Clube dos Corretores do RJ: Perspectivas para 2018 2876

Presidente do CCS-RJ faz balanço de 2017 e projeta 2018

A perspectiva de retomada do crescimento da economia é um dos fatores que, de acordo com o presidente do Clube dos Corretores de Seguros do Rio de Janeiro (CCS-RJ), Jayme Torres, podem melhorar o desempenho do mercado de seguros. Apesar de ver 2018 com bons olhos, ele observa que também será um ano em que será preciso estar atento. “Com as eleições, grandes eventos e os feriados prolongados, estatisticamente, roubos podem ser mais frequentes do que em outros anos”, avalia.

Além disso, Torres acha importante, para os seguradores, dispensar atenção extra às novidades tecnológicas e como elas podem facilitar o trabalho dos corretores. “O uso de novas ferramentas pode ser um estímulo para o aprimoramento da carreira dos corretores, é preciso despertar essa necessidade para aqueles que ainda não aderiram à era digital”, afirma.

O presidente do CCS-RJ chama a atenção também para as primeiras responsabilidades do ano dos corretores de seguros. “O corretor que possuir uma empresa enquadrada no Simples Nacional tem que estar atento para o recadastramento das Corretoras PJ pela Susep”, relembra. O prazo para recadastramento na Superintendência de Seguros Privados (Susep) vai de 1º de março até 30 de agosto de 2018.

Um balanço de 2017

Para o presidente do CCS-RJ, 2017 foi um ano de conquistas no combate à proteção veicular. Ele destaca a presença do Clube nas audiências públicas sobre o tema e a crescente atenção que tem sido dada pela imprensa ao assunto. “Ganhamos mais voz no combate a essa prática com matérias veiculadas no jornal O Globo, no Bom dia Brasil, na Rede Bandeirantes, na Globo News e no ‘Mais você’. Em todas elas participamos com informações e entrevistas”, afirma.

Um dos objetivos da diretoria para este ano é intensificar essa atuação. “Continuaremos nosso trabalho na divulgação, denúncia e combate à forma ilegal como essas associações atuam, buscando conscientizar as pessoas que pensam estar protegidas ao contratarem uma proteção veicular quando, na verdade, estão ainda mais vulneráveis”, garante.

Torres destaca outras ações do CCS-RJ no ano que passou, como a viabilização da participação dos corretores do Rio no Congresso Brasileiro dos Corretores de Seguros. “Nossa aproximação e trabalho em conjunto com as principais entidades do mercado, como o Sindseg-RJ, o CVG-RJ, o Sincor-RJ, a Escola Nacional de Seguros e a​ Fenacor também foram muito importantes em 2017”. Ele acredita ainda que a presença dos executivos das principais seguradoras nos encontros do Clube foram extremamente produtivas para a instituição. E anuncia: “a programação para 2018 será divulgada em breve”.

Diversas novidades marcam encontro do Clube da Pedrinha em Seguros (RS) 1521

Momento contou com palestra motivacional e integração plena entre operadores do mercado

A noite desta segunda-feira (13) foi especial para os amigos do Clube da Pedrinha em Seguros. Na oportunidade, os membros aprovaram a inclusão de novos pedrinhas em seguros, que recebem seus pins no próximo encontro da entidade. O restaurante Casa do Marquês, em Porto Alegre (RS), foi cenário ainda de uma palestra motivacional com a coach especialista em desenvolvimento pessoal Arieli de Freitas Groff.

Arieli destacou a importância de se traçar objetivos claros, além do domínio sobre o autoconhecimento para uma vida mais leve. “É preciso aliar talentos, valores e visão de futuro a quem você decide ser, ou seja, definir seu propósito”, explicou.

Também graduada em psicologia, Arieli lembra que a definição de prioridades claras auxilia principalmente na produtividade e em uma vida mais feliz. “Quando você organiza tudo isso fica perceptível que o tempo passa no tempo certo. Não se tem aquela ideia de que passou depressa ou devagar demais. Se tem tempo para tudo que é realmente importante, pois ninguém irá conseguir fazer absolutamente tudo ao mesmo tempo. O dia tem 24h para todos”, reitera.

