria sobre diversidade e perspectivas plurais da sexualidade. Outra convidada foi a Danielle Torres, sócia-diretora da área de Seguros da KPMG no Brasil, que é mulher, transgênero e andrógina. Ela dividiu com os colaboradores os desafios e alegrias de se assumir como é.

Além disso, a HDI preparou uma série de posts em sua rede social interna explicando a história do movimento LGBTQIA+ e suas conquistas. A sigla LGBTQIA+ significa Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Queer/Questionando, Intersexos, Assexuais/Arromântiques/Agêneros, Pan/Poli, e mais.

Seguradora aplica técnicas de sensoriamento remoto em áreas rurais 387

Sensoriamento

Drones e monitoramento a distância de clima são algumas das tecnologias testadas em projetos pilotos de sensoriamento

O uso de imagens de satélite para a análise de áreas sinistradas e o cálculo de exposição de riscos de safras agrícolas em razão da variação do clima é apenas um dos recursos adotados pelo Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre para o sensoriamento remoto nas operações de seguro rural.

Uma das tecnologias testadas são os drones – sigla em inglês para veículos aéreos não tripulados –, que podem chegar a locais onde os peritos dificilmente conseguiriam.

Com eles, já foram realizados dois atendimentos em áreas seguradas: um, para apoiar a identificação de bens em vistorias prévias para a aceitação de risco em uma criação de aves; outro, para complementar a apuração de prejuízos de um sinistro causado por ventos fortes em uma floresta de eucalipto de 8 mil hectares.

“O projeto de sensoriamento remoto trará uma nova perspectiva de atendimento ao segurado e de gestão de risco, além de possibilitar o desenvolvimento de novas soluções e serviços de seguros aos clientes. O Grupo se posiciona na vanguarda dessas possibilidades, que geram ganhos financeiros e de tempo às operações, além de reconhecimento de nossa marca como referência em inovação e atendimento”, afirma Wady Cury, diretor geral de Habitacional e Rural do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

De acordo com Paulo Hora, diretor técnico Rural do Grupo, o projeto de sensoriamento remoto para análise e monitoramento de riscos e regulação de sinistros está associado a Geoprocessamento e Analytics. As tecnologias estudadas para análise dos dados de diversas variáveis em riscos geolocalizados em mapas e integrados às operação vão desde imagens de satélite ao uso de drones, radares, telemetria, e outras possibilidades.

“O uso de drones, especificamente, é uma das iniciativas que já utilizamos como piloto em algumas áreas para coleta de imagens, mas que pode ser associado a outras tecnologias de análise de dados. Temos uma enorme responsabilidade no programa de seguro agrícola por sermos líderes de mercado e segurarmos uma extensa área com culturas plantadas nas safras de verão e inverno. São mais de 60 mil apólices distribuídas em propriedades por todo o país, e estamos à frente na construção e um modelo que será fundamental para a gestão dos seguros rurais no futuro”, destaca.

Previsul e Lojacorr: parceiras de sucesso 629

Previsul e Lojacorr

Encontro entre diretores e executivos aconteceu no dia 14

A Previsul Seguradora recebeu na última quinta-feira (14/06), a diretoria da Lojacorr, maior rede de corretores de seguros independentes do Brasil. Entre os executivos da Previsul presentes no encontro, estavam o presidente Renato Pedroso, a diretora de Negócios Andréia Araújo e o diretor financeiro Fernando Moraes, além dos gerentes regionais Virginia Marques, Claudionir Fontana e Renan Haun.

Durante a reunião, as diretorias puderam conversar sobre a situação do mercado de seguros, apresentar melhor suas empresas e analisar possibilidades de negócios entre elas. “Momentos como este são importantes para que possamos apresentar aos nossos parceiros o crescimento da Previsul. Conversamos com os diretores da Lojacorr e percebemos a grande sinergia que temos: somos empresas que estamos em constante crescimento e trabalhamos focados em entregar melhores condições de negócios para o corretor de seguros”, avalia Andréia.

