Mapfre Seguros leva corretores e parceiros para 5ª etapa da Stock Car 8337

Domingo foi marcado por recorde de pontos e disputa eletrizante na competição

O piloto da Cimed Chevrolet Racing, Marcos Gomes, reagiu na disputa pelo título da Stock Car 2018. Gomes estabeleceu o novo recorde de pontos na temporada em um final de semana: 42 pontos. Ele saltou do sétimo para o segundo lugar na competição.

Átila Abreu (Shell) também subiu ao pódio na rodada dupla. Agura, a Stock Car dá uma pausa de dois meses no campeonato e volta às pistas no começo de agosto para a Corrida do Milhão, que será disputada no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia (GO).

A Mapfre Seguros convidou aproximadamente 50 corretores parceiros que prestigiaram a quina etapa da disputa, mesmo com um domingo marcado pelo frio em Santa Cruz do Sul (RS). “Com esse pessoal estamos bem agasalhados e muito felizes em confraternizar com nossos parceiros. O corretor de seguros é nosso principal canal de distribuição e conta com 10 sucursais para atendê-lo em todo Rio Grande do Sul”, reitera Sandro Pinto de Moraes, diretor territorial da Mapfre no Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina.

A companhia apoia não apenas a Stock Car, como os carros da Renault na Fórmula 1. “Isso tem tudo a ver com nosso negócio”, completa o executivo.

Mapfre leva corretores de seguros para a Stock Car – Todas as imagens:

*Com informações de Gazeta Esportiva e F1 Mania.

Neo Executiva reúne entidades de Oficiais de Justiça em Gramado (RS) 1516

Empresa atinge a marca de mais de 21 mil segurados 

A Neo Executiva promoveu no último final de semana a 2° Integração Nacional das Entidades de Oficiais de Justiça (INEOJ) na cidade de Gramado, na Serra gaúcha. O encontro reuniu representantes de entidades de 14 Estados brasileiros, todos vinculados a Federação dos Oficiais de Justiça Estaduais do Brasil, a FOJEBRA, e clientes da corretora.

Recentemente a empresa atingiu a marca de mais de 21 mil segurados pelo país, quase duplicando a quantidade de clientes em menos de dois meses. “Buscamos isso com muito trabalho, dedicação e empenho. Ampliamos a nossa área de atuação com escritórios novos e a parceria que fizemos com órgãos estratégicos, assim, seguimos ampliando exponencialmente o atendimento”, explica o diretor Zênio Costa.

Além disso, a Neo Executiva atingiu um bilhão em garantia segurada entre os Oficiais de Justiça e possui clientes em mais de mil municípios do país. “O Brasil é muito grande, e mesmo assim procuramos estar em todos os lugares que conseguimos, já estivemos no Pará, por exemplo, em comarcas que tinham 950 km de distância da Capital”, conta o diretor Luis Henrique Bueno. O momento contou com a presença do presidente da FOJEBRA, Edvaldo Lima, e do presidente da ABOJERIS (Associação dos Oficias de Justiça do Rio Grande do Sul), Sirlan da Rosa Cruz, além de outros representantes da categoria e de seguradoras.

Gramado foi escolhida para reunir o grupo de mais de 50 pessoas para levar os participantes e clientes da Neo a um lugar diferente. “É uma cidade bonita e receptiva, todos tinham vontade de conhecer e nada melhor do que fazer essa recepção num lugar como esse”, comenta. “Foi uma logística trabalhosa, mas muito gratificante de receber nossos clientes em um momento de comemoração de um trabalho que é feito diariamente”, acrescenta a coordenadora de treinamento da Neo, Júlia Fetter Bueno, responsável por toda a organização do INEOJ.

Fotos: Matheus Henrique Pé/JRS

Workshop aborda alta performance em vendas 1027

Workshop

Momento foi promovido pelo SindSeg MG/GO/MT/DF

Uma intensa programação de atividades provocativas, discussões e aprendizados marcou o dia de diversos profissionais das áreas comerciais de seguradoras associadas do SindSeg MG/GO/MT/DF. Conduzido por Rodrigo Maia, consultor e coach especializado em gestão de estratégias e negócios, o workshop de Alta Performance em Vendas apresentou ao público uma perspectiva inovadora sobre a necessidade de mudança de comportamento e relacionamento do mercado com o cliente.

A iniciativa, realizada na sede do Sindicato, é resultado da união dos esforços de duas comissões técnicas do SindSeg, a de Seguros de Ramos Elementares e a de Seguros de Pessoas. “Ao oferecer esse tipo de atividade de formação, desejamos que os profissionais do setor encarem esse momento de aprendizado como uma forma de oferecer o melhor para o mercado que está passando por importantes transformações”, comenta Juliana Queiroz, presidente da Comissão de Seguros de Pessoas.

Abordando conceitos relevantes para a produtividade do profissional como venda consultiva, administração e gestão do tempo e comunicação pessoal, Rodrigo ressaltou a necessidade de uma mudança comportamental tanto para o mercado quanto para os seus profissionais. “Os colaboradores das seguradoras precisam compreender que o foco de sua atuação não é apenas vender um produto, e sim, ser capaz de perceber as necessidades e desejos dos seus clientes”.

Parceria estratégica

Rodrigo defende que a venda deve ser uma consequência de um processo bem executado, e não uma causa ou um objetivo. “É preciso entender que os profissionais e os clientes são seres humanos com medos, receios e sonhos, e o corretor deve atuar como um parceiro estratégico nesse momento de disruptura do mercado”. Ele ainda complementa que a necessidade de readequar o setor leva a um modelo de negócio mais sustentável e humanizado e a formar profissionais mais ativos e conscientes.

Geraldo Pereira Filho, que preside a comissão de Seguros de Ramos Elementares, encara a atividade como uma possibilidade importante de atualizar os colaboradores das seguradoras com as novas ferramentas existentes para melhorar a performance dos profissionais. “Ao mesmo tempo em que a tecnologia exige dedicação às atividades diárias, ela também possibilita uma maior facilidade de atendê-las. É importante despertar os profissionais para a necessidade de saber gerir as ferramentas disponíveis, para buscarem uma alta produtividade nos negócios. Assim, o mercado estará em constante crescimento”.

Marsh adquire JLT por £ 4,3 bi 1197

Marsh JLT

Corretora global agora possui US$ 17 bilhões de receita anual

A gestora americana de riscos e seguros Marsh & McLennan Cos. chegou a um acordo para comprar a Jardine Lloyd Thompson (JLT), sediada no Reino Unido, por 4,3 bilhões de libras (US$ 5,66 bilhões). A informação é da Revista Exame.

A companhia resultante será uma corretora global, com US$ 17 bilhões de receita anual. O acordo foi anunciado nesta terça-feira, avaliando cada ação da JLT em 1,915 pence, um prêmio de 34% em relação a seu preço de fechamento da segunda-feira, na Bolsa de Londres.

Listada em Nova York, a Marsh & McLennan disse que o negócio fortalecerá suas operações e expandirá sua rede global de resseguros, apoiando sua posição em mercados importantes na Ásia e na América Latina. A Marsh & McLennan afirmou também que sua receita deve avançar a cerca de US$ 17 bilhões após o acordo, de cerca de US$ 14 bilhões atualmente.

Segundo a empresa, o negócio deve ser concluído na primavera de 2019 no Hemisfério Norte, que começa em março. Ele depende ainda de aprovação dos acionistas e reguladores.

Porto Seguro Proteção e Monitoramento lança canal de vendas online para seu rastreador veicular 742

Rastreador

Sistema de rastreamento permite a localização do veículo em caso de roubo ou furto

A Porto Seguro Proteção e Monitoramento lançou a plataforma de vendas online do Rastreador Porto Seguro, sistema de rastreamento que permite a localização do veículo em caso de roubo ou furto. Com o site de venda online, tanto o cliente quanto o corretor ganham praticidade e agilidade em todo o processo de comercialização do produto, já que ele poderá ser realizado em tempo real.

“Para o corretor, além da praticidade, há também a possibilidade de aumentar os seus ganhos, já que ele terá a possibilidade de divulgar um link próprio do venda online em seu site e redes sociais. Além disso, ele será comissionado em R$ 150 com a venda do produto, lembrando que a comissão é vitalícia”, afirma Fabio Braga, Superintendente da Porto Seguro Proteção e Monitoramento.

O Rastreador Porto Seguro oferece tecnologia de rastreamento pelos sistemas GPS e GPRS, proporcionando amplitude e agilidade na localização dos veículos, em todo o território nacional. Entre suas vantagens estão uma equipe especializada em buscas de veículos, para situações de roubo ou furto, além de um sistema de gestão, em que poderão ser visualizados os históricos de percursos, horários e velocidade do automóvel. É possível também delimitar uma espécie de “zona virtual”, em que após estacionar na rua, o cliente poderá selecionar uma região e receberá uma notificação caso seu veículo saia deste perímetro.

Outro diferencial é o valor da mensalidade, que é fixo e independe do modelo do veículo. O produto pode ser adquirido por mensalidades de R$ 59,90, com instalação parcelada em até 6 vezes, por meio de débito em conta, cartão de crédito e boleto.

“Os corretores são o nosso principal canal de vendas. Acreditamos que o Rastreador Porto Seguro pode proporcionar inúmeras oportunidades de negócios, contribuindo para que o corretor amplie o seu portfólio de soluções oferecidas ao público. Dessa forma, ao oferecer um produto que traz segurança, praticidade e conveniência com alto índice de recuperação de veículos, será possível conquistar ainda mais a confiança dos clientes e ampliar as vendas”, conclui Fabio Braga.

Cresce a procura por seguro de RC por profissionais da área médica 721

saúde

Seguro reembolsa custos de processos judiciais decorrentes de erro ou omissão no exercício da profissão

Ainda pouco conhecido no Brasil, a procura pelo seguro de responsabilidade civil para profissionais liberais vem crescendo.

No Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre, a comercialização da cobertura de Responsabilidade Civil Profissional cresceu 10,76% em apólices vigentes e 17,53% em volume de prêmios no acumulado, na comparação do período que compreende julho de 2017 a junho de 2018 com o anterior (julho de 2016 a junho de 2017).

Esse tipo de seguro garante o reembolso das despesas por condenações judiciais quando o profissional causa danos a terceiros. A cobertura do seguro, no entanto, é restrita a processos por erros ou omissões do profissional no exercício da sua atividade.

“A área de saúde é de uma complexidade muito grande e esses profissionais podem sofrer consequências de ações judiciais. O produto garante o valor da condenação ou o valor do acordo extra judicial até o limite de garantia contratado, incluindo honorários e custas do processo”, explica Patricia Siequierolli, superintendente Executiva Produtos Massificados e Especiais do Grupo.

A apólice cobre o valor de até R$ 600 mil, e estende-se a profissionais médicos, dentistas, veterinários, fonoaudiólogos, farmacêuticos e enfermeiros.