A importância dos corretores no mercado de planos de saúde 5781

Profissional é fundamental para a retomada do crescimento no setor

Com vendas on-line e inúmeras outras novidades no mercado de planos de saúde, muitos podem pensar erroneamente que a profissão de corretor já não é mais relevante e talvez que já não seja tão próspera. Porém, essa ideia é errada, pois o corretor é o combustível que o segmento precisa para manter a máquina funcionando, mesmo com a venda on-line, sem esse profissional fundamental, nada acontece.

O que está faltando ao mercado é uma conscientização maior sobre como valorizar o trabalho desenvolvido pelo corretor. Os executivos e as empresas do setor devem se unir no esforço de melhorar a comunicação e o relacionamento entre as operadoras ou seguradoras com as plataformas e seus corretores, pois existe atualmente uma grave falha na comunicação. Os dois lados são fundamentais na engrenagem que faz os negócios se movimentarem. Pois de nada adianta investir na marca e não valorizar quem forma opinião com o consumidor final e fomenta o mercado.

Entre os entraves que desestimulam o corretor está a limitação no atendimento dos gestores, pois não há muito empenho para solucionar os casos em que depende deles para sequenciar os processos de implantação. Infelizmente, existe um preconceito com o corretor pela não exigência de formação profissional e pelo fato de existirem maus profissionais. Quando um apronta, todos são vistos da mesma forma! Dentro das empresas há pessoas que não gostam de corretor, e nos bastidores é comum se ouvir que “corretor é um mal necessário“.

Essas empresas precisam ficar atentas e se juntar a outras para defender o que é importante para o mercado. Na ACOPLAN – Associação dos Corretores de Planos de Saúde -, que atualmente conta 80 empresas, há um trabalho de valorização e unificação de esforços com objetivo de melhorar o desempenho do setor. Poderia ter muito mais associados, mas mesmo com uma taxa simbólica – apenas para manter os custos –, muitos não querem unir esforços para elaborar grandes projetos que serviriam para o crescimento de todos.

De qualquer forma, a profissão de corretor sempre estará em alta, o que muda são os profissionais, a forma como encaram as mudanças e enxergam os conflitos. Toda crise tem o lado positivo e negativo. Para qual foco você vai se concentrar? É fato que as ameaças trabalhistas e o avanço da venda on-line serviram de incentivo para que muitos profissionais abandonassem o mercado, a resistência pelo novo, a falta de conhecimento por achar que “não preciso de treinamento” fizeram com que muitos deles desistissem do setor, alguns não se adaptaram. Por outro lado, a crise trouxe outros profissionais, uma nova geração, com habilidades de informática e técnicas de persuasão por telefone, oriundos dos grandes call centers que substituíram milhares de profissionais pela tecnologia.

A inclusão da tecnologia veio para somar, embora algumas pessoas ainda estão presas em um mundo arcaico, vendo a tecnologia apenas por causa do WhatsApp, do Facebook e do Instagram, sem se aprofundar no assunto como se deve. Integrar os processos de venda, o cadastro e o pós-venda é muito importante. Hoje é possível realizar uma venda para um cliente de qualquer parte do país, facilmente – sem ter qualquer contato físico – 90% é on-line. A pessoa recebe o contrato via e-mail, imprime e encaminha para o corretor dar entrada na operadora ou na seguradora.

Buscando ainda mais valorização, muitos corretores estão se aperfeiçoando na formação e outros estão atuando com a cocorretagem, que já é realizada entre as seguradoras, porém apenas entre corretores susepados (por contrato PJ – Pessoa Jurídica), a plataforma emite nota somente da parte que lhe cabe e o corretor da parte dele, além disso exclui das partes o processo financeiro que demanda tempo e investimentos, traz mais segurança de pagamento recebíveis para os corretores, principalmente no quesito vitalício.

Segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em um ano cerca de 1,7 milhão de pessoas deixaram de ter plano de saúde no Brasil. O mercado sofreu com a crise, mas agora está sendo reconstruído, a tendência é crescer de forma organizada e mais equilibrada. O investimento agora será em mais treinamentos para esse novo momento, pois exigem mão de obra mais qualificada, a tecnologia é nossa aliada e trará mais benefícios para o setor.