A presidente do Clube da Pedrinha, Ana Maria Pinto, anunciou uma série de novidades. Além de um banco de currículos, a entidade disponibiliza assessoria jurídica aos membros e os participantes de palestras receberão comprovantes com carga horária para a comprovação em cursos que possam exigir horas complementares.

Na disputa do bem, onde gremistas e colorados doam valores destinados à instituições de caridade, deu Grêmio com R$ 126. Já o Inter arrecadou R$ 82. Segundo a diretoria do Clube, já são quase R$ 1 mil arrecadados ao longo dos encontros de 2018. Mais uma prova que o mercado de seguros tem um aspecto social fundamental.

A próxima edição do tradicional encontro do Clube da Pedrinha em Seguros (RS) acontece no dia 11 de setembro, em piquete especial proporcionado pelo Grupo Autosul e Sultec Vistorias, no Acampamento Farroupilha.

Clube da Pedrinha em Seguros – Todas as imagens:

Sancor Seguros completa 3 anos de operação no RS 1847

Companhia de origem argentina cai no gosto dos consumidores e corretores gaúchos

A segunda-feira (13) foi especial para a equipe da Sancor Seguros no Rio Grande do Sul. A companhia atua há mais de 5 anos em solo brasileiro e há 3 conta com filial no Rio Grande do Sul, sob gestão da executiva Estela de Moura Rey.

Em entrevista ao programa Seguro Sem Mistério, apresentado aos domingos no Canal Bah!TVEstela lembra do apoio dos primeiros 8 corretores cadastrados na operação inicial da companhia. “Hoje são mais de 300 corretores parceiros de prospecção. Somando com os profissionais da Lojacorr e Sustentare Seguros esse número é muito maior. Isso muito me orgulho, pois sei o quanto é difícil iniciar uma operação com foco em um público exigente como o do Rio Grande do Sul. Mas depois que conquistamos, ganhamos grandes parceiros”, explica a executiva.

Estela de Moura Rey e Andreia Alves deram início às operações da Sancor no Rio Grande do Sul. “Agora estamos em 8 profissionais aqui no Estado. Se pudesse resumir esse dia hoje, resumiria em muito orgulho e uma sensação de missão cumprida em poder contar com meu relacionamento a favor da companhia. Essa primeira etapa já foi cumprida”, comemora.

A gestora da filial gaúcha da Sancor Seguros destaca o crescimento totalmente orgânico da seguradora. “Estamos avançando muito em todo País. Acabamos de abrir um ponto em São Paulo, na cidade de Ribeirão Preto, também contamos com filial em Mato Grosso do Sul e percebemos que, aos poucos, a companhia está se movimentando para marcar presença em todos os Estados do Brasil”, explica. “É muito bacana ver a companhia conquistando essa posição de destaque com seu próprio esforço, sem negociações, tratativas ou fusões. Este é um trabalho de equipe, realizado dia após dia”, revela.

Estela ainda lembra que os profissionais da corretagem de seguros podem contar com toda estrutura da Sancor. “É uma empresa muito confiável e sempre que necessário podemos contar com o apoio da operação argentina. A companhia acredita muito no Brasil e entendemos que em momento algum vamos deixar de honrar com nossas promessas e compromissos”, afirma.

Os profissionais da Neo Executiva Corretora de Seguros comemoram a parceria com a Sancor Seguros. “Estamos comemorando esse desenvolvimento de novos produtos, parcerias e corretores que passaram a fazer parte deste relacionamento ao longo dos últimos 3 anos. A Estela não está apenas no Rio Grande do Sul, está ganhando o mercado brasileiro junto conosco, nos apoiando e crescendo. Todo esse suporte faz toda diferença para o corretor”, explica a corretora Júlia Fetter.

