Seguro residencial pode custar menos que uma pizza no mês 3181

Coberturas vão muito além da proteção à casa

De acordo com dados da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg) de 2016, menos de 20% dos lares brasileiros estão cobertos com apólices do seguro residencial. O técnico em informática Norton Steffrens possui o seu, com coberturas tradicionais, para preservar o seu apartamento em Canoas (RS) há alguns anos. O que ele não sabia é que este tipo de apólice pode possuir benefícios que vão muito além da proteção a sua casa, como o Mapfre Residencial Multiflex.

A dona de casa Viviane Modzeiski não tinha conhecimento que esta proteção pode custar o preço de uma pizza no mês, partindo de R$ 30 mensais. Já o zelador Benhur Castro complementa que teria contratado se o tivessem oferecido por considerar o custo-benefício muito interessante. “As pessoas ainda assimilam muito que fazer seguro é caro porque elas fazem uma comparação com seguro do veículo, que pode variar de dois a três mil reais para um automóvel que parte de 40 mil reais. Mas para uma residência de meio milhão, o seguro pode partir de 30 a 40 reais mensais até valores mais elevados dependendo das características da residência”, argumenta o gerente territorial de seguros gerais da Mapfre, Ivan Marcos dos Santos

O executivo conta que o Mapfre Residencial Multiflex consegue adaptar-se a várias necessidades, oferecendo, além das proteções habituais, outras complementares. Quebra de vidros extensivo para muros, pequenos danos ao entrar e sair da garagem e proteção especial para pessoas com mais de 60 anos ou portadores de necessidades especiais são algumas delas. “Nós nos preocupamos muito em oferecer coberturas diferenciadas para amparar nossos clientes”, afirma.

Previsul Seguradora busca soluções que facilitem o dia a dia do corretor 1082

Confira entrevista com Renato Pedroso, presidente da companhia

A Previsul Seguradora participou do Congresso Sul Brasileiro dos Corretores de Seguros. Presentes, no estande da companhia, o presidente Renato Pedroso, a diretora de Negócios e Marketing, Andreia Araújo, os gerentes regionais, gerentes de sucursal da regional sul e equipe comercial de Santa Catarina.

Na avaliação de Pedroso, o tema do evento está em sintonia com o momento da Previsul, que tem buscado, por meio da tecnologia, soluções que facilitem o dia a dia do corretor de seguros. “Somos uma seguradora orientada para o futuro. Por isso, estamos sempre atentos às tendências e necessidades do mercado, evoluindo em tecnologia para oferecer ferramentas digitais que tragam mais agilidade e autonomia ao corretor”, afirma. Entre as ferramentas citadas por Pedroso, destaca-se o Cota+, cotador online que realiza o processo de cotações de forma rápida e prática. “Também temos o Portal do Corretor, canal digital para que o corretor possa ter acesso a documentos, movimentações de vida, e muito mais.”, completa.

JRS sorteia entradas para Noite Italiana de Antônio Prado (RS) 478

Rainhas da edição 2017 da Noite Italiana de Antônio Prado/RS

Sortudas foram conhecidas em transmissão ao vivo, na manhã de hoje

Em parceria com a Solaris Corretora de Seguros e CDL de Antônio Prado, o JRS realizou, na manhã desta quarta-feira, o sorteio de entradas para a Noite Italiana. O momento contou com transmissão ao vivo pela página do JRS em uma rede social.

Veja também: Cobertura especial do JRS na Noite Italiana de Antônio Prado (RS), em 2017

Nara Melo, Eliane Pacheco e Luana Dondé Tochetto Scopel foram as grandes felizardas. Nossa produção já entrou em contato com ambas, que devem informar nome completo e CPF também dos acompanhantes. Realizada por mais um ano consecutivo, a promoção atingiu recordes de alcance. Mais de 35 mil pessoas visualizaram a publicação e, ao todo, 600 participantes foram validados para o sorteio.

Acompanhe a transmissão ao vivo:

 

As entradas sorteadas pelo JRS dão direito ao participante com acompanhante a participarem da maior festa da cidade mais italiana do Brasil, no próximo sábado 18 de agosto. A Noite Italiana de Antônio Prado (RS) ainda acontece no dia 25 de agosto. Uma série de atrações deve encantar visitantes de todas as partes, que podem adquirir seus ingressos neste site.

Neo Executiva inaugura escritório em Florianópolis (SC) 7121

Em expansão, corretora conta com 11.670 clientes do produto vida pelo Brasil

A Neo Executiva Corretora de Seguros inaugurou no sábado (21) filial em Florianópolis (SC). Parte do projeto de expansão da empresa, o novo escritório está localizado de forma estratégica logística e comercialmente. “A ideia é agregar cada vez mais e fortalecer a Região Sul, além de todo o Brasil que já atendemos”, destaca o diretor da Neo Executiva, Zênio Costa.