Lloyd’s prevê França campeã e queda do Brasil nas quartas de final 1338

Bandeira da França

Seleção Brasileira tem valor segurado estimado em US$ 1,5 bilhão

JRS ligado na Copa do Mundo!
JRS ligado na Copa do Mundo!

Referência mundial em seguros e resseguros, o Lloyd’s divulgou uma pesquisa realizada em conjunto com o Centro de Pesquisa Econômica e Empresarial (CEBR) para ranquear cada país participante na Copa do Mundo da FIFA em relação ao valor segurado total dos 23 jogadores. O elenco brasileiro soma US$ 1,5 bilhão – atrás apenas de França (US$ 2 bilhões) e Inglaterra (US$ 1,6 bilhão). Estes números estão alinhados com o ranking da FIFA, no qual o país é o segundo – atrás apenas da Alemanha, atual campeã.

O Brasil é o favorito para dominar o Grupo E, que conta com um valor segurado total bem abaixo da seleção de Tite. A Costa Rica conta com US$ 94 milhões, a Sérvia com US$ 460 milhões e a Suíça com US$ 500 milhões. Para comparação, o valor segurado médio de um jogador brasileiro é maior do que a somatória de todo o elenco panamenho.

Se estes valores se refletirem no campo, o Lloyd’s prevê que o Brasil avança até às quartas de final, perdendo para a Inglaterra, uma seleção mais jovem, e, portanto, mais valiosa. Análise similar foi realizada pelo Lloyd’s e o CEBR antes da Copa do Mundo de 2014, a qual acertou a previsão de que a Alemanha seria vitoriosa.

Esta pesquisa oferece perspectivas nos valores segurados por posição e idade dos jogadores. Por exemplo, atacantes são os jogadores mais valiosos na edição deste ano, com uma média de US$ 27 milhões, enquanto os meio-campistas contam com a maior porcentagem do valor segurado (38%). Jogadores entre 18 e 24 anos tem a maior média de valor segurado, com US$ 28,1 milhões.

O CEBR usou salários e receitas de patrocínios dos jogadores, juntamente com uma coleção de indicadores adicionais para construir um modelo econômico que estima a renda dos jogadores até a aposentadoria. Estas projeções formaram a base para avaliar os valores segurados por idade, posição e nacionalidade.

A análise permitiu ao Lloyd’s prever as seleções que irão se classificar em cada grupo. Na segunda fase, o Lloyd’s traçou o caminho de cada seleção com base nos valores segurados. A equipe com maior valor segurado total é a escolhida pelo Lloyd’s como vencedora de cada confronto.

A pesquisa foi realizada com o apoio do Sporting Intelligence, que providenciou os dados salariais de cada uma das 32 seleções participantes da Copa do Mundo de 2018, baseados nas listas de 30 jogadores enviadas por cada federação.

Para Marco Castro, Country Manager do Lloyd’s no Brasil, “a pesquisa Lloyd’s Dream Team é um grande exemplo de como a indústria de seguros usa uma variedade de técnicas de modelagem para prever resultados”. “Estamos muito satisfeitos em ver que a seleção brasileira está em boa companhia entre os favoritos quando se trata de valor segurado. Tenho certeza que o Brasil será um dos fortes desafiantes”, completa.

Jay-Z, Will Smith e outros famosos investem em startup de seguros de vida 1104

Jay-Z e Will Smith

Insurtech aposta no aumento da longevidade para sustentabilidade do negócio

Famosa por oferecer seguros de vida mais acessíveis, a Ethos recebeu um investimento de US$ 11,5 milhões de grandes estrelas americanas. Tudo começou com um dos fundos mais importantes do mundo, a Sequoia Capital. O fundo Roc Nation, do rapper Jay-Z, os atores Will Smith e Robertu Downey Jr. e o jogador de basquete Kevin Durant também injetaram dinheiro no negócio.

A empresa ainda aposta no crescimento da longevidade, para que a operação seja sustentável, e foca nos jovens. A companhia considera que o começo da vida é o melhor momento para se contratar esse tipo de serviço.

Velocidade na contratação é outro diferencial da insurtech. Em aproximadamente 10 minutos é possível ficar protegido por uma apólice.