Executiva da Capemisa considera autoconfiança fundamental 207

Jéssica Sandri conta ao #EspecialMamães como leva sua dupla jornada, dividindo tempo entre trabalho e família, com leveza 

A carismática executiva da sucursal de Porto Alegre da Capemisa Seguradora, Jéssica Sandri, é mãe da pequena Laura Helena, de um aninho, e casada com Tiago de Lucena. Recentemente, ela foi premiada pela companhia por atingir ótimos resultados em seu trabalho junto aos corretores de seguros.

“Às vezes tenho dificuldades em conciliar a dupla jornada. Sou mulher, esposa, executiva da Capemisa e mãe da Laura Helena de um ano, e, por esta razão, procuro sempre estar de corpo e alma presente nos lugares que estou casa ou trabalho. Busco a felicidade dando sempre o melhor de mim”, conta.

Jéssica acredita que as mulheres ainda sofrem preconceitos e discriminações, mas que aos poucos estes problemas estão diminuindo. “A cada dia que passa a mulher vem conseguindo ocupar espaço no meio profissional”, diz. Positiva, ela confia que homens e mulheres são igualmente competentes perante suas habilidades profissionais. “Hoje o homem e a mulher buscam êxito em suas carreiras e há mercado para todos, basta ter confiança e persistência”, completa.

Para ela, a mulher empreendedora enfrenta diversos desafios e para ter sucesso, foco e determinação são fundamentais. “Deixo como mensagem que nunca se coloquem para baixo, buscando sempre o melhor e superando sempre os desafios. Acredite em você antes de todo o mundo!”, finaliza.

Justiça revoga bloqueio de bens de seguradora para suprir previdência da Aplub 1275

Decisão judicial

Decisão praticamente inviabilizava operações de grupo segurador

Conforme noticiado por JRS em 8 de agosto, uma liminar determinava o bloqueio dos ativos livres de várias empresas ligadas à seguradora Capemisa, a fim de suprir as provisões técnicas relativas aos planos previdenciários da Aplub. Os valores necessários seriam apurados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), interventora da Aplub desde 2015.

No último dia 10 de agosto, o desembargador Pedro Luiz Pozza decidiu suspender a decisão, que “praticamente inviabiliza as atividades das recorrentes, que se veem, de uma hora para a outra, sem a disponibilidade de seus ativos financeiros, o que pode implicar na sua imediata liquidação pela ausência de meios para arcar com suas obrigações, que seria uma medida praticamente irreversível”, explica no despacho emitido pela 12ª Câmara Cível, da comarca de Porto Alegre (RS).

“Ou seja, a decisão recorrida pode provocar justamente aquilo que quis evitar, que é a liquidação da Aplub. Com isso, estar-se-ia, como dizem as recorrentes, despindo um santo para vestir outro”, segue a decisão.

Capemisa Seguradora preparada para um mercado exigente 3128

Afirmação é de Raquel Tólio, gerente da sucursal Rio Grande do Sul

Natural de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, a gerente da sucursal gaúcha da Capemisa Seguradora, Raquel Tólio, conta com mais de 24 anos de experiência no ramo de seguros. Há 5 anos como contratada da companhia, Raquel já foi gerente comercial de Santa Catarina.

Veja também: Corretores estão cada vez mais preparados para venda consultiva.

“Agora estou responsável pela região do Rio Grande do Sul, angariando novos corretores, prospectando e ampliando novos negócios. Até o final desse último semestre a Capemisa vem muito forte, promete muito”, explica a executiva.

Raquel Tólio sabe que o mercado gaúcho conta com um nível de excelência acima da média. “Conheço esse mercado e sei que do nível de exigência. Certamente a Capemisa Seguradora vai estar a altura para atender à todos”, finaliza.

Corretores estão cada vez mais preparados para venda consultiva 2126

Confia o superintendente da Capemisa Seguradora, Daniel Arena

A Capemisa Seguradora participou do Congresso Sul Brasileiro de Corretores de Seguros reforçando a importância do setor de vida e benefícios e promovendo relacionamento com os corretores de seguros. O Brasesul aconteceu nos últimos dias 19 e 20 em Florianópolis (SC).

Veja também: Capemisa Seguradora preparada para um mercado exigente.

No espaço projetado pela seguradora durante o Congresso, planejado para receber parceiros de negócios em ambiente agradável, o Superintendente Região Sul, Daniel Arena, reforçou ao programa Seguro Sem Mistério que percebe que os corretores estão cada vez mais preparados para a venda consultiva. “É uma questão de cultura, e os corretores tem. Vemos que cada vez mais o nosso nicho, o de benefício e pessoas, está sendo divulgado e o corretor está se preparando para isso”, comenta.

Como um mercado em constante evolução e necessário à sociedade brasileira, os profissionais da venda tem nele uma oportunidade para gerar negócios contínuos e estáveis. “São produtos que constituem carteira, pois o seguro de vida dá essa estabilidade de carteira vitalícia, ou seja, um suporte ao corretor, o que é importante”, destaca.

