Internet das coisas facilita a comercialização de seguros 7076

Conhecer o consumidor e seus hábitos garante sucesso em contratações

No universo contemporâneo, é inevitável traçar uma relação entre a tecnologia e o seguro. No caso do produto automóvel, “a internet das coisas é algo que facilita a vida das pessoas”, conforme defendeu a gerente da HDI Seguros Ana Luiza Dal Pian durante palestra em parceria com o Sindicato dos Corretores de Seguros do Rio Grande do Sul na quarta-feira (09), na Capital dos gaúchos.

Ana Luiza Dal Pian é gerente da HDI Seguros
Ana Luiza Dal Pian é gerente da HDI Seguros

Numa sociedade em que os hábitos de consumo mudam constantemente, conhecer o cliente final é fundamental. “Esse novo consumir é dinâmico, tem pressa e gosta de simplicidade, através da facilidade no acesso ao seguro”, destacou. “Quando falamos em seguro, lembramos de um mercado conservador, mas hoje em dia há uma facilidade que não se tinha antes e por isso é necessário quebrar as barreiras burocratizadas do setor para facilitar a vinda dos produtos no dia a dia do cliente”, acrescentou.

O ecossistema do seguro, formado por seguradoras, corretoras e clientes, conta com, na perspectiva da executiva, os novos prestadores de serviços. Vindos através das insurtechs, eles transformam essa relação e atribuem novos papeis aos personagens. “O corretor passa a ser muito mais consultivo, trazendo inclusive aquele cliente que não tem seguro”, comentou.

Levar a este consumidor 2.0, mais antenado, a importância de proteger seus bens através de produtos securitários ainda é visto como um dos principais desafios. “Esse cliente também é, infelizmente, de alguma maneira menos fiel, já o que mais importa para ele é a relação facilidade e preço”, afirmou. “E quem tiver essa relação mais rápida, ganha”, finalizou.

O Gerente da filial Porto Alegre da HDI Seguros, Giovani Menger, salientou a importância de trazer estas reflexões sobre o presente e futuro aos corretores de seguros. “É claro que teremos outros canais de venda, como já temos hoje os bancos e o online, mas o corretor continuará sendo o canal mais forte de vendas, o que mudará é o pós-venda, que cada vez mais é digital”, opinou. São estes profissionais os responsáveis por 85% das vendas de seguros no Brasil. “Somos os principais distribuidores e por isso que as seguradoras investem em orientação e treinamento”, complementou o presidente do Sincor-RS, Ricardo Pansera.

Palestra HDI Seguros e Sincor/RS – Todas as imagens:

Diretor-geral do Grupo Bradesco Seguros eleito um dos dez executivos jurídicos mais admirados do país 426

Ivan Luiz Gontijo Jr. é diretor-geral do Grupo Bradesco Seguros

Ivan Gontijo recebe premiação pela quarta vez consecutiva

O diretor-geral do Grupo Bradesco Seguros, Ivan Luiz Gontijo Jr., foi reconhecido como um dos dez “Executivos Jurídicos Mais Admirados do Brasil”. A homenagem aconteceu nessa terça-feira 19 de junho, durante o lançamento do anuário “Análise Executivos Jurídicos e Financeiros 2018”, editado pela Análise Editorial, em evento realizado em São Paulo.

É a quarta vez consecutiva que Ivan Gontijo – responsável também pelo Jurídico, Compliance e Secretaria Geral do Grupo Segurador – recebe a premiação. O diretor-geral da holding ficou entre os 44 executivos jurídicos mais citados por seus pares, em um universo de duas mil empresas. Responsáveis pelos departamentos jurídicos das maiores empresas em operação no país foram convidados a indicar os colegas que mais respeitam profissionalmente, sem que fosse apresentada uma lista prévia de nomes.

Ivan Gontijo atua há 33 anos no Grupo Bradesco Seguros. Professor licenciado de Direito Comercial (Universidade Católica de Petrópolis) e Direito do Seguro (Universidade Candido Mendes), integra a Comissão de Assuntos Jurídicos da Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde).

Zurich comemora sucesso de ação com parceiros de negócios 499

Vou com Zurich

Campanha levou profissionais a viagens exclusivas para Zurique, Lisboa e Punta Cana

Mais de 200 parceiros de negócios da Zurich participaram, neste primeiro semestre de 2018, de experiências únicas por meio da campanha Vou com a Zurich. A ação integra o programa de relacionamento e incentivo da seguradora e premia corretores e parceiros estratégicos com viagens para diferentes destinos todos os anos, proporcionando momentos memoráveis.

A encantadora Zurique, a ensolarada Lisboa e a paradisíaca Punta Cana foram os destinos visitados. O grande diferencial das viagens foram os roteiros totalmente personalizados pela companhia para oferecer experiências exclusivas aos viajantes, como a neve no Monte Titlis e um Tour pelo Museu da FIFA, na Suíça; a cidade de Évora e a vinícola Herdade do Esporão, em Portugal; e a cinematográfica Ilha Samoa, na República Dominicana.

Para Edson Franco, CEO da Zurich, a ação foi um sucesso e reforça o compromisso da companhia em valorizar e reconhecer o trabalho dos seus parceiros de negócio. “Tivemos um feedback muito positivo da ação, o que nos deixa extremamente satisfeitos em poder oferecer esses momentos para profissionais que colaboram para que a Zurich continue a ser uma das maiores seguradoras globais”, afirma o executivo.

