Mobilidade e a revolução das insurtechs 9501

Celular

Especialista analisa transformações tecnológicas

Nos últimos 30 anos, o mundo vem passando por uma grande revolução tecnológica. Prova disso é o advento da mobilidade, que através de dispositivos como os smartphones, notebooks e tablets, permite que agora estejamos conectados o tempo todo. Hoje, utilizando essas ferramentas, conseguimos acessar notícias em tempo real, trabalhar e resolver burocracias em poucos clicks.

Porém, alguns anos atrás todas essas facilidades eram bem limitadas. Quem nunca precisou salvar documentos naquele disquete de 3,5 polegadas ou esperou horas para se conectar na internet discada? Em apenas 20 anos evoluímos desse cenário lento e instável para a era da alta velocidade.

Agora, estamos vivendo uma transformação em que tudo que anteriormente precisava ser instalado para funcionar, está migrando para a nuvem. E esse avanço cada vez maior da tecnologia está mudando a forma como realizamos praticamente tudo: compras, fotos, pesquisas, pagamentos.

Para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada em 2016 revelou que dobrou o número de acessos à internet sem o uso de computadores. Isso porque muitas pessoas que até pouco tempo não tinham acesso às redes, hoje estão conectadas através dos smartphones. Se pensarmos que o Brasil tem atualmente 220 milhões de celulares inteligentes ativos e 209 milhões de habitantes, temos mais de um celular por pessoa. Ou seja, o futuro com certeza será 100% móvel.

E foi refletindo e acompanhando todas essas mudanças que o mercado de seguros vem desenvolvendo novas soluções que buscam atender as necessidades desses novos clientes digitais. As insurtechs, inclusive, chegam justamente para suprir antigas ineficiências do setor com o uso da tecnologia. Aqui na Planetun, por exemplo, criamos produtos que levam mais agilidade e praticidade aos consumidores, melhorando a sua experiência. Como é o caso dos aplicativos web, que trazem uma série de vantagens, e não precisam ser instalados no celular, ocupando espaço da memória. Todo o processo é feito através de tokens (e-mail, SMS e chats), ou seja, estamos falando de mais autonomia, comodidade e segurança.

Com todos os benefícios e avanço da mobilidade, o mercado segurador, assim como todos os demais setores, também vem se adaptando a essa nova era digital. O uso das novas tecnologias não somente traz vantagens para os usuários finais, como também inova processos antigos, aumentando os ganhos e reduzindo os custos.

Portanto, acredito que esse cenário será o padrão de agora para o futuro. De um lado, o mercado implementando tecnologia em seus processos e, de outro, os consumidores ganhando com a mobilidade, já que resolver um problema que antes era tão burocrático, como contratar um seguro, agora pode ser feito na palma da mão.

*Por Henrique Mazieiro, diretor executivo e sócio fundador da Planetun, insurtech que desenvolve soluções disruptivas para o mercado de seguros e automotivo.

Nova CEO da AXA Art Américas visita o Brasil 652

Irina Buchmann lidera a divisão do Grupo AXA especializada em seguro para obras de arte e artigos colecionáveis

Irina Buchman é CEO da AXA Art Américas
Irina Buchman é CEO da AXA Art Américas

A nova CEO da AXA Art Américas, Irina Buchman, chega hoje à cidade de São Paulo para conhecer pessoalmente a comunidade artística brasileira e parceiros de negócios da companhia. Irina, que assumiu o cargo em maio deste ano, é responsável por liderar as operações comerciais de seguros para arte e colecionáveis nos EUA, Canadá, México e Brasil. A AXA Art opera no país há cinco anos e a operação nacional é liderada pela executiva Cristiane Porto Rodrigues.

Com mais de 15 anos de atuação na indústria de seguros, Irina Buchman tem grande experiência em estratégia de negócios, finanças e gerenciamento de riscos. A maior parte da sua carreira foi construída no Grupo AXA, no qual participou de iniciativas estratégicas na Alemanha, Bélgica e França. No AXA Bank Europe S.A, ocupou diversas posições de liderança. A executiva é fluente em quatro idiomas: espanhol, inglês, francês e alemão.

Segundo o Art Basel Market Report, o mercado global de seguros para obras de arte e artigos colecionáveis cresceu 12% em 2017. No mesmo ano, o mercado global de arte movimentou cerca de US$ 63,7 bilhões.

Programa de Incentivo da Sompo contribui para crescimento de novos seguros no ramo Vida 564

Seguro de Vida

Brasília, Curitiba, Florianópolis, Goiás e Londrina estão entre as regiões que mais contrataram Seguro de Vida por meio da iniciativa

Edglei Monteiro é Diretor de Vida e Saúde da Sompo Seguros / Divulgação
Edglei Monteiro é Diretor de Vida e Saúde da Sompo Seguros / Divulgação

A Sompo comemora os resultados alcançados com o Programa Ponto a Ponto Sompo Seguros. Lançada em junho deste ano, a iniciativa que tem como objetivo incentivar a produção dos seguros do ramo Vida já conta com mais de 5,3 mil corretores cadastrados e quase 900 mil pontos gerados. “O engajamento dos parceiros corretores de seguros ao programa é bastante intenso. Verificamos que, até agosto deste ano, vários corretores já haviam ultrapassado 100% do que alcançaram de faturamento em seguros novos em igual período no ano passado”, considera Edglei Monteiro, Diretor de Vida e Saúde da Sompo Seguros.

