Como o caos na Segurança Pública do ES afetou o mercado de seguros 94018

Estima-se que as seguradoras devem pagar cerca de R$ 3 milhões em indenizações de roubos e furtos de veículos

Policiais militares voltam às ruas em Vitória. Imagens de Tânia Rêgo/Agência Brasil

A corretora de seguros Jaqueline Bergami (39), de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, viu sua cidade ser assolada por uma onda de crimes e saqueamentos. Criminosos armados e uma população impossibilitada de sair às ruas era o cenário descrito da janela de sua residência.

O motivo deste fenômeno assustador foram as manifestações que impediam o policiamento no Espírito Santo. Os Policiais Militares começaram a retornar às ruas no sábado (11), após um acordo entre representantes da categoria e governo e um chamado do comando geral da PM.

À luz do mercado de seguros, dois ramos são afetados: automóveis e patrimoniais. No seguro auto, o aumento de sinistros foi de 200%. O número de roubos e furtos de carros foi três vezes maior, registrando, no início da semana passada, cerca de 200 ocorrências. Estima-se que as seguradoras devem pagar cerca de R$ 3 milhões em indenizações de roubos e furtos de veículos.

Segundo o presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio de Janeiro e Espírito Santo (SindSeg RJ/ES), Roberto Santos, o aumento do roubo tem por objetivo, por parte do criminoso, um segundo delito: o de roubar para transportar objetos furtados. “Depois disso os carros são abandonados, o que significa que serão recuperados quando a Segurança Pública voltar à situação normal”, esclarece, ao lembrar que a recuperação de carros praticamente zerou neste período.

No seguro auto se registrou um aumento de sinistros de 200%.

A questão dos seguros patrimoniais é mais complexa nessa situação, pois, segundo a entidade, as seguradoras não estão sendo devidamente comunicadas das ocorrências. Na Porto Seguro, empresa onde o presidente atua, só duas ocorrências do tipo foram realizadas nos primeiros cinco dias da paralisação. “Ainda não conseguimos saber a extensão do problema. Pois, nos seguros patrimoniais, o proprietário da loja muitas vezes precisa procurar o seu corretor para comunicar o sinistro e os corretores não conseguiam trabalhar em função da Segurança Pública”, diz.

Santos acredita que este tipo de evento não refletirá no valor dos seguros. “Aumenta o nível de sinistralidade por algumas semanas, o que não é suficiente para alterar os preços das seguradoras, pois isso acontece com eventos de comportamento que duram muito tempo”, afirma, ao comentar que as companhias estão operando normalmente.

O Sindicato dos Corretores do Estado (Sincor-ES) fechou as portas da sua sede, em Vitória, no dia 06 de fevereiro e voltou a operar meio turno no dia 09 de fevereiro para não expor seus colaboradores à situação em que se encontrava a Capital capixaba. O presidente da entidade, José Rômulo da Silva, diz que as corretoras de seguros tiveram que alterar suas rotinas, “uma vez que seus segurados estão preferindo não sair de suas residências e não existe comércio aberto, incluindo a rede bancária”. “Os que seguiram operando, o fizeram de suas residências ou escritórios em função do atendimento aos seus clientes, principalmente no que diz respeito a orientação e procedimentos a serem adotados em caso de sinistros”, comenta.

Lições

Manifestantes fazem caminhada pela paz em Vitória.

O Sincor-ES reforça que a lição que fica para o corretor de seguros num momento de tensão como este é de que se deve proceder com muita calma, já que o segurado precisa do auxílio do profissional. “Por certo o corretor deverá sofrer um desgaste grande e uma queda em seus negócios, face ao medo e o recolhimento dos segurados e possíveis segurados neste momento. Mas creio que passada a tempestade, terá muito trabalho, não só para ajudar seus segurados, como também para atender a novos clientes que tiveram seus veículos furtados ou roubados ou seus estabelecimentos comerciais saqueados”, avalia.

Para o SindSeg RJ/ES, o aprendizado que se extrai é o da necessidade de proteção através de apólices de seguro. “O mercado segurador está acostumado com catástrofes e está preparado para lidar com situações como esta. Então, a lição que fica é para que a população se conscientize de que é melhor se proteger”, assegura.

Na visão da corretora Jaqueline, citada no início desta reportagem, a importância do profissional corretor de seguros fica ainda mais evidenciada em momentos como este.

“O cliente não quer comprar somente um produto, ele quer segurança. E isso só um corretor que conhece o produto pode oferecer. Ele não quer preço simplesmente, ele quer solução”, finaliza.

Make-up Canoas oferece condição especial para arranhões superficiais 670

Serviço está a partir de R$ 80

A Make-up Canoas está com condição especial para quem precisa reparar arranhões superficiais do seu automóvel. Agora não tem mais desculpas para deixar seu carro com aquela marca indesejada.

O inovador método SRA pode deixar o veículo com a aparência de 0km de novo. Aproveite a condição especial da unidade: a partir de R$ 80 para arranhões superficiais*.

Agenda sua avaliação através do telefone (51) 3463-1540 ou vá até a Make-up Canoas, que fica na Avenida Getúlio Vargas, 4294 – Centro.

*Sujeito a avaliação.

Sucesso no lançamento de segunda obra de Alberto Júnior 1453

“Vendedor C.O.U.G.A.T.I” já chegou às mãos de quase 300 leitores

Os leitores compareceram em peso no lançamento da obra “Vendedor C.O.U.G.A.T.I – O vendedor mais cobiçado” na terça-feira (18) na Capital gaúcha. Somando a pré-venda online e as vendas na Livraria Cultura, o mais recente livro de Alberto Júnior, também autor do best-seller “A Lógica – Como ganhar milhões com seguro de vida”, já chegou às mãos de quase 300 pessoas.