A próxima campanha Vou com a Zurich pretende premiar corretores e parceiros com viagens para Marrakesh e Aruba, em 2019.

HDI realiza ações para celebrar o mês da diversidade 487

Mãos e cores

Programação discute sexualidade, racismo e a importância do respeito e inclusão em todas esferas da sociedade

A HDI Seguros preparou uma série de ações para os colaboradores no Mês da Diversidade, com o objetivo de discutir a igualdade de gênero, raça e etnia. Fazem parte da programação palestras sobre sexualidade, racismo e a importância do respeito e da inclusão em todas as esferas da sociedade.

“Queremos abrir espaço para reflexões sobre a importância da inclusão e da igualdade com o nosso time não apenas durante este mês, mas de forma contínua. Na HDI, valorizamos a diversidade e buscamos constantemente tornar o ambiente de trabalho acolhedor e humano”, comenta Paulo Moraes, diretor de Marketing da HDI Seguros.

Para aprofundar as discussões, a companhia convidou participantes com bastante bagagem sobre os assuntos tratados. Uma delas é a Julia Rosemberg, da SSEX BBOX – Sexualidade Fora da Caixa, um projeto de consultoria sobre diversidade e perspectivas plurais da sexualidade. Outra convidada foi a Danielle Torres, sócia-diretora da área de Seguros da KPMG no Brasil, que é mulher, transgênero e andrógina. Ela dividiu com os colaboradores os desafios e alegrias de se assumir como é.

Além disso, a HDI preparou uma série de posts em sua rede social interna explicando a história do movimento LGBTQIA+ e suas conquistas. A sigla LGBTQIA+ significa Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, Queer/Questionando, Intersexos, Assexuais/Arromântiques/Agêneros, Pan/Poli, e mais.

Seguradora aplica técnicas de sensoriamento remoto em áreas rurais 541

Sensoriamento

Drones e monitoramento a distância de clima são algumas das tecnologias testadas em projetos pilotos de sensoriamento

O uso de imagens de satélite para a análise de áreas sinistradas e o cálculo de exposição de riscos de safras agrícolas em razão da variação do clima é apenas um dos recursos adotados pelo Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre para o sensoriamento remoto nas operações de seguro rural.

Uma das tecnologias testadas são os drones – sigla em inglês para veículos aéreos não tripulados –, que podem chegar a locais onde os peritos dificilmente conseguiriam.

Com eles, já foram realizados dois atendimentos em áreas seguradas: um, para apoiar a identificação de bens em vistorias prévias para a aceitação de risco em uma criação de aves; outro, para complementar a apuração de prejuízos de um sinistro causado por ventos fortes em uma floresta de eucalipto de 8 mil hectares.

“O projeto de sensoriamento remoto trará uma nova perspectiva de atendimento ao segurado e de gestão de risco, além de possibilitar o desenvolvimento de novas soluções e serviços de seguros aos clientes. O Grupo se posiciona na vanguarda dessas possibilidades, que geram ganhos financeiros e de tempo às operações, além de reconhecimento de nossa marca como referência em inovação e atendimento”, afirma Wady Cury, diretor geral de Habitacional e Rural do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

De acordo com Paulo Hora, diretor técnico Rural do Grupo, o projeto de sensoriamento remoto para análise e monitoramento de riscos e regulação de sinistros está associado a Geoprocessamento e Analytics. As tecnologias estudadas para análise dos dados de diversas variáveis em riscos geolocalizados em mapas e integrados às operação vão desde imagens de satélite ao uso de drones, radares, telemetria, e outras possibilidades.

“O uso de drones, especificamente, é uma das iniciativas que já utilizamos como piloto em algumas áreas para coleta de imagens, mas que pode ser associado a outras tecnologias de análise de dados. Temos uma enorme responsabilidade no programa de seguro agrícola por sermos líderes de mercado e segurarmos uma extensa área com culturas plantadas nas safras de verão e inverno. São mais de 60 mil apólices distribuídas em propriedades por todo o país, e estamos à frente na construção e um modelo que será fundamental para a gestão dos seguros rurais no futuro”, destaca.

Previsul e Lojacorr: parceiras de sucesso 780

Previsul e Lojacorr

Encontro entre diretores e executivos aconteceu no dia 14

A Previsul Seguradora recebeu na última quinta-feira (14/06), a diretoria da Lojacorr, maior rede de corretores de seguros independentes do Brasil. Entre os executivos da Previsul presentes no encontro, estavam o presidente Renato Pedroso, a diretora de Negócios Andréia Araújo e o diretor financeiro Fernando Moraes, além dos gerentes regionais Virginia Marques, Claudionir Fontana e Renan Haun.

Durante a reunião, as diretorias puderam conversar sobre a situação do mercado de seguros, apresentar melhor suas empresas e analisar possibilidades de negócios entre elas. “Momentos como este são importantes para que possamos apresentar aos nossos parceiros o crescimento da Previsul. Conversamos com os diretores da Lojacorr e percebemos a grande sinergia que temos: somos empresas que estamos em constante crescimento e trabalhamos focados em entregar melhores condições de negócios para o corretor de seguros”, avalia Andréia.