Como resultado do Programa Ponto a Ponto, a Sompo alcançou R$ 1,8 milhão em Prêmios Líquidos pagos de seguros novos, que são representados apenas por segurados que, até então, não contavam com apólice contratada junto à seguradora. Esse valor representa um crescimento de 7%. “Nessa conta não estão considerados os casos de renovação ou endosso de apólice, que também têm uma boa representatividade”, lembra Monteiro. Do total de apólices geradas, 51,3% foram do produto PME Capital Global, seguido pelo Seguro de Vida Individual (39,6%). Os 9,1% restantes ficaram distribuídos entre os produtos PME Super Simples e Vida Individual – Top Mulher.

Outro fator que reflete o engajamento é a distribuição das regiões que mais viabilizaram negócios. Brasília, Curitiba, Florianópolis, Goiás e Londrina são algumas das filiais que alcançaram arrecadação expressiva de prêmio líquido pagos por meio do Programa Ponto a Ponto. “Isso reflete não só o sucesso do programa, mas também uma tendência de mercado. O consumidor do País inteiro, cada vez mais, se informa para fazer seu planejamento financeiro e, como consequência, toma conhecimento sobre os benefícios e a necessidade de contratar um seguro de vida. Esse cenário configura uma ótima oportunidade de negócios para os corretores de seguros”, analisa Monteiro.

Programa Ponto a Ponto

O Programa Ponto a Ponto é um Programa de Fidelidade que tem como objetivo reconhecer o trabalho desenvolvido pelos corretores de seguros de todo o Brasil e dinamizar a produção dos produtos massificados do ramo vida. Toda a mecânica da ação foi desenvolvida em parceria com a Dotz, empresa líder em programa de fidelidade no varejo brasileiro.

Por meio da iniciativa, os corretores de seguros cadastrados e ativos na Sompo Seguros que comercializarem os produtos Vida Individual Anual, Vida Top Mulher, PME Capital Global, Seguro de Apoio ao Trabalhador (SAT), PME Super Simples e PME Vida Supremo; acumulam pontos que podem ser trocados por prêmios. São mais de 50 mil itens, como produtos, viagens e experiências disponíveis no Catálogo Dotz. As trocas podem ser efetuadas online, via App Dotz, em parceiros físicos ou pela Central de Atendimento Dotz.

A cada R$ 2,00 (dois reais) em Prêmio Líquido Emitido, faturado e devidamente pago é concedido um ponto. Por exemplo, uma apólice com Prêmio de R$ 400,00 dividido em quatro parcelas de R$ 100,00, vai resultar em 50 pontos a cada mês em que o segurado efetuar o pagamento da parcela. Por meio do Portal Ponto a Ponto, o corretor de seguros pode fazer a gestão dos pontos acumulados e trocá-los por prêmios.

Outro detalhe é flexibilidade na utilização dos pontos. O corretor de seguros pode utilizar os pontos para benefício próprio, distribuí-los aos seus funcionários como forma de incentivo ou presentear outras pessoas com os pontos.

Ao distribuir, os pontos são convertidos em Dotz. Cada ponto corresponde a um Dotz. Com eles, o corretor ou seus funcionários podem acessar o Catálogo Dotz e resgatar prêmios de diversas categorias, como eletrônicos, eletrodomésticos, itens de vestuário, entretenimento, passagens aéreas, hospedagens, entre outros.

Essa é uma iniciativa da Sompo Seguros adotada como forma de beneficiar os profissionais que se empenham no trabalho de orientação ao segurado em relação aos produtos do segmento Vida, e considera, para efeito de pontuação e conversão em Dotz, todas as propostas efetivadas desde o dia 4 de junho.

Programa Ponto a Ponto da Sompo Seguros
Programa Ponto a Ponto da Sompo Seguros

Grupo MBM cresce três vezes mais do que o mercado de seguros 407

Percentual

Superintendente reforça confiança para o segundo semestre

O mercado brasileiro de seguros segue em crescimento consistente e significativo nos últimos anos. Segundo dados divulgados pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), de janeiro a julho de 2018, o setor (sem VGBL e DPVAT) cresceu 9,1% com prêmios de R$ 61,7 bilhões.

Para o superintendente comercial, Alexsander Kaufmann, o primeiro semestre de 2018 foi excelente para o Grupo MBM.

“Fomos além do crescimento do mercado, pois o MBM cresceu 31,74% de janeiro a julho. Isso tudo é reflexo de uma equipe comercial alinhada, um bom atendimento ao corretor e produtos adequados as necessidades do mercado”, comenta Kaufmann. “As oportunidades de crescimento são promissoras para o próximo semestre, estamos muito confiantes”, complementa.

