Palestras e seminário prestigiam profissionais do seguro em Pelotas e Novo Hamburgo 3341

Sindicatos e Escola Nacional de Seguros promovem qualificações em diversas regiões do RS

Um profissional antenado e atento às transformações do mercado é fundamental para a expansão do setor de seguros. Visando este objetivo, o Sindicato dos Corretores (Sincor/RS) e das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), além da Escola Nacional de Seguros, promovem qualificações e painéis que prestigiam os operadores das regiões do Vale do Sinos e do Sul do Estado.

No dia 23 de abril, o Sincor/RS realiza o Seminário de Seguros em Novo Hamburgo. O encontro acontece no Hotel Swan Tower e debate novas oportunidades para a ampliação da carteira de negócios. Os corretores associados ao sindicato participam sem custo. Para não associados, a participação tem um custo de R$ 50. O público em geral desembolsa R$ 100.

Seminário de Seguros Novo Hamburgo
Clique para realizar sua inscrição

“Serão abordados temas de interesse da categoria. Durante uma tarde inteira, de forma muito produtiva e dinâmica, vamos nos dedicar inteiramente em assuntos que dizem diretamente ao nosso trabalho”, analisa Ricardo Pansera, presidente do Sincor-RS.

Já o Sindseg/RS realiza workshop sobre o cenário e perspectivas do seguro para automóveis, no dia 25 de abril, em Pelotas. O vice-presidente de auto e massificados da SulAmérica, Eduardo Dal Ri, será o palestrante deste evento que acontece no Jacques Georges Hotel.

Na oportunidade também será realizado o tradicional almoço do mercado segurador, com o investimento de R$ 60. As atividades iniciam a partir das 10h com a exposição de Dal Ri, que também acumula o cargo de vice-presidente da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg).

Sindseg - Palestra Novas Oportunidades do Seguro de Automóveis
Clique para realizar sua inscrição

Novo Hamburgo também recebe, no dia 24 de maio, palestra da Escola Nacional de Seguros. O evento acontece a partir das 19h e aborda as novas descobertas da psicologia econômica para potencializar a comercialização de seguros e previdência. A exposição será realizada pela palestrante Luciane Fagundes.

Palestra na Escola Nacional de Seguros
Clique para realizar sua inscrição

Coparticipação e franquias em planos de saúde 542

Prontuário médico

Novas opções representam avanço para o setor e consumidores

“Novas e mais acessíveis formas de contratação”, assim define José Cechin, diretor-executivo da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde), sobre a opção de franquias ou coparticipação nos planos de saúde. Na opinião da Federação, a proposta da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) representa um avanço não apenas para o setor, como para os consumidores.

Normativo da agência reguladora visa atualizar questões relevantes sobre o tema, como limites e parâmetros para aplicação dos produtos. A estimativa é que 50% dos contratos possuam algum desses mecanismos.

“Isso é opcional. O consumidor pode ou não optar pelo plano com essas características, que funcionam como um moderador do uso e, portanto, combate os desperdícios. Isso não quer dizer que o paciente deve descuidar da saúde”, reforça Cechin.

A diferença entre estes sistemas nos planos de saúde

Ainda segundo o diretor da FenaSaúde, o plano com franquia é direcionado ao consumidor que se planeja e dispõe dos recursos para arcar com estes valores. “Cabe a cada um analisar suas necessidades médicas e possibilidades financeiras. O importante é que o consumidor ganha mais escolhas, algo sempre positivo”, explica. Para José Cechin a competição entre as operadoras evitará o risco de planos excessivamente caros. “O plano com franquia terá uma mensalidade menor e sem a perda de qualidade assistencial”, reforça.

Como o modelo é baseado no mutualismo, quando há desperdício todos acabam pagando. Isso ainda ocasiona em reajustes maiores na mensalidade dos planos. Visando essa situação, a coparticipação funciona como um fator moderador importante, uma vez que evita o uso desnecessário de recursos e gera uma relação de mais responsabilidade com o sistema de saúde, na visão da FenaSaúde.

Portais do Grupo BB e Mapfre adotam tradução digital em Libras 601

Mãos

Ferramenta facilita acesso e entendimento de conteúdos

O Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre ampliou a acessibilidade dos portais das marcas e passa a contar com tradução simultânea da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para isso, os sites contarão com a presença do Hugo, um simpático avatar que realizará todas as traduções de forma dinâmica e interativa.

“O objetivo da iniciativa é aprimorar, ainda mais, a comunicação e o relacionamento com os diversos públicos que acessam esse canal de atendimento. Temos o compromisso de fortalecer a cultura de seguros no país e essa ação é um passo fundamental para isso”, conta Leonardo Mattedi, diretor geral de Administração, Finanças e Marketing do Grupo Segurador.

A implantação de ferramentas como essa facilitam o acesso e o entendimento de todo o conteúdo dos portais. O acesso à tradução é simples e intuitivo. Basta o usuário clicar no ícone de cores branco e azul, que simboliza duas mãos, localizado no canto direito da página, e o Hugo surgirá em uma janela exclusiva. Ao clicar no link desejado, automaticamente o personagem realiza a tradução em Libras do site.

Chegou a hora de fazer a manutenção do ar condicionado do carro 942

Carro Manutenção

Especialista dos Centros Automotivos Porto Seguro explica tudo sobre o assunto

O ar condicionado virou um item indispensável para os carros. No entanto, a falta de manutenção pode prejudicar o veículo e a saúde dos motoristas. Com o objetivo de auxiliar na prevenção de problemas, o gerente dos Centros Automotivos Porto Seguro, Marcos Iombriller, responde perguntas sobre como avaliar o estado do ar e realizar sua manutenção.

