Vendas online devem crescer 15% em 2018 5202

Mercado de seguros está atento às inovações

“Nós somos muito acostumados a apertar o cinto, o brasileiro enfrenta as mudanças”, disse o presidente da Comissão de Automóvel da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenseg) e vice-presidente de Automóveis e Massificados da SulAmérica, Eduardo Dal Ri, durante Almoço e Workshop do Mercado de Seguros. A edição, que aconteceu na última quarta-feira (25), foi promovida pelo Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS), na cidade de Pelotas (RS).

O executivo falou sobre novas oportunidades no seguro auto. Em termos de tecnologia e internet, só no Brasil, são 11 milhões de buscas mensais por seguros no Google, o que demonstra o potencial do mercado entre os internautas. “Estamos de olho no futuro e precisamos parar de pensar nele como ameaça, mas sim como oportunidade”, destacou.

Em 2017, os brasileiros chegaram a marca de um celular por habitante. “O futuro é o mobile”, disse. “Uma seguradora nada mais é que uma empresa de tecnologia que por acaso vende seguros, então estamos preparados para auxiliar os corretores”, complementou.

Além disso, vendas online cresceram 12% no país e a projeção para 2018 é de um aumento de mais 15%. “Tem mais corretora com sucesso na internet do que seguradora. É uma questão cultural, brasileiro quando pensa em seguros pensa em corretor”, afirmou. Na visão de Dal Ri, é preciso ver como as tecnologias existentes podem ser utilizadas para entregar valor ao cliente: “A inovação é intrínseca ao ser humano, se os corretores pensarem bem, a venda já ocorre pela internet, pois certamente já fecharam apólices por e-mail, WhatsApp e outros”, finalizou.

O Jacques Georges Hotel foi cenário deste momento que marca o terceiro encontro no interior do Estado promovido pelo Sindseg/RS. “Queremos nos aproximar das pessoas que atuam no nosso setor no interior do Estado, já que somos uma entidade representativa de âmbito estadual. No ano passado fizemos edições em Passo Fundo e Caxias e ambas foram de absoluto sucesso. Neste ano, queremos dar sequência a esta aproximação com outros polos importantes do nosso interior”, explicou o presidente da entidade, Guacir Bueno.

Confira todas as imagens – Almoço e Workshop do Mercado de Seguros:

CVG/RS reúne amigos do mercado de seguros em feijoada 1519

CVG/RS reúne amigos do mercado gaúcho de seguros

Momentos especiais foram alusivos ao Dia Continental do Seguro

A chuva e o frio não espantaram os amigos do mercado gaúcho de seguros do Grêmio Náutico Gaúcho no último sábado (19). Mais de 200 convidados prestigiaram a feijoada organizada pelo Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG/RS) em alusão ao Dia Continental do Seguro, comemorado na última segunda (14).

A animação ficou por conta da Ariska Mel, que divertiu os participantes desse dia especial, preparado por Eder Oliveira, presidente do CVG/RS, e sua engajada diretoria.

CVG/RS comemora Dia Continental do Seguro – Todas as imagens:

 

2ª Convenção Anual da Sustentare Seguros reúne Unidades de Negócio 1580

Os destaques da campanha de incentivo da Sustentare Seguros

Produção ultrapassa R$ 61 milhões em 2017 com diversificação de produtos e concentração em companhias parceiras

Com mais de 98 unidades de negócio, a Sustentare Seguros promoveu a segunda edição da Convenção Anual, no Novotel Três Figueiras, em Porto Alegre (RS). Tudo aconteceu no último sábado (19), com a presença efetiva de um público atento aos resultados e treinamentos promovidos em um dia recheado de atrações. Participaram do momento executivos da Allianz Seguros, Bradesco Seguros, Chubb, HDI, Liberty Seguros, Sancor, Sompo Seguros e Tokio Marine.

Marcos Stock Trevisan é CEO da Sustentare Seguros
Marcos Stock Trevisan é CEO da Sustentare Seguros

No ano passado a Sustentare produziu mais de R$ 61 milhões com a venda de seguros. O ano passado foi marcado pela diversificação de produtos e maior concentração nas companhias seguradoras parceiras. A expectativa é que a cifra ultrapasse os R$ 72 milhões em 2018. “A aceitação no mercado catarinense está sendo muito boa. Existem muitos corretores que enfrentam dificuldades e encontram na Sustentare uma solução para seus negócios”, comenta Marcos Stock Trevisan, CEO da Sustentare.

O primeiro semestre foi marcado pela disputa acirrada entre os operadores do setor. A Sustentare conseguiu uma expansão de 21,5% na operação e este ano deve oferecer uma viagem em um cruzeiro marítimo aos destaques de produção, em um sistema único de reconhecimento. Caxias do Sul/Esplanada, Arroio do Meio e Lagoa Vermelha foram os grandes vencedores na edição anterior da campanha de incentivo. “Todos irão viajar para o Beach Park, em Fortaleza (CE). As três unidades que ganharam utilizam 100% do sistema de negócios”, frisa Stock.

2ª Convenção Anual Sustentare Seguros – Todas as imagens:

Eugênio Velasques participa da 1ª live do CVG/RS no Facebook 4335

Executivo fala sobre as tendências do segmento de pessoas

Diretor Executivo da Bradesco Seguros por mais de 20 anos, Eugênio Velasques foi responsável por diversas áreas da companhia. O atual consultor da seguradora é o primeiro convidado do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG/RS) em live que será transmitida pelo Facebook da entidade, no dia 21 de maio, a partir das 10h30min.

