Ituran Com Seguro chega ao RS 969

No Brasil, a empresa atua há 17 anos e conta com mais de 600 mil clientes

A Ituran deve apostar nas assessorias em seguros para criar uma base de operações na Região Sul. “Assim, o corretor de seguros tem total apoio. As comissões todas são pagas a vista no mês seguinte às vendas”, conclui o diretor.

Confira a entrevista completa:

Ituran alia rastreamento ao mercado de seguros

O produto tem cobertura básica com proteção para roubo e furto, além de 5 assistências 24h. Existem algumas coberturas adicionais que podem ser adquiridas à parte, como riscos para colisões e terceiros. Não é exigido um perfil do segurado, basta informar o modelo, ano do veículo e CEP de pernoite. São aceitos veículos com até 20 anos de uso e orçados em até R$ 150 mil na FIPE. Carros rebaixados e tunados também podem ser segurados.

AXA é a marca nº 1 do mundo pelo 10º ano consecutivo 2172

AXA

Ranking Best Global Brands 2018 também posiciona a AXA entre as 50 principais marcas globais na colocação geral

O ranking global Interbrand 2018 foi divulgado recentemente e a AXA completa uma década na posição de marca número 1 em seguros no mundo, levando em consideração o valor estimado do ativo, de US$ 11,118 bilhões de dólares.

No ranking geral, a AXA está entre as 50 marcas globais mais bem avaliadas, ocupando a 47ª posição. Ao longo de 19 edições, o ranking da Interbrand, consultoria de marca presente em 17 países, tornou-se referência mundial para tangibilizar o valor de marcas.

Três fatores se destacaram na avaliação: comprometimento, relevância e autenticidade. Esses indicadores estão totalmente conectados com os esforços da AXA em ser uma empresa relevante para seus clientes, com um relacionamento mais significativo, interativo e de longo prazo.

“Estamos crescendo com solidez no Brasil e a força da marca AXA é um diferencial, sobretudo neste momento em que nos aproximamos de pequenos corretores e consumidores finais. O Grupo AXA tem um profundo comprometimento com o propósito de empoderar pessoas para uma vida melhor. Figurar no ranking por uma década é a prova de que nossa estratégia e valores estão permeando todo o negócio”, afirma Delphine Maisonneuve, CEO da AXA no Brasil.

Para acessar o ranking completo clique aqui.

Bolsonaro vence em 16 estados e no DF; Haddad ganha em nove estados 2591

Eleições vão para o segundo turno

Ciro ganhou apenas no Ceará

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) teve a maioria dos votos válidos em 16 estados e no Distrito Federal. Fernando Haddad (PT) ganhou em nove estados, a maioria no Nordeste.

Ciro Gomes teve a maior votação apenas no Ceará, com 41% dos votos válidos.

Bolsonaro e Haddad voltam a se enfrentar no segundo turno no dia 28 de outubro.

Cresce o número de idosos com planos de saúde 4064

Idosos - Saúde suplementar

Número de beneficiários com mais de 80 anos cresceu mais de 60% nos últimos 10 anos, segundo ANS

A Agência Nacional de Saúde (ANS) informou em um estudo que o número de idosos acima de 80 anos clientes de planos de saúde subiu cerca de 62% na última década. Esse expressivo crescimento referente aos planos de saúde é maior que o aumento da população nacional dessa faixa etária no mesmo período, crescimento esse que, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi de 55%.

Conforme uma pesquisa feita pelo Instituto de Estudos de Saúde Complementar (IESS), os idosos com idade superior a 80 anos fazem parte de aproximadamente 14% da população brasileira que conta com os serviços do plano de saúde. E o mesmo estudo ainda aponta que, até 2030, haverá um crescimento de 6% neste setor.

Estes dados se devem ao fato de que a população brasileira está envelhecendo mais. No entanto, essa maior procura pelos serviços de saúde deve promover um aumento nos valores e mensalidades dos planos de saúde.

O IESS afirmou que as custas com serviços assistenciais poderão chegar a mais de R$ 380 milhões no ano de 2030. Esse cálculo mostra que haverá um aumento de quase 158%. Isso porque, ainda de acordo com o IESS, um idoso com mais de 80 anos promove despesas médicas anuais em torno de R$ 19 mil, para as operadoras. Este é um número dez vezes maior que os gastos calculados para uma pessoa com menos de 18 anos, cálculo esse que fica em torno de R$ 1.500.

Como esse crescimento afeta as operadoras de planos de saúde?

O aumento da adesão aos planos de saúde vem sendo promovido apenas por clientes idosos desde 2015. Estudiosos afirmam que esse movimento se deve à crise econômica que o país vem vivendo desde então. Obrigando as famílias que possuem suas rendas reduzidas a optarem pela contratação do serviço apenas para os membros mais velhos.

É verdade que a economia nacional teve uma recuperação nos últimos anos, mas essa recuperação econômica não mudou o quadro de desempregos no país, que de acordo com o IBGE atualmente conta com 13,2 milhões de pessoas.