Quando é necessário realizar a manutenção do ar condicionado do veículo?

A manutenção deve ser realizada a cada 6 meses ou 30 mil quilômetros. O motorista também deve ficar atento e observar se, ao ligar, há mau cheiro e também se os passageiros começam a espirrar e respirar com dificuldade. Outro ponto de alerta do veículo é o vazamento do gás, utilizado no sistema do ar condicionado, que pode ser percebido pela demora do esfriamento. Esses são alguns indícios que mostram que o ar condicionado do carro precisa de manutenção.

Como é feita a manutenção do ar condicionado?

A manutenção do ar condicionado é, geralmente, realizada em duas partes: higienização e limpeza da tubulação. A primeira envolve a troca do filtro de partículas. Já a segunda é feita por meio de um spray próprio, sendo homologado pelas montadoras. Ao levar o automóvel para manutenção, é necessário que o motorista fique atento as condições das mangueiras e da pressão do gás.

Usar o ar condicionado constantemente realmente gasta mais combustível?

Sim. No entanto, o motorista pode ter alguns cuidados para diminuir o consumo de combustível, como manter o filtro do ar condicionado em boas condições, fazendo que o equipamento não precise exercer um esforço maior que o necessário.

Uma curiosidade é que, principalmente nas estradas, os motoristas abrem os vidros e desligam o ar, acreditando na economia, mas o efeito é totalmente o contrário. Isso ocorre porque o fenômeno afeta a aerodinâmica do veículo, em especial em velocidades acima de 70km/h, impactando no consumo de combustível, podendo tornar-se ainda maior que com o uso do ar.

E se o motorista nunca liga o ar? Há algum problema?

O ar condicionado possui lubrificação em seus componentes e a inatividade do equipamento pode acabar comprometendo sua eficiência, além de danificar componentes, como: compressor, pistões, condensador, evaporador e também cilindros. Por isso, é recomendável a utilização do ar condicionado de vez em quando.

É realmente necessário desligar o ar condicionado quando tiver perto do destino?

Sim. Isso porque o desligamento do ar antes de chegar ao destino, pode ajudar a desumidificar o sistema e diminuir a probabilidade do surgimento de fungos.

Centros Automotivos Porto Seguro

Os Centros Automotivos Porto Seguro oferecem serviços especializados para automóveis a preços competitivos – como manutenções preventivas e corretivas, instalação de acessórios e diagnósticos. Clientes e não clientes da empresa podem contar com uma estrutura que proporciona conforto e confiança em mais de 300 unidades de fácil acesso em todo o Brasil, que atendem cerca de 60 mil veículos ao mês e estão em constante expansão.

Qual a visão do consumidor sobre seguro de pessoas? 2459

ÉderOliveira

2º Fórum do CVG/RS aborda visão de mercado pela ótica do cliente

Oferecer soluções customizadas e elaboradas com foco na visão do consumidor é fundamental para o desenvolvimento do mercado de seguros. Pensando nisso, o Clube de Seguros de Vida e Benefícios (CVG/RS), reúne especialistas de distintas áreas na 2ª edição do Fórum de Debates. O evento acontece no dia 26 de abril, no auditório do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS).

O especialista em Marketing e editor do portal Consumidor-RS, Alexandre Appel, será um dos painelistas. A médica e presidente do Instituto da Mulher Mais Saudável, Carlen Luz, complementa os debates ao lado de Paulo Alaniz, presidente do Instituto Brasileiro dos Auditores Independentes (Ibracon). O sócio da Atuária Brasil e presidente do CVG/RS, Éder Oliveira, será o mediador deste encontro exclusivo para associados a entidade.

Inscrições para o 2º Fórum do CVG/RS – Visão do consumidor sobre o mercado de seguros de pessoas

As inscrições acontecem até o dia 20 de abril e contam com menos de 50 lugares disponíveis. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail: secretaria@cvgrs.com.br.

Agenda Eventos CVG/RS 2018
Agenda completa de eventos promovidos pelo CVG/RS em 2018

Antônio Prado (RS) recebe visitantes de braços abertos na Noite Italiana 2322

GilsonBochernitsaneJúlia

38ª edição do evento acontece nos dias 18 e 25 de agosto

Desde 1980, a Noite Italiana de Antônio Prado (RS) é um dos eventos mais aguardados pelos amantes da cultura italiana no Brasil. A cidade possui cenários encantadores e recebe milhares de visitantes nos dias 18 e 25 de agosto, no Centro de Eventos do município, localizado na Serra Gaúcha.

Na última edição, mais de 4 mil participantes apreciaram o melhor da culinária e do vinho da Itália. Quem marcou presença na última edição foi a Generali, representada por Nery Silva, head da companhia na América Latina; Rafael Alquati, diretor da Região Sul; e Fabrício Porto, gerente da filial Porto Alegre. Os profissionais foram recepcionados pelo CEO da Solaris Corretora de Seguros, Laureano Fortuna, e sua equipe.

Mercado segurador em peso na cidade de Antônio Prado

O mercado segurador prestigiou em peso a última edição da Noite Italiana. Gilson Bochernitsan, diretor regional da SulAmérica; Waldecyr Schilling, diretor Região Sul da Zurich Seguros; e o casal Clovis e Joyce Della Flora, do Grupo Autosul, também prestigiaram a ação.

Queremos conhecer ainda mais nosso público, participe da pesquisa de opinião! (Leva menos de 2 minutos)Participar
+