Programa aproxima insurtechs de investidores 413

Insurtechs

Iniciativa é da Camara-e.net

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net) vai promover uma aproximação entre insurtechs, hubs de inovação, aceleradoras e investidores. A ação faz parte do Programa de Cadastro de Insurtechs, versão ampliada do Mapeamento do Ecossistema de Insurtechs que a entidade criou há um ano.

“O mapa se tornou um organismo vivo, com a qualificação das empresas cadastradas e com a promoção de eventos, rodadas de negócios e chamadas de startups para estimular esse segmento de mercado”, diz Beatriz Rocha Pinto, coordenadora do Comitê de Insurtechs. “Por isso, foi reposicionado como Programa de Cadastro de Insurtechs e vai ter como um de seus objetivos gerar conexões de negócios”.

Até o final de julho, o comitê tinha mapeado 78 insurtechs no país, sendo que das insurtechs cadastradas, 64% atuam no mercado B2B, 28% no B2C e 8% no B2B2C. As categorias em que se enquadram essas insurtechs são Produtos (40%), Data & Analytics (28%), Jornada do usuário (12%), Internet das Coisas (8%), Regulação & Leis (4%), Segurança da Informação (4%) e Investimentos (4%).

Com as evoluções do programa, além desses dados será possível saber, por exemplo, que dores essas insurtechs resolvem, como elas fazem isso, que tecnologias utilizam para desenvolver o seu negócio e quais são suas necessidades e principais desafios. “A próxima fase do comitê será pautada nos dados levantados, direcionando melhor as ações para as carências do ecossistema”, afirma Beatriz.

No dia 24/10, o comitê, que é fechado para associados da camara-e.net, irá realizar um novo encontro aberto no inovaBra, coworking do Bradesco. Assim como nas edições anteriores, o encontro contará com a participação de seguradoras, executivos, aceleradoras, investidores e insurtechs e terá um painel de debates com especialistas. Algumas startups cadastradas serão escolhidas para apresentar seus negócios, e novos dados sobre o mapeamento das insurtechs serão divulgados.

“Será uma oportunidade para as empresas do mercado segurador debaterem e conhecerem os desafios do ecossistema, trocarem experiências e gerarem novas conexões”, diz Beatriz.

Uma das ações do programa em andamento são as parcerias com aceleradoras, fundos e hubs de inovação que atuam com insurtechs. O comitê já fechou parceria com a ACE Startups, uma das principais aceleradoras da América Latina e um dos mais importantes hubs de inovação do país. “A ideia é convidar as insurtechs cadastradas a participar dos processos de chamadas de startups conduzidos pelos nossos parceiros e, com isso, colocá-las em contato com programas de aceleração e corporate venturing”.

As empresas que quiserem entrar no Programa de Cadastro de Insurtechs da camara-e.net devem acessar este link. O cadastro é gratuito.

O Comitê de Insurtechs da camara-e.net é uma iniciativa inovadora no Brasil e tem como missão ser o hub de referência colaborativo para impulsionar o desenvolvimento das insurtechs brasileiras. Criado em junho de 2017, ele tem, entre seus associados, várias empresas que compõem o ecossistema do setor, o que dá à equipe um leque maior de conhecimento e de atuação.

Porto Seguro posiciona produtos com foco no planejamento financeiro 553

Campanha Porto Seguro

Empresa destaca a importância de se programar

Seguro de vida, plano de previdência privada e aplicações financeiras. O que os três produtos têm em comum? Fazem parte de um bom planejamento financeiro. E é sobre isso que a Porto Seguro Vida, Previdência e Investimentos vai abordar em seu novo posicionamento de mercado.

Com o conceito “Viva hoje. Amanhã é com a gente”, a empresa destaca a importância de se programar, se posiciona como parceira no planejamento financeiro dos brasileiros e enfatiza o papel do Corretor, que é o responsável por assessorar o cliente nesse processo.

Estrelada por crianças, que de fato representam o futuro, a campanha ganha leveza para falar do assunto de um jeito direto e divertido. Elas explicam a importância de se planejar e como o seguro de vida, a previdência privada e investimentos adequados se complementam e ajudam na construção de um amanhã mais tranquilo.

Lembrando que o futuro nada mais é do que o dia seguinte, a comunicação traz um certo senso de urgência, já que muita gente prefere deixar esse assunto para depois. E ressalta: quanto antes o planejamento financeiro começar, melhor.

A campanha tem filmes, spots, anúncios e peças digitais. A nova comunicação se inicia em setembro. Reforçando a parceria com os Corretores, há peças e materiais renovados para eles, em todo o Brasil.

Ficha técnica:

Criação: Danilo Moraes, Drico Piccirillo, Tariana Hackradt, César Augusto Silva.
Direção de criação: Danilo Moraes e Drico Piccirillo.
Atendimento: Clarissa Dias e Nathalia Toledo.
Aprovação pelo cliente: Guilherme Camargo e Juliana Cano.
Produtora: Mixer
Direção: Ricardo “Gordo” Carvalho
Produtora de som: Lua Nova.
Trilha e direção sonora: Thomas Roth.
Fotos e linha gráfica: Studio Lúcio Cunha.
Produção gráfica: Marcello Venturineli.
Mídia: Luiz Gini, Lenira Brito e Mauro Ivan.