*Rosa Antunes é presidente da Associação dos Corretores de Planos de Saúde (ACOPLAN)

Liberty oferece treinamento inovador para o corretor com imersão no Facebook 769

Facebook

Liberty Academia Digital traz encontro na sede do Facebook, vídeos, vouchers e apoio de consultor para corretores terem sucesso no digital

Atenta à tendência de digitalização e dedicada a ajudar os corretores parceiros a crescerem seus negócios, a Liberty Seguros acaba de lançar um novo formato de treinamento inovador para esse público: a Liberty Academia Digital, que conta com importantes insights do time de atendimento do Facebook no Brasil e tem como principal objetivo habilitar os corretores a promover os produtos de seguro nas mídias sociais e a alcançar potenciais clientes.

A Liberty Academia Digital consiste em um treinamento digital por meio de vídeo-aulas baseada no conceito de gamificação e com foco na experiência de vender seguros. O treinamento atende aos mais diferentes perfis de corretores: aos que tem pouco conhecimento em mídias sociais, aos que possuem algum conhecimento, mas que não sabem como criar conteúdo e aos que já produzem conteúdos, mas que não sabem como otimizar seus resultados.

As aulas serão divididas em três módulos: o Módulo 1, que pode ser acessado por qualquer profissional do Brasil e estará disponível na página do Programa Conexão no Facebook; o Módulo 2 e o Módulo 3, que só poderão ser acessados se o corretor for parceiro da Liberty Seguros, por meio da plataforma de treinamento da seguradora. Caso o profissional inicie o treinamento e ainda não seja parceiro, pode facilmente tornar-se um por meio do site da Liberty Seguros. Ao final do Módulo 3, o Facebook receberá em sua sede, em São Paulo, um grupo de corretores para  uma verdadeira imersão em suas plataformas – Facebook e Instagram.  Além disso, os corretores que concluírem o curso contarão com um consultor digital, que estará à disposição, via Facebook Messenger, para orientar e tirar as principais dúvidas, garantindo que os principais objetivos das campanhas de mídia sejam alcançados.

“Acreditamos muito no valor dos corretores e queremos que nossos parceiros desenvolvam seu negócio, e cresçam com a Liberty. Apoiar o corretor para ingressar no mundo digital e utilizar o online a seu favor é um tema muito importante para nós. Desde 2015, a Liberty investe em treinamentos de mídias sociais para captação e fidelização de clientes. A Academia Digital reúne três anos de feedback dos nossos parceiros, além de incentivos para nossos corretores desenvolverem suas campanhas nas mídias sociais gerando resultados para o seu negócio” comenta Patricia Chacon, Diretora de Marketing e Estratégia da Liberty Seguros.

A ação foi cocriada junto à CUBOCC, que lidera a comunicação digital da Liberty Seguros.

Memória do seguro brasileiro completa 10 anos 757

Seguro

Projeto reúne depoimentos de mais de 130 personalidades do setor

Neste ano, o Projeto Memória do Seguro Brasileiro, da Academia Nacional de Seguros e Previdência, completa 10 anos. Idealizado em 2008 com o intuito de manter viva a história do setor, a iniciativa já registrou, em vídeo, depoimentos de mais de 130 personalidades que contribuíram para a construção do seguro no Brasil. A coletânea está disponível no site da Academia.

Para João Marcelo dos Santos, presidente da ANSP, “é um projeto que tem o benefício de registrar informações valiosas e torná-las disponíveis de modo simples e efetivo para um grande público. São depoimentos muito especiais de pessoas que realmente sabem como chegamos até aqui”, explica. “Falo com muita satisfação sobre isso. É a história de cada pessoa, instituição, as realizações e os momentos”, complementa Mauro César Batista, um dos entusiastas da Memória do Seguro e Presidente do Conselho Superior da Academia.

Mauro relembra que o projeto teve início após o falecimento de Olavo Egydio Setúbal, ex-presidente do Conselho de Administração do Itaú. “Assim como eu lamento a ausência neste arquivo do saudoso e querido Manuel Póvoas, também lamento a ausência de Olavo Setúbal”, afirma.

“Para o futuro, o objetivo é tornar essa coletânea ainda mais conhecida e utilizada por todos. Foram, apenas, os primeiros dez anos”, conclui João Marcelo dos Santos.

Rodobens Corretora de Seguros apresenta novo modelo de parceria 2112

Negócios

Empresa marca presença no Conec, que acontece entre os dias 27 e 29 de setembro

Rodobens, através de sua corretora de seguros, marca presença em um dos maiores eventos do setor, o Congresso de Corretores do Estado de São Paulo (Conec) que está em sua 18º edição e acontece entre os dias 27 e 29 de setembro, no Transamérica Expo Center, em São Paulo (SP).