O especialista em vendas no ramo de seguro de vida mostra os passos de como sair do lugar comum através de sete passos, todos coordenados pelas letras C, O, U, G, A, T e I. “Todos nós somos vendedores”, confia Alberto Júnior, que é fundador do Grupo Life Brasil, uma das maiores corretoras de seguros de vida do Brasil e CEO da Life Brasil Franchising. “Vendedor bom é aquele que vai além das suas próprias expectativas, que se doa ainda mais na arte de vender e que sempre tem algo a mais a oferecer. É exatamente como funciona com o creme dental, que apesar de estar no fim, ainda consegue nos doar um pouco a mais”, conclui.

O livro pode ser adquirido em qualquer Livraria Cultura e Saraiva ou através do endereço vendedorcougati.com.br.

Fotos: Matheus Henrique Pé/JRS

Mapfre reforça importância do seguro condominial 959

Foram abordadas as questões técnicas do produto ao público de síndicos

A Mapfre participou na terça-feira (18) de um encontro voltado para síndicos de condomínios. O intuito foi conscientizar os cinquenta participantes sobre a importância da contratação do seguro condominial.

O gerente de operações da Crédito Real, Luciano Oliveira da Silva, e o gerente territorial de seguros gerais da Mapfre, Ivan Marcos dos Santos abordaram questões técnicas a respeito do produto. “O seguro Mapfre Condomínio oferece uma linha completa de coberturas que protegem os condomínios residenciais, comerciais ou mistos contra os mais diversos riscos e proporciona muito mais segurança e tranquilidade ao síndico e moradores”, destacou o gerente da companhia.

Fotos: Filipe Tedesco/JRS

Como um aplicativo pode tornar você um motorista melhor 821

Motorista

“Trânsito+gentil” ainda traz descontos e premiações para bons condutores

Entre os dias 18 e 25 de setembro acontece a Semana do Trânsito, que em 2018 tem como tema: “Nós somos o trânsito”. Em reforço a essa causa, que tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de um tráfego mais seguro, motoristas podem conhecer e baixar gratuitamente o app Trânsito+gentil, do Porto Seguro Auto.

Lançado pela companhia no primeiro semestre desse ano, o aplicativo concede descontos de até 35% para os motoristas de 18 a 24 anos no seguro auto. Além disso, todo mês os 10 melhores condutores, com boa performance na direção, podem ganhar prêmios de R$ 200 a R$ 4.000.

A novidade é uma espécie de medidor de gentileza que influência o condutor a ter ações que promovam um trânsito mais consciente e colaborativo. O aplicativo propõe uma jornada aos usuários, que passam por diversos desafios e missões para acumular pontos e concorrer aos prêmios que incluem itens, como TV, smartphones, notebook e até viagens. Para avaliar a performance do condutor, são utilizadas cinco variáveis: aceleração, frenagem, velocidade, curvas e uso do celular ao volante. O bom desempenho, somado à condução com responsabilidade, dará ao motorista moedas e medalhas online de ouro, prata e bronze.

“Por meio do aplicativo, o Porto Seguro Auto incentiva um trânsito mais responsável. O motorista que andar na velocidade permitida, que frear suavemente, que realizar as curvas de forma tranquila e não acelerar bruscamente, será recompensado e contribuirá para a diminuição dos acidentes no trânsito”, destaca o diretor do Porto Seguro Auto, Jaime Soares.

Lógica de descontos

Ao baixar e se cadastrar no app, todos os usuários ganham 3% de desconto ao contratar ou renovar com o Porto Seguro Auto. Além disso, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Bahia, os motoristas com zero ponto na habilitação somam mais 7%, podendo chegar a 10% no total de descontos.

Já os condutores de 18 a 24 anos, além desses descontos, podem ganhar até 15% pela maneira como dirige e ainda, ao realizar os cursos online Direção Segura e Emocional, garantem mais 10% de desconto no Porto Seguro Auto Jovem, somando-se 35% para este público.

Saiba mais neste endereço.

Grupo Delta inaugura nova unidade em São Paulo 709

Delta

Filial está localizada em Pinheiros

Em sequência ao alinhamento estratégico e com o compromisso de se aproximar cada vez mais dos corretores, seguradoras e clientes, o Grupo Delta inaugurou esta semana sua nova unidade em São Paulo.

O novo espaço permitirá alocar profissionais da área comercial trazendo mais proximidade, segurança e eficiência aos parceiros da região sudeste.

“A região sudeste representa uma grande parte de nossos negócios atualmente, com a nova unidade vamos aproximar e agilizar nosso contato com seguradoras, corretores e demais parceiros da região”, afirma o diretor executivo do Grupo, Nícolas Galvão. Comandado por Gabriel Prezensky, o escritório conta também com outros profissionais de grande experiencia no mercado de seguros.

Além do foco em assistência 24h para frotas e afinidades, com a Delta Global Assistance, a nova unidade de São Paulo vai trabalhar a expansão da recém lançada DeltaSat, empresa de rastreamento e monitoramento do grupo com tecnologia 100% própria, o que proporciona uma personalização do sistema de acordo com as necessidades de cada cliente.

Atualmente o Grupo Delta mantém operações em outras três unidades: a matriz em Porto Alegre, escritórios em Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A unidade de São Paulo fica localizada no bairro de Pinheiros, importante região de negócios da capital paulista.

O endereço da unidade fica na rua Paes Leme, 215 – sala 809, Pinheiros (SP), telefone (11) 3032.4658. Saiba mais nesse endereço.