A Neo Executiva, por exemplo, demonstra total entusiasmo com o panorama do seguro no cenário brasileiro. “O servidor público é um de nossos principais clientes, contamos com a Federação dos Oficiais de Justiça ao nosso lado, por exemplo. Atendemos não apenas o servidor do Judiciário, como também de outras esferas, com produtos exclusivos, diferenciados e de excelente custo-benefício”, reforça Júlia. “É preciso entender a necessidade dos clientes, quais são seus diferenciais, para aí ofertar o produto mais assertivo”, complementa.

No mesmo sentido, Estela de Moura Rey reforça o papel do seguro na sociedade. “A ideia do seguro é proteger sua família, sua vida. É garantir a continuidade do bem-estar. A palavra proteção resume bem o seguro. Proteja as pessoas que você ama através da contratação de um seguro”, finaliza ao reforçar a atenção às preferências do consumidor final.

3 anos de operação da Sancor Seguros no RS – Todas as imagens:

Seguro residencial garante proteção além do roubo 1028

Casa

Quem deixa a casa vazia para viajar precisa tomar cuidado para proteger seus bens

O período de férias já acabou, mas ainda existem muitas famílias que aproveitam a baixa temporada para sair de férias. E há também quem deixa seu imóvel vazio para viagens rápidas nos feriados e finais de semana. Nestas e em outras ocasiões, o seguro Residencial é de extrema importância. Além do baixo custo de investimento para a aquisição, pouco mais de R$ 30 por mês no plano básico, quem tem o seguro está coberto não só de roubos ou furtos, mas também de incêndios, incidentes com raios, queda de aeronaves, explosão, danos elétricos, vendaval, entre outros.

Diferentemente de países desenvolvidos, no Brasil a cultura de seguros ainda é muito tímida. Nos Estados Unidos, por exemplo, 95% dos proprietários de imóveis residenciais já contavam com algum tipo de seguro em 2016. A aderência também se estende aos inquilinos que, naquele país, atinge 41% da população, taxa também mais alta se comparada à brasileira.

No país, a maior adesão está concentrada na região Sudeste, representando 20% das propriedades.

Quem contrata este tipo de seguro pode usar durante todo o contrato as assistências disponíveis. Encanador, eletricista, chaveiro, vidraceiro e serviços de vigia estão entre os serviços que ficam à disposição do segurado. Manutenção do ar condicionado, instalação de prateleiras e pias, troca de lâmpadas, também entram no pacote.

“De acordo com a CNSeg, apenas 15% das pessoas no país têm seu patrimônio protegido por um seguro. Um sinistro em um imóvel pode gerar gastos muito maiores do que a contratação de uma apólice. Além da proteção, os serviços oferecidos, quando negociados separadamente, também podem ser mais caros do que o própria seguro, . O valor pode ser muito superior se o dono do imóvel precisar utilizar diversos serviços simultaneamente”, comentou Patrícia Siequeroli, superintendente executiva de Massificados do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

Dependendo do tipo de plano escolhido, os serviços de assistência ainda contemplarão a limpeza de calhas, dedetização, conversão do fogão, limpeza da caixa d’água e até mesmo locação de caçambas.

Caio Castro grava nova campanha para a Tele Sena 886

Caio Castro grava para Tele Sena

Ator acaba de viajar mais de 25 mil km

O ator e apresentador Caio Castro / Divulgação
O ator e apresentador Caio Castro / Divulgação

O ator e apresentador Caio Castro acaba de gravar a campanha da Tele Sena de Primavera. No roteiro, Caio aparece em diferentes situações, trazendo muitas novidades da Tele Sena. Os comerciais estão previstos para entrarem no ar dia 1 de setembro.

Caio acaba de chegar da expedição Nomads onde viajou mais de 25 mil km e visitou mais de 20 países. O ator, que está cheio de energia, já encara mais uma campanha publicitária nacional, e também estuda novos projetos para TV. Caio, que é um dos nomes mais cotados para o mercado publicitário, soma mais de 51 milhões em suas redes sociais.