A empresa conta com estande, onde apresenta todo portfólio, além de evidenciar os diferenciais de seu modelo de negócio Parceiros Digitais com ótimas condições comerciais, já que os investimentos iniciais, como taxa de franquia ou mensalidade, não são cobrados. “O canal Parceiros Digitais, foi criado para facilitar a operação do corretor e apoia-se na tecnologia, relacionamento constante, capacitação e desenvolvimento de profissionais, favorecendo também o empreendedorismo. Como resultado para a empresa, fortalecemos ainda o mercado de seguros como um todo, oferecendo produtos com a garantia e tradição da Rodobens por meio de um canal mais prático”, comenta Ronald Torres, diretor da Corretora de Seguros da Rodobens.

Atualmente, existem cerca de 500 parceiros e corretores que trabalham com a oferta diversificada da empresa por meio de diversos canais de venda. “Será nossa primeira participação no congresso, por isso investimos em um forte plano de ativação pré-evento que inclui todos nossos meios de comunicação. Com a apresentação da plataforma de negócios e modelo de parceria, pretendemos capturar novos empreendedores, uma vez que planejamos dobrar o número de parceiros”, finaliza o executivo.

Informações:

Evento: 18º Congresso de Corretores do Estado de São Paulo (Conec).
Data: 27 a 29 de setembro de 2018.
Local: Transamérica Expo Center (Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387 – São Paulo).
Inscrições e formas de pagamento: neste link.

Generali recebe mais de 100 parceiros de negócios no Acampamento Farroupilha 4733

Head para a América Latina e diretores da companhia prestigiaram momento

O Piquete Adesbam no Acampamento Farroupilha foi o palco para a Generali receber mais de uma centena de corretores de seguros nas festividades da Capital gaúcha na quarta-feira (12). Os parceiros de negócios foram recebidos pelo Head para a América Latina da companhia Nery Silva, pelo Diretor de Canais Tradicionais João Bosco Medeiros, o Diretor Comercial Rafael Alquati e o executivo principal no Rio Grande do Sul Fabricio Porto.

Churrasco, chimarrão e muita música foram preparados para os convidados. Para Nery Silva, a importância do encontro de confraternização e a adesão plena de corretores das mais longevas cidades é sinal do prestígio da Generali, que tem uma história muita fraterna com os gaúchos, tendo sido, inclusive, a primeira seguradora com expertise internacional a investir no Brasil. Ele também destacou a interlocução efetiva em forma de atendimento do staff da seguradora, citando os diretores e a presença dos presidentes do Sindicato das Seguradoras do Estado Guacir Bueno, e do Sindicato dos Corretores do mesmo, Ricardo Pansera.

Fotos: Filipe Tedesco/JRS

Josemar Ballejo é o novo superintendente da Bradesco Seguros em Novo Hamburgo 2400

Executivo conta com nove anos de companhia

Josemar Ballejo é o novo superintendente da Bradesco Seguros em Novo Hamburgo, na Região do Vale do Sinos. O bacharel em ciências contábeis já é conhecido dos corretores de seguros, pois conta com nove anos de experiência na companhia, tendo iniciado como auxiliar de escritório e atuado como gerente comercial nos últimos seis anos.

O executivo encara o novo desafio com muita responsabilidade. “É um desafio que com certeza me proporciona novos crescimentos e a responsabilidade de manter o bom trabalho que foi feito pelos colegas e, é claro, acrescentando um pouco da minha personalidade e experiência, posso fazer com que a sucursal evolua ainda mais”, destaca Ballejo.

Aos corretores de seguros da região, ele defende um trabalho calcado em muita parceria e trabalho duro. “Os corretores podem contar comigo, é sempre um prazer estar dentro do meu Estado, pois conheço Novo Hamburgo e quero estar à disposição para que eles possam contar comigo para que nós possamos, juntos, crescer ainda mais”, argumenta. “Esse é o sentimento pelo desafio que tenho à frente e pelos corretores seletos que temos dentro da sucursal”, complementa.

Sob a perspectiva do superintendente para a Região Sul da Bradesco Seguros, Anderson Fabiano Mundim Martins, a escolha foi assertiva, num momento de mudanças, em que Sallam Saleh assumiu a sucursal de Caxias do Sul e Bento Gonçalves, Andrei Pires de Ponta Grossa (PR) e, por fim, Josemar Ballejo a de Novo Hamburgo. “Esses profissionais são pessoas que os corretores de seguros gostam e que estão junto conosco e precisam ser valorizados pelo seu trabalho e eficiência”, finaliza.