Live com Eugênio Velasquez
Live com Eugênio Velasquez será transmitida pela página do CVG/RS no Facebook

Velasques ocupou a presidência da Comissão de Seguros Inclusivos e Membro das Comissões de Relações de Consumo, Digitalização, Ouvidoria e Sustentabilidade da Confederação Nacional de Seguros (CNSeg). Membro do PSI Global Team (Principles for Sustainable Insurance Initiative & Insurance Commission) da UNEP FI, da Microinsurance Network e da Academia Nacional de Seguros Privados (ANSP), o especialista é graduado em Engenharia e pós-graduado em Marketing e Seguros, além de possuir MBA Executivo em Administração de Empresas.

Momentos emocionantes marcam transição na SulAmérica 7762

Porto Alegre foi a 12ª cidade a conhecer novo vice-presidente Comercial e de Capitalização da seguradora

Momentos emocionantes marcam a despedida de Matias Ávila da vice-presidência Comercial e de Capitalização da SulAmérica. Ávila transmite o cargo para André Lauzana. Porto Alegre foi a 12ª e última cidade a receber a apresentação e contou com um grande público de corretores parceiros da companhia. A Casa Vetro foi o palco deste encontro especial.

Matias Ávila se despede da vice-presidência da SulAmérica em Porto Alegre (RS)
Matias Ávila se despede da vice-presidência da SulAmérica em Porto Alegre (RS)

“O que fazemos é cuidar de gente, depois de quase 40 anos em uma vida dedicada ao negócio de seguros vou tentar dar uma desacelerada em um processo muito claro e transparente. A SulAmérica tem me acolhido e está fazendo um processo de transição que qualquer profissional escolheria fazer. Tenho inúmeros amigos em todo o estado do Rio Grande do Sul e tenho um prazer muito grande em estar aqui com vocês”, disse Matias Ávila ao confirmar participação no 16º Troféu JRS, que acontece no dia 19 de outubro, na capital gaúcha.

Além de demonstrar toda intimidade e profissionalismo existente nos processos da companhia com o mercado segurador gaúcho, a SulAmérica apresentou seus expressivos resultados operacionais de 2017 e anunciou que a Rússia será o novo destino da campanha PRA – Super Campeões, campanha de incentivo para os profissionais da corretagem.

André Lauzana é o novo vice-presidente Comercial e de Capitalização da SulAmérica
André Lauzana é o novo vice-presidente Comercial e de Capitalização da SulAmérica

“Este é um momento especial, em um processo extremamente pensado e maduro. Agora estou mais próximo ainda dos corretores, que levam aos nossos segurados as melhores proteções e os melhores serviços”, disse André Lauzana, novo vice-presidente Comercial e de Capitalização da SulAmérica.

Gilson Bochernitsan é o diretor regional Sul da SulAmérica
Gilson Bochernitsan é o diretor regional Sul da SulAmérica

Os gaúchos contam com uma das maiores estruturas da SulAmérica no Brasil. Um dos destaques na região é o produto Garantia de Aluguel, que está presente nas maiores imobiliárias do Estado.

“Este espetáculo grandioso é um sinal de prestígio não apenas aos colegas Matias Ávila e André Lauzana, como também aos profissionais que são nossos parceiros aqui no Rio Grande do Sul”, comentou Gilson Bochernitsan, diretor regional Sul da SulAmérica. “Estamos focados no futuro com essa expectativa de recuperação econômica, certamente teremos um resultado grandioso este ano”, completou.

Todas as imagens – SulAmérica apresenta novo vice-presidente:

2º Fórum CVG/RS reúne consumidores e operadores do setor de seguros 3529

Visão do consumidor reforça força da comunicação para difusão da cultura securitária

O presidente do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG/RS), Eder Oliveira, demonstrou satisfação total pelo grande número de pessoas que aderiu a segunda edição do Fórum CVG. O evento aconteceu no dia 26 de abril, na sede do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul (Sindseg/RS) e reuniu consumidores e operadores do mercado de seguros. A visão dos clientes evidenciou que comunicação é a palavra chave para um melhor relacionamento entre segurados e companhias.

“Convidamos três pessoas com uma grande capacidade profissional em falar com o público. Uma médica, um jornalista e um auditor. Esse bate-papo foi fundamental para compreender que o setor como um todo precisa aprender a se comunicar, lidar com o seguro de forma mais ágil e humana”, reforçou o também atuário Eder Oliveira.

O comunicador Alexandre Appel reforçou a questão cultural, que impede boa parte dos brasileiros de terem acesso às proteções disponibilizadas pelo setor de seguros. “Com uma idade avançada o seguro de vida acaba tendo um preço maior e o benefício acaba sendo muito pequeno. As pessoas despertam muito tarde para essa necessidade”, explica.

Já a radiologista Carlen Luz acredita que a consultoria em seguros pode apresentar um resultado mais efetivo aos profissionais da categoria. “O corretor de seguros precisa cada vez mais especializar-se, porque a população está mudando”, reforça.

Paulo Alaniz, diretor-técnico do Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon), pensa que as pessoas não gostam de pensar sobre o que vai acontecer em momentos difíceis. “A grande questão certamente passa pela comunicação, o seguro ocupa um papel fundamental quando ocorrem esses imprevistos. As companhias precisam sempre ter a solidez necessária para honrar com os compromissos assumidos”, completa.

Confira todas as imagens – 2ª edição do Fórum CVG/RS: