Seguros e educação financeira estão diretamente ligados 2646

Semana Nacional de Educação Financeira

Assunto foi tema de debate entre ANSP e AIDA

O seguro como elemento de educação financeira e seu impacto na sociedade. Com esse intuito, Associação Nacional de Seguros e Previdência (ANSP) e Associação Internacional de Direito de Seguros (AIDA Brasil) promoveram um debate sobre o assunto durante a 5ª Semana Nacional de Educação Financeira, no último dia 15 de maio.

“Contamos com a parceria da ANSP para desenvolver a educação no mercado de seguros com o objetivo de fortalecer o entendimento e a utilização dos produtos de seguro para a sociedade”, explica Inaldo Bezerra, presidente da AIDA no Brasil.

O debate expôs temas como novas tecnologias, mediação e conciliação como medidas de educação e economia social, gamificação e lições de economia e a relação entre educação de seguros e financeira. “A promoção da discussão de qualquer tema referente à educação, e especialmente à educação financeira, é parte central da nossa razão de existir, bem com a parceria com entidades como a AIDA”, reforça João Marcelo, presidente da ANSP.

Para Márcia Cicarelli, uma das expositoras e Diretora de Cátedras da ANSP, o evento “é fundamental para que se consiga ter no mercado de seguros essa conscientização de que o seguro se insere dentro de algo maior”.

A iniciativa contou foi organizada por Ana Rita Petraroli, coordenadora da Cátedra de Seguros Inclusivos da ANSP, e Vivien Lys, presidente do Grupo Nacional de Trabalho Solução de Conflitos da AIDA. “O conhecimento, por todos, de seus direitos e obrigações, tende, inclusive, a reduzir a litigiosidade no mercado de seguros”, finaliza Vivien.

Diversas novidades marcam encontro do Clube da Pedrinha em Seguros (RS) 1708

Momento contou com palestra motivacional e integração plena entre operadores do mercado

A noite desta segunda-feira (13) foi especial para os amigos do Clube da Pedrinha em Seguros. Na oportunidade, os membros aprovaram a inclusão de novos pedrinhas em seguros, que recebem seus pins no próximo encontro da entidade. O restaurante Casa do Marquês, em Porto Alegre (RS), foi cenário ainda de uma palestra motivacional com a coach especialista em desenvolvimento pessoal Arieli de Freitas Groff.

Arieli destacou a importância de se traçar objetivos claros, além do domínio sobre o autoconhecimento para uma vida mais leve. “É preciso aliar talentos, valores e visão de futuro a quem você decide ser, ou seja, definir seu propósito”, explicou.

Também graduada em psicologia, Arieli lembra que a definição de prioridades claras auxilia principalmente na produtividade e em uma vida mais feliz. “Quando você organiza tudo isso fica perceptível que o tempo passa no tempo certo. Não se tem aquela ideia de que passou depressa ou devagar demais. Se tem tempo para tudo que é realmente importante, pois ninguém irá conseguir fazer absolutamente tudo ao mesmo tempo. O dia tem 24h para todos”, reitera.

A presidente do Clube da Pedrinha, Ana Maria Pinto, anunciou uma série de novidades. Além de um banco de currículos, a entidade disponibiliza assessoria jurídica aos membros e os participantes de palestras receberão comprovantes com carga horária para a comprovação em cursos que possam exigir horas complementares.

Na disputa do bem, onde gremistas e colorados doam valores destinados à instituições de caridade, deu Grêmio com R$ 126. Já o Inter arrecadou R$ 82. Segundo a diretoria do Clube, já são quase R$ 1 mil arrecadados ao longo dos encontros de 2018. Mais uma prova que o mercado de seguros tem um aspecto social fundamental.

A próxima edição do tradicional encontro do Clube da Pedrinha em Seguros (RS) acontece no dia 11 de setembro, em piquete especial proporcionado pelo Grupo Autosul e Sultec Vistorias, no Acampamento Farroupilha.

Clube da Pedrinha em Seguros – Todas as imagens:

Sancor Seguros completa 3 anos de operação no RS 2032

Companhia de origem argentina cai no gosto dos consumidores e corretores gaúchos

A segunda-feira (13) foi especial para a equipe da Sancor Seguros no Rio Grande do Sul. A companhia atua há mais de 5 anos em solo brasileiro e há 3 conta com filial no Rio Grande do Sul, sob gestão da executiva Estela de Moura Rey.

Em entrevista ao programa Seguro Sem Mistério, apresentado aos domingos no Canal Bah!TVEstela lembra do apoio dos primeiros 8 corretores cadastrados na operação inicial da companhia. “Hoje são mais de 300 corretores parceiros de prospecção. Somando com os profissionais da Lojacorr e Sustentare Seguros esse número é muito maior. Isso muito me orgulho, pois sei o quanto é difícil iniciar uma operação com foco em um público exigente como o do Rio Grande do Sul. Mas depois que conquistamos, ganhamos grandes parceiros”, explica a executiva.

Estela de Moura Rey e Andreia Alves deram início às operações da Sancor no Rio Grande do Sul. “Agora estamos em 8 profissionais aqui no Estado. Se pudesse resumir esse dia hoje, resumiria em muito orgulho e uma sensação de missão cumprida em poder contar com meu relacionamento a favor da companhia. Essa primeira etapa já foi cumprida”, comemora.

A gestora da filial gaúcha da Sancor Seguros destaca o crescimento totalmente orgânico da seguradora. “Estamos avançando muito em todo País. Acabamos de abrir um ponto em São Paulo, na cidade de Ribeirão Preto, também contamos com filial em Mato Grosso do Sul e percebemos que, aos poucos, a companhia está se movimentando para marcar presença em todos os Estados do Brasil”, explica. “É muito bacana ver a companhia conquistando essa posição de destaque com seu próprio esforço, sem negociações, tratativas ou fusões. Este é um trabalho de equipe, realizado dia após dia”, revela.

Estela ainda lembra que os profissionais da corretagem de seguros podem contar com toda estrutura da Sancor. “É uma empresa muito confiável e sempre que necessário podemos contar com o apoio da operação argentina. A companhia acredita muito no Brasil e entendemos que em momento algum vamos deixar de honrar com nossas promessas e compromissos”, afirma.

Os profissionais da Neo Executiva Corretora de Seguros comemoram a parceria com a Sancor Seguros. “Estamos comemorando esse desenvolvimento de novos produtos, parcerias e corretores que passaram a fazer parte deste relacionamento ao longo dos últimos 3 anos. A Estela não está apenas no Rio Grande do Sul, está ganhando o mercado brasileiro junto conosco, nos apoiando e crescendo. Todo esse suporte faz toda diferença para o corretor”, explica a corretora Júlia Fetter.

A Neo Executiva, por exemplo, demonstra total entusiasmo com o panorama do seguro no cenário brasileiro. “O servidor público é um de nossos principais clientes, contamos com a Federação dos Oficiais de Justiça ao nosso lado, por exemplo. Atendemos não apenas o servidor do Judiciário, como também de outras esferas, com produtos exclusivos, diferenciados e de excelente custo-benefício”, reforça Júlia. “É preciso entender a necessidade dos clientes, quais são seus diferenciais, para aí ofertar o produto mais assertivo”, complementa.

No mesmo sentido, Estela de Moura Rey reforça o papel do seguro na sociedade. “A ideia do seguro é proteger sua família, sua vida. É garantir a continuidade do bem-estar. A palavra proteção resume bem o seguro. Proteja as pessoas que você ama através da contratação de um seguro”, finaliza ao reforçar a atenção às preferências do consumidor final.

3 anos de operação da Sancor Seguros no RS – Todas as imagens:

Seguro residencial garante proteção além do roubo 1095

Casa

Quem deixa a casa vazia para viajar precisa tomar cuidado para proteger seus bens

O período de férias já acabou, mas ainda existem muitas famílias que aproveitam a baixa temporada para sair de férias. E há também quem deixa seu imóvel vazio para viagens rápidas nos feriados e finais de semana. Nestas e em outras ocasiões, o seguro Residencial é de extrema importância. Além do baixo custo de investimento para a aquisição, pouco mais de R$ 30 por mês no plano básico, quem tem o seguro está coberto não só de roubos ou furtos, mas também de incêndios, incidentes com raios, queda de aeronaves, explosão, danos elétricos, vendaval, entre outros.

Diferentemente de países desenvolvidos, no Brasil a cultura de seguros ainda é muito tímida. Nos Estados Unidos, por exemplo, 95% dos proprietários de imóveis residenciais já contavam com algum tipo de seguro em 2016. A aderência também se estende aos inquilinos que, naquele país, atinge 41% da população, taxa também mais alta se comparada à brasileira.

No país, a maior adesão está concentrada na região Sudeste, representando 20% das propriedades.

Quem contrata este tipo de seguro pode usar durante todo o contrato as assistências disponíveis. Encanador, eletricista, chaveiro, vidraceiro e serviços de vigia estão entre os serviços que ficam à disposição do segurado. Manutenção do ar condicionado, instalação de prateleiras e pias, troca de lâmpadas, também entram no pacote.

“De acordo com a CNSeg, apenas 15% das pessoas no país têm seu patrimônio protegido por um seguro. Um sinistro em um imóvel pode gerar gastos muito maiores do que a contratação de uma apólice. Além da proteção, os serviços oferecidos, quando negociados separadamente, também podem ser mais caros do que o própria seguro, . O valor pode ser muito superior se o dono do imóvel precisar utilizar diversos serviços simultaneamente”, comentou Patrícia Siequeroli, superintendente executiva de Massificados do Grupo Segurador Banco do Brasil e Mapfre.

Dependendo do tipo de plano escolhido, os serviços de assistência ainda contemplarão a limpeza de calhas, dedetização, conversão do fogão, limpeza da caixa d’água e até mesmo locação de caçambas.

JRS contrata o fotógrafo Matheus Pé 3024

Novo contratado cursa Relações Públicas na PUCRS

Matheus Pé/JRS
Matheus Pé é o novo fotógrafo do JRS / Divulgação

O fotógrafo Matheus Pé agora passa a fazer parte da equipe mais segura do Brasil. A Revista JRS conta com a expertise de diversos profissionais formados e em processo de formação, sempre visando os altos níveis de qualidade na prestação de serviços realizados pela empresa de jornalismo especializado. O novo contratado cursa a graduação de Relações Públicas, na PUCRS.

Aos 22 anos, Pé demonstra entusiasmo com o novo cargo. “Estou feliz e realizado em trabalhar em uma empresa de tanto prestígio no setor de seguros. Espero fazer jus a confiança depositada em meu trabalho e manter a credibilidade dessa respeitada empresa”, afirma.

A contratação faz parte de uma série de novidades que serão anunciadas ao longo dos próximos dias. No final de julho, o JRS completou 18 anos de história, sempre ligado ao mercado de seguros, previdência e capitalização.