A corretora conta com 11 mil 670 clientes do produto vida pelo país, desde a sua última contagem. “A nossa forma de atuação é de adesão, então estes clientes foram conquistados individualmente e somados dentro da nossa operação, não vieram numa grande massa”, conta. “Além dos outros ramos que temos trabalhado bastante, como um mix de carteira empresarial que estamos começando”, acrescenta.

A empresa avançará nos próximos meses ao Nordeste, com inauguração de escritório em Recife (PE) em agosto e outro está previsto na Bahia na sequência. “Esse é o nosso projeto: atender a todo Brasil e ficar ainda mais próximos dos Estados e dos clientes”, afirma o diretor da Neo Executiva, Luis Henrique Bueno. “Para atender nacionalmente é preciso muita dedicação e coragem”, complementa.

Além disso, o gerente de seguros de pessoas da Sancor Seguros Brasil, Rafael Leonel, e a gerente comercial Estela de Moura Rey acompanharam o momento da inauguração na Capital catarinense. “Para nós é uma satisfação muito grande ter uma corretora como a Neo como parceira, pois esta parceria vai completar um ano e já colhemos frutos excepcionais a cada dia”, comenta Leonel.

A Sancor e a Neo Executiva realizam o trabalho de levar seguro de vida a todos os brasileiros. “A Sancor com cinco anos de Brasil e a Neo com oito anos de atuação, ambas estão conquistando e avançando. Nos honra muito esta parceria, pois a Neo trabalha com um segmento muito importante, que é a proteção das famílias através do produto vida”, finaliza Estela.

Confira as imagens – Neo Executiva Florianópolis (SC):

Justiça revoga bloqueio de bens de seguradora para suprir previdência da Aplub 885

Decisão judicial

Decisão praticamente inviabilizava operações de grupo segurador

Conforme noticiado por JRS em 8 de agosto, uma liminar determinava o bloqueio dos ativos livres de várias empresas ligadas à seguradora Capemisa, a fim de suprir as provisões técnicas relativas aos planos previdenciários da Aplub. Os valores necessários seriam apurados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), interventora da Aplub desde 2015.

No último dia 10 de agosto, o desembargador Pedro Luiz Pozza decidiu suspender a decisão, que “praticamente inviabiliza as atividades das recorrentes, que se veem, de uma hora para a outra, sem a disponibilidade de seus ativos financeiros, o que pode implicar na sua imediata liquidação pela ausência de meios para arcar com suas obrigações, que seria uma medida praticamente irreversível”, explica no despacho emitido pela 12ª Câmara Cível, da comarca de Porto Alegre (RS).

“Ou seja, a decisão recorrida pode provocar justamente aquilo que quis evitar, que é a liquidação da Aplub. Com isso, estar-se-ia, como dizem as recorrentes, despindo um santo para vestir outro”, segue a decisão.

Busca por dinheiro rápido, geralmente, é a receita para o desastre 988

Especialista dá dicas para quem quer começar a investir

O especialista em investimentos Henrique Bredda participou esta semana do Encontro com Gestores, promovido pela Icatu Seguros, em Novo Hamburgo (RS). A agenda do executivo foi complementada em uma série de palestras voltadas aos operadores parceiros da seguradora.

Veja também: Henrique Bredda descomplica mercado financeiro.

Bredda explica que os fundos no Brasil são como condomínios. “As pessoas dividem, dentro desse condomínio, os benefícios dos investimentos e despesas que são feitos. É como se fosse um CNPJ onde os investimentos são feitos com o capital dos cotistas, cada um na sua proporção, e esse dinheiro é utilizado para investimento em compra de ações, compra de títulos públicos e o que é vendido com lucro é socializado entre todos os cotistas, na proporção de peso e do aporte de cada um”, explica.

O executivo da Alaska Asset aponta que quem deseja iniciar operações com investimentos deve ter uma visão que não seja limitada ao curto prazo. “Quem pensa em investir com cabeça de curtíssimo prazo, digo para evitar ao máximo se envolver com a bolsa, pois em curtíssimo prazo a volatilidade varia conforme o humor dos investidores e quase que não há lógica alguma para curtos períodos. Com o tempo passando, a longo prazo, vai se desenvolvendo e aparecem muito mais os fundamentos para se investir em ações”, revela.

Segundo Henrique Bredda, um dos principais desafios é exatamente esse, o de as pessoas aguardarem o momento certo para agir no caso de investimentos. “Quando se busca ganhar dinheiro muito rápido, geralmente, é receita para o desastre. Você só precisa ficar rico uma vez na vida, nem que isso demore um pouco mais, não tem problema”, finaliza.