Esse crescimento de idosos nos planos de saúde e aumento do número de pessoas desempregadas obriga as operadoras a equilibrarem muito bem suas gestões, visto que o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) consolidou a Lei n. 9.656/98, onde no artigo 30, parágrafo 6 diz que os aposentados e ex-funcionários, desde que demitidos sem justa causa, podem permanecer em seus planos de saúde coletivos contratados pelas empresas.

Da mesma maneira que essa decisão torna mais fácil o acesso a melhores condições de saúde para aposentados e pessoas que foram demitidas sem justa causa, essa lei também traz complicações aos planos, que acabam encontrando mais dificuldades para administrar seus custos gestacionais.

Por isso, é importante que todas as condições descritas na Lei n. 9.656/98 sejam cuidadosamente estudados pelos gestores dos planos. Assim será possível manter os direitos dos clientes e evitar os altos custos com despesas das operadoras de planos de saúde.

*Por Jeniffer Elaina.

Brasil vai às urnas neste domingo; Consciência em primeiro lugar 3175

Brasil Eleições 2018

Em editorial, JRS reafirma posições e fornece breve guia para o eleitor

É chegado o momento de decidir o futuro do Brasil. Durante o processo eleitoral, os candidatos apresentaram seus projetos para o País e seu Estado. A escolha de seus representantes impacta diretamente na sua vida. Por isso, vote de forma consciente. Analise muito bem seus candidatos e candidatas, além do que já fizeram e do que realmente podem fazer pelo bem do interesse coletivo.

A redação de JRS contempla a pluralidade de ideias e isso é fundamental para compreender distintas visões, que garantem sempre nossa isonomia e isenção. Como empresa totalmente financiada pelo setor privado, não cabem interesses que não a promoção da informação como forma de libertação para nossos leitores. Não temos lado. Aqui, todos têm voz. Prezamos pela Democracia e participação ativa da Sociedade nos assuntos de interesse nacional.

Reflita, analise, pesquise. Trazemos agora um breve compilado sobre a votação que acontece neste domingo.

Como votar?

Você deve comparecer em sua Seção Eleitoral, de acordo com a zona de inscrição de seu Título de Eleitor. Se não lembrar de cabeça, o site do Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza os dados necessários. Em 2018 você ainda pode utilizar apenas o aplicativo oficial do TSE, caso já tenha cadastrado sua digital. São aceitos ainda os principais documentos de identificação válidos em território nacional.

O TSE liberou que os eleitores votem com a camiseta do candidato. No entanto essa é uma forma individual de manifestação, sem a possibilidade de se fazer propaganda eleitoral a favor do mesmo. De acordo com a lei eleitoral, está proibida a aglomeração de pessoas com vestuário padronizado, além de manifestações coletivas e ruidosas e qualquer tipo de abordagem, aliciamento ou persuasão de eleitores. A camiseta não pode ser distribuída pelo candidato.

O que está em jogo?

Os eleitores escolhem neste domingo, 7 de outubro, os deputados estaduais e federais, senadores, governadores e o presidente da República. O primeiro voto é para deputado estadual, composto por 5 números. Na sequência, o eleitor decide quem representa sua região na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). São 4 dígitos.

Este ano são eleitos dois senadores por estado. O número dos candidatos são compostos por três dígitos. Já na sequência vem o voto para governador. O voto é na legenda do candidato, composta por dois números. Por fim, o eleitor decide quem será o próximo presidente de República.

Candidatos à presidência da República:

Concorrem: Alvaro Dias (PODE), Cabo Daciolo (PATRI), Ciro Gomes, (PDT), Eymael (DC), Fernando Haddad (PT), Geraldo Alckmin (PSDB), Guilherme Boulos (PSOL), Henrique Meirelles (MDB), Jair Bolsonaro (PSL), João Amoêdo (NOVO), João Goulart Filho (PPL), Marina Silva (REDE) e Vera (PSTU).

A votação começa a partir das 8h e vai até ás 17h. A repercussão da eleição presidencial você acompanha no Newsletter JRS dessa segunda-feira.

Espaço GBOEX movimenta público no 18º Conec 11341

Mais de 4 mil pessoas circularam pelo estande da empresa

O GBOEX esteve presente na 18ª edição do Conec, que aconteceu no Transamérica Expo Center, em São Paulo, entre os dias 27 e 29 de setembro. O espaço da empresa na Exposeg foi muito movimentado, mais de 4.000 pessoas circularam pelo estande.

Os corretores de seguros foram recepcionados pelas equipes do GBOEX, que estavam à disposição para informações sobre os produtos e serviços oferecidos pela empresa.

Totens de jogos e fotografias tornaram a visita dos profissionais ainda mais especial. O diretor-presidente da diretoria executiva, Ilton Oliveira, e o diretor técnico-comercial Gustavo Sodré, juntamente com a equipe, recepcionaram os visitantes com chimarrão, café, serviços de alimentação, como crepes salgados e doces e outras surpresas.

“Eventos como o Conec são excelentes oportunidades para estreitar as relações e valorizar os profissionais”, destaca o Presidente da Diretoria Executiva. Ele reforça também que a união e a troca de conhecimento são as melhores formas de atingir o principal objetivo do GBOEX e dos corretores: levar proteção para as pessoas.

GBOEX – 105 anos de tradição, solidez e segurança. Valores que fazem a diferença na vida.