“É preciso ser otimista, ver que as pessoas precisam consumir seguros, pois é uma proteção, e principalmente o seguro de vida, que é um seguro social na minha visão, por sabermos o quanto é importante na hora do provedor da família”, finaliza.

Justiça determina bloqueio de bens de seguradora para suprir previdência da Aplub 3174

Decisão Judicial

Liminar visa garantir provisões técnicas

O Juiz de Direito João Ricardo Santos Costa determinou, em caráter liminar, o bloqueio dos ativos livres de várias empresas ligadas à seguradora Capemisa, a fim de suprir as provisões técnicas relativas aos planos previdenciários da Aplub. Os valores necessários ainda deverão ser apurados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), interventora da Aplub desde 2015.

A decisão do magistrado, da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, atende em parte a pedido da Associação de Defesa da Aplub, que na ação coletiva afirma que a Capemisa realizou manobras administrativas e financeiras para apropriar-se de produtos e receita da Aplub, prejudicada a ponto de ser levada ao risco de liquidação.

Em 2013, Capemisa e Aplub acertaram a transferência do controle acionário da segunda para a primeira, negócio desfeito mais tarde pela Susep. Nas consequências desse rompimento é que reside o litígio jurídico.

“Os documentos até aqui analisados conferem a necessária verosimilhança para conferir potência elementar às alegações constantes na inicial, como atos praticados pelo Grupo requerido”, disse o Juiz Costa no despacho, que citou, entre outros: alteração da identidade visual da Aplub, que passou a ser designada Capemisa Aplub; a transferência do caixa da Aplub para a Capemisa (matriz no Rio de Janeiro) e indicação de 95% dos Conselheiros da Aplub pela Capemisa.

O magistrado justificou a antecipação do bloqueio diante da possibilidade de liquidação da seguradora gaúcha, “o que acarretará forte impacto social, diante a quantidade de pessoas envolvidas”. Ainda segundo ele, “o litígio envolve o futuro de pensões e aposentadorias de centenas de pessoas e contribuições de milhares de associados que pagaram e continuam pagando os seus planos previdenciários”.

Cabe recurso da decisão. O processo está registrado no TJ/RS sob o número 11800477105.

Sompo incrementa interação com público por meio de nova plataforma digital 348

Dicas estão integradas em ambiente que identifica o usuário e apresenta conteúdo customizado

Andre Gouw, gerente de Comunicação e Marketing da Sompo Seguros. Divulgação

A Sompo Seguros acaba de lançar o uma plataforma digital que visa interagir e engajar diferentes públicos por meio de conteúdo informativo e relevante alinhado às necessidades e interesses de segurados, corretores e mercado em geral. Desenvolvido pela RMA Comunicação, o novo ambiente é uma evolução do Lounge mantido no site da companhia e atende ao caminho evolutivo de construção do relacionamento da nova marca com seus diversos públicos na Internet.

O novo canal de comunicação, alinhado ao conceito da marca adotado pela companhia em julho do ano passado, traz uma nova linha editorial, que inclui também mudança no design, no conteúdo; bem como na classificação das editorias.

“Esse é mais um passo no processo de interação da marca Sompo com seus públicos. O processo de comunicação é dinâmico e vamos sempre buscar soluções que contribuam para que nossos públicos possam ter sempre à mão informações úteis sobre seus temas de interesse”, conta Andre Gouw, gerente de Comunicação e Marketing da Sompo Seguros.

No espaço serão disponibilizados conteúdo multimídia e notícias, sempre de uma forma muito mais prática e acessível. Além disso, a informação trabalhada também se presta a desmistificar cada tema tratado.

As dicas e novidades estarão divididas em editorias como Empreender (dicas e informações relevantes para que corretores de seguros e empreendedores em geral possam administrar seus negócios), Viver (dicas sobre Saúde, Estilo de Vida e o mundo dos Pets), Morar (com informações relacionadas à casa e condomínio), Dirigir (conteúdos sobre carros e para caminhão e caminhoneiros: cargas, estradas e mercado de transportes) e Ser Sompo (informações sobre a Sompo Seguros).

Tecnologia e informação direcionadas

Um dos diferenciais do Espaço Sompo Seguros está em sua plataforma tecnológica. Todo o ambiente foi desenvolvido no Hubspot, principal software de Inbound Marketing do mundo. Além disso, foi utilizada a tecnologia de “smart content”, que identifica o público que visita o portal e direciona as informações disponíveis personalizadas de acordo com o perfil de cada visitante.

Reconhecimento

O Espaço Sompo Seguros surge como uma evolução do Lounge Bom Te Ver Bem, criado para a Yasuda Marítima, que era o nome da companhia no Brasil até julho de 2016. A companhia foi reconhecida com o troféu SABRE Awards, organizado pela Holmes Report, pelo trabalho, realizado pela agência RMA Comunicação, de desenvolvimento de melhor Conteúdo e Relacionamento em Plataforma Digital. O prêmio é um dos mais importantes do mundo na área de relações públicas e a ação da seguradora foi reconhecida entre 250 iniciativas de grandes empresas e agências-líderes da América Latina.

Conheça o Espaço